conecte-se conosco


Política e Governo

Governo do Estado inaugura base do SAMU 192 e anuncia construção de Creas em São José do Calçado

Publicado

O trabalho do Governo do Estado segue transformando a vida dos capixabas. Em São José do Calçado, foi inaugurada a nova base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192). O local contará com uma unidade de suporte básico para atender à demanda da população da cidade. Na agenda oficial, Casagrande também anunciou investimentos na área de assistência social e participou do evento de lançamento da pedra fundamental para a instalação de uma indústria de acessórios para casa.

Essa nova expansão faz parte do programa estadual SAMU para Todos, que visa a garantir acesso ao serviço pré-hospitalar de móvel de urgência para 100% da população do Espírito Santo. O Governo do Estado repassa, mensalmente, mais de R$ 660 mil para o Consórcio CIM Polo Sul, referente aos 60% do custeio do programa. Os outros 40% são de responsabilidade do município. Atualmente, o SAMU 192 está presente em 56 municípios capixabas, com cobertura de 87,24%. Com o início da operacionalização do atendimento na cidade de São José do Calçado, a cobertura passará para 87,50%.

Além dos investimentos na saúde, o Governo do Estado mantém o compromisso com o fortalecimento e manutenção da rede de proteção social capixaba. O governador deu Ordens de Serviço para a reforma e ampliação do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e de construção do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) em São José do Calçado. Os equipamentos de atendimento da assistência garantem o acompanhamento local de famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade de direitos básicos.

“Estamos realizando investimentos robustos em todos os 78 municípios do Estado e aqui na região do ABC, em Calçado, não é diferente. Temos convênio com todos os municípios e estamos investindo fortemente. Aqui em São José do Calçado assinamos o contrato da Praça da Cidade, do Cras e do Creas, além dessa nova base do SAMU 192. São esses e muitos outros investimentos para que possamos trazer desenvolvimento e oportunidades aos capixabas”, afirmou o governador Renato Casagrande.

Leia mais:  Programa Jovem Senador propõe plantio de árvores nas escolas de Ensino Médio

O prefeito de São José do Calçado, Antônio Coimbra de Almeida, o Cuíca, reforçou a importância desses investimentos para o município. “[São José do] Calçado precisa do governador Casagrande. Estamos recebendo um investimento grande em nosso município com a ajuda do Governo do Estado para que possamos mudar a vida dos moradores da nossa querida cidade”, relatou.

Estiveram presentes os secretários de Estado, Gilson Daniel (Governo), Tyago Hoffmann (Inovação e Desenvolvimento), Paulo Foletto (Agricultura), Severino Alves (Assistência Social/interino); os deputados estaduais Luciano Machado e Janete de Sá; o diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Mário Louzada; além de vereadores, secretários municipais e lideranças locais.

Nova indústria no município

A agenda oficial contou ainda com a participação do governador Casagrande no evento de lançamento da pedra fundamental para a instalação da unidade industrial da Policlass, para fabricação de assentos e móveis para banheiro. A empresa, especializada em acessórios para casa e banho, foi contemplada no Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES) e fará investimento da ordem de R$ 2,35 milhões.

Há 28 anos no mercado, a Polyclass, que iniciou suas atividades em Fortaleza (CE), tem forte presença na região Sudeste e escolheu o Espírito Santo para expandir sua linha de produção. A empresa instalará, em São José do Calçado, uma unidade industrial para produção de toda a linha de produtos e também atenderá à nova demanda que surgirá em função do mercado e do processo de aperfeiçoamento.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, destacou que o Governo do Estado tem uma política de incentivos tributários capazes de estimular empresas a ampliar projetos, expandir negócios e gerar oportunidades para as regiões. “A chegada de uma indústria no município terá reflexos positivos, já que serão criados postos de trabalho desde a instalação até a operação da unidade, o que movimentará a economia e estimulará o crescimento da cidade, atraindo novos negócios. Tudo isso, está em sintonia com nosso propósito: de promover o crescimento e o desenvolvimento regional para que os capixabas tenham melhores condições de vida”, disse.

Leia mais:  Lewandowski reconhece reeleição de Erick Musso

O diretor-presidente da empresa, Rene Ivan Buchler, afirmou que a decisão pelo local de instalação se deu em decorrência das gestões responsáveis do município de São José do Calçado e do Estado do Espírito Santo, que contam com um ambiente econômico propício, incentivo fiscal estadual, além de logística favorável.

“Temos três grandes fornecedores de matéria-prima no Espírito Santo e a localização do município nos ajudará na etapa de distribuição da produção, além de poder fazer com que o retorno do investimento seja rápido com a redução de custos. Fui bem recebido no Estado, apresentei um projeto de investimento com as demandas necessárias para a implantação e não houve dificuldade. Tenho boas perspectivas para a nova unidade. As obras começarão em quatro ou cinco meses e a operação será após o prazo de seis meses”, relatou Buchler.

Quanto à geração de empregos diretos e indiretos, de acordo com a empresa, a instalação da unidade está estimada em três etapas. Na primeira, a estimativa é a geração de 30 empregos e, até a última etapa, de 70 empregos diretos.

Invest-ES

O Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES), regulado atualmente pela Lei nº 10.550/2016, e posteriores alterações, é um instrumento de política pública eficaz, eficiente, efetivo e que tem por objetivo contribuir para a expansão, modernização e diversificação dos setores produtivos do Espírito Santo, estimulando a realização de investimentos, a implantação e a utilização de armazéns e infraestruturas logísticas existentes, além da renovação tecnológica das estruturas produtivas, otimização da atividade de importação de mercadorias e bens e o aumento da competitividade estadual, com ênfase na geração de emprego e renda e na redução das desigualdades sociais e regionais. Mais informações no site: www.inovacaoedesenvolvimento.es.gov.br.

publicidade

Política e Governo

Ramalho decide disputar a Câmara Federal

Publicado

Após ser rifado pelo partido na disputa do Senado e ter desabafado que o “sistema” tinha retirado o seu sonho, o ex-secretário da Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho (Podemos) vai disputar uma vaga de deputado federal. Ele vai se somar à chapa que já tem o ex-prefeito Gilson Daniel e o vice-prefeito de Vila Velha, Victor Linhalis, entre outros.

A decisão foi divulgada em nota na tarde desta quinta-feira (11), por sua assessoria. O comunicado diz que a homologação da candidatura foi deferida pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual.

Nos bastidores, a ida de Ramalho para a chapa federal do Podemos dá mais tranquilidade aos candidatos que temiam não alcançar nenhuma das 10 vagas. Agora, os cálculos dão conta da possibilidade de conquistar até duas cadeiras, segundo analistas políticos. O Podemos faz parte da base aliada do governo e vai apoiar a senadora Rose de Freitas (MDB) à reeleição.

Leia a nota na íntegra:

“Nesta quinta-feira (11), após refletir sobre a negativa da homologação da sua candidatura ao Senado, o Coronel Ramalho, ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, decidiu continuar na disputa eleitoral de 2022, agora como candidato a deputado federal.

Sua candidatura foi homologada pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual do Podemos, que também o orientou e motivou a permanecer com seu nome à disposição da sociedade capixaba.

A decisão foi tomada após ouvir sua família, amigos e principalmente as pessoas que o incentivaram a continuar lutando por uma vaga no Congresso Nacional. A deliberação final foi pautada ainda na possibilidade concreta de ser o único candidato com experiência e propostas efetivas no campo da segurança pública.

Ramalho continuará defendendo a modernização e adequação da Legislação Penal Brasileira, que no seu entender, não atende aos anseios dos operadores de segurança pública e das famílias brasileiras, que sofrem nas mãos dos criminosos e não são devidamente alcançados e punidos”.

Leia mais:  Governador anuncia investimentos em Santa Teresa e reformulação do Bolsa Capixaba
Continue lendo

Política e Governo

Profissionais da Educação do ES vão receber bônus de até um salário a mais este mês

Publicado

Segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária)

Conforme divulgado pelo governador do Estado, Renato Casagrande, por meio das redes sociais, nesta quarta-feira (10), o “bônus desempenho”, benefício pago aos profissionais ativos da educação, referente ao exercício de 2021, será pago na folha de pagamento de agosto deste ano.

Sobre o assunto, a Secretaria de Educação (Sedu) informou, em nota, que a concessão do bônus por desempenho para profissionais ativos da Educação é um direito e um reconhecimento do trabalho dos professores e servidores, regulamentado pela Lei Complementar nº 504 e pelo Decreto nº 2761-R, alterado pelo Decreto 3949-R e Lei Complementar 887, que concede aos profissionais ativos no âmbito da Secretaria da Educação (Sedu), sendo que o período de avaliação é de acordo com o calendário escolar.

Leia mais:  Lewandowski reconhece reeleição de Erick Musso

Também segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária). Ao todo, serão beneficiados 12.975 profissionais neste ano.

A bonificação é concedida anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu e é calculada com base em indicadores coletivos e individuais. Desse modo, o profissional pode receber até um salário a mais, conforme os resultados apurados pela unidade de ensino onde exerce suas funções.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana