conecte-se conosco


Política e Governo

Governo do Estado inaugura Rodovia ES-436

Publicado

Na manhã deste sábado (26), o governador do Estado, Renato Casagrande, inaugurou as obras de implantação e pavimentação da Rodovia ES-436, trecho que liga as comunidades de Sapucaia, Graça Aranha, Novo Brasil e Rancho Fundo. A pavimentação vai beneficiar quatro municípios: Marilândia, Colatina, Governador Lindenberg e São Domingos do Norte, respectivamente.

Ao todo, são 19,9 quilômetros de extensão, incluindo 2,09 quilômetros do acesso à comunidade de Rancho Fundo, pela ES-245, em São Domingos do Norte, que também terá obras de pavimentação com TSD. A rodovia conta com acostamento e com faixa multiuso com extensão de quatro quilômetros no final do trecho.

“Contratamos o projeto dessa rodovia em 2011 e a licitamos em 2014. O governo seguinte não deu sequência e agora estamos aqui para realizar essa entrega. Estou muito feliz, pois tivemos que retornar ao governo para que essa obra estivesse pronta. Fazer uma estrada é uma festa. Uma rodovia mexe com a vida das pessoas. É conforto, segurança e qualidade de vida. Temos uma missão a cumprir e estamos cumprindo”, disse Casagrande.

Também foram implantadas baias com abrigos nos pontos de ônibus, totalizando dez abrigos. A área urbana de Sapucaia foi pavimentada com bloquetes e a de Paul de Graça Aranha foi conservada. O investimento do Governo do Estado é de aproximadamente R$ 50 milhões, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


O diretor-presidente do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), Luiz Cesar Maretto Coura, ressaltou a importância da obra. “São quatro cidades beneficiadas com essa rodovia. O Governo do Estado, com essa obra, está levando desenvolvimento, progresso e oportunidades para todos os cidadãos, principalmente para o pequeno produtor que vai poder ter mais conforto e mobilidade”, destacou.


A vice-governadora Jacqueline Moraes parabenizou os moradores da região pela obra. “O povo trabalhador dessa região merece receber essa obra. Conseguimos entregar essa importante estrada que vai trazer mais segurança e desenvolvimento, além de muitas outras obras nas áreas da educação e saúde. Um legado que beneficia a todos, mas, principalmente, os pequenos produtores e moradores locais”, declarou.

Leia mais:  Sesa e SEDH participam de atividades de combate à Covid-19 em comunidade cigana

O prefeito de Colatina, Guerino Balestrassi, fez uma saudação ao governador ao falar durante a solenidade. “O senhor está trazendo uma cultura de que a gente tem que aprender a vender e agregar valor para que a gente tenha mais desenvolvimento. Vendo líderes que nos dão o exemplo, como o governador, isso nos inspira e motiva a continuar na política. Essa rodovia será importantíssima para essa região, assim como para o turismo e para os produtores rurais”, disse.

O prefeito de Marilândia, Gutinho Astori, reforçou a importância do empreendimento para a população. “Hoje é um dia importante para nossa região com essa conquista maravilhosa, que será fundamental para o escoamento da nossa produção rural. Marilândia ganhou um centro de distribuição de Revsol e com isso vamos distribuí-lo para os 11 municípios da região, beneficiando o interior das nossas cidades”, lembrou.

Lançamento do Programa Terra Firme

Depois de percorrer toda a extensão da nova rodovia, o governador Renato Casagrande visitou a Escola Agrícola e, em seguida, fez o lançamento do Programa Terra Firme, no município de Marilândia. O objetivo é ampliar a atuação do Programa “Caminhos do Campo” na pavimentação de estradas rurais com a utilização do Revsol. A distribuição do produto é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), e a empresa ArcelorMittal.

Atualmente, o Espírito Santo conta agora com três Centros de Distribuição de Revsol, que estão localizados ainda nos municípios de Cachoeiro de Itapemirim e Alfredo Chaves. Juntos, eles disponibilizam mais de 15 mil toneladas de Revsol por mês para as regiões Central-Sul, Litoral-Sul e Centro-Oeste.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto, o sucesso do Programa Terra Firme só reforça o compromisso com o desenvolvimento da agricultura capixaba. “A Seag preza pela qualidade de vida do homem e da mulher do campo, por meio da melhoria da mobilidade em vias rurais e urbanas não pavimentadas. O Revsol veio para oportunizar uma nova realidade para a vida de muitas famílias que vivem da agricultura”, pontuou.

O subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, lembrou que o objetivo do programa é adequar e pavimentar as estradas rurais do Estado, oferecendo às áreas com maior densidade da agricultura familiar uma melhor trafegabilidade para os veículos que realizam o escoamento da produção, reduzindo custos e perdas de produtos perecíveis.

Leia mais:  Webinar orienta empresas do setor de rochas a transformarem créditos de ICMS em investimentos

“Além disso, o programa visa a facilitar a mobilidade da comunidade, especialmente a rural, além de desenvolver o agroturismo. As estradas estando pavimentadas atraem mais turistas para as áreas rurais, gerando novas oportunidades de renda. Em suma, ao melhorar a infraestrutura rural, também há avanços na qualidade de vida da população residente no campo”, completou Vaccari.

Na oportunidade, também foi lançado o edital para obras da primeira etapa de pavimentação do trecho que liga Gordiano Guimarães à comunidade de Aparecidinha, e fazem parte do Programa Caminhos do Campo. Ao todo, serão pavimentados cinco quilômetros com um investimento de mais de R$ 4 milhões.

“A obra está prevista para ser entregue em oito meses. O Caminhos do Campo é um dos principais Programas que conduzimos no Espírito Santo e os resultados alcançados são realmente expressivos. O asfaltamento dessa estrada rural vai mudar, para melhor, a realidade das pessoas, esse é o nosso compromisso”, explicou o subsecretário de Infraestrutura Rural.

Participaram da agenda, os prefeitos Ana Malacarne (São Domingos do Norte), Dr. Sidclei (Pancas), Daniel Santana (São Mateus), Dr. Coutinho (Aracruz), Leonardo Finco (Governador Lindenberg), Alessandro Broedel (Sooretama), Herminio Hespanhol (Mantenópolis), Vander Patrício (Itarana); Davi (Vila Valério), Uesley Corteletti (Itaguaçu), Marcos Antônio Guerra Wandermurem, (Jaguaré), Marcos Geraldo Guerra (São Roque do Canaã), Jailson Quiuqui (Águia Branca), Paulo Cola (Piúma) e Kleber Medici (Santa Teresa).

Também estiveram presentes, o secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata; o deputado federal Josias Da Vitória; os deputados estaduais Fabricio Gandini, Marcos Garcia, Raquel Lessa e Dary Pagung; o presidente executivo do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Espírito Santo (IPAJM), José Elias Marçal; além de vice-prefeitos, secretários municipais, vereadores e lideranças da região.

publicidade

Política e Governo

Ramalho decide disputar a Câmara Federal

Publicado

Após ser rifado pelo partido na disputa do Senado e ter desabafado que o “sistema” tinha retirado o seu sonho, o ex-secretário da Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho (Podemos) vai disputar uma vaga de deputado federal. Ele vai se somar à chapa que já tem o ex-prefeito Gilson Daniel e o vice-prefeito de Vila Velha, Victor Linhalis, entre outros.

A decisão foi divulgada em nota na tarde desta quinta-feira (11), por sua assessoria. O comunicado diz que a homologação da candidatura foi deferida pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual.

Nos bastidores, a ida de Ramalho para a chapa federal do Podemos dá mais tranquilidade aos candidatos que temiam não alcançar nenhuma das 10 vagas. Agora, os cálculos dão conta da possibilidade de conquistar até duas cadeiras, segundo analistas políticos. O Podemos faz parte da base aliada do governo e vai apoiar a senadora Rose de Freitas (MDB) à reeleição.

Leia a nota na íntegra:

“Nesta quinta-feira (11), após refletir sobre a negativa da homologação da sua candidatura ao Senado, o Coronel Ramalho, ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, decidiu continuar na disputa eleitoral de 2022, agora como candidato a deputado federal.

Sua candidatura foi homologada pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual do Podemos, que também o orientou e motivou a permanecer com seu nome à disposição da sociedade capixaba.

A decisão foi tomada após ouvir sua família, amigos e principalmente as pessoas que o incentivaram a continuar lutando por uma vaga no Congresso Nacional. A deliberação final foi pautada ainda na possibilidade concreta de ser o único candidato com experiência e propostas efetivas no campo da segurança pública.

Ramalho continuará defendendo a modernização e adequação da Legislação Penal Brasileira, que no seu entender, não atende aos anseios dos operadores de segurança pública e das famílias brasileiras, que sofrem nas mãos dos criminosos e não são devidamente alcançados e punidos”.

Leia mais:  Webinar orienta empresas do setor de rochas a transformarem créditos de ICMS em investimentos
Continue lendo

Política e Governo

Profissionais da Educação do ES vão receber bônus de até um salário a mais este mês

Publicado

Segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária)

Conforme divulgado pelo governador do Estado, Renato Casagrande, por meio das redes sociais, nesta quarta-feira (10), o “bônus desempenho”, benefício pago aos profissionais ativos da educação, referente ao exercício de 2021, será pago na folha de pagamento de agosto deste ano.

Sobre o assunto, a Secretaria de Educação (Sedu) informou, em nota, que a concessão do bônus por desempenho para profissionais ativos da Educação é um direito e um reconhecimento do trabalho dos professores e servidores, regulamentado pela Lei Complementar nº 504 e pelo Decreto nº 2761-R, alterado pelo Decreto 3949-R e Lei Complementar 887, que concede aos profissionais ativos no âmbito da Secretaria da Educação (Sedu), sendo que o período de avaliação é de acordo com o calendário escolar.

Leia mais:  Evair de Melo lança cartilha sobre coronavírus para trabalhadores que vão atuar na colheita do café

Também segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária). Ao todo, serão beneficiados 12.975 profissionais neste ano.

A bonificação é concedida anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu e é calculada com base em indicadores coletivos e individuais. Desse modo, o profissional pode receber até um salário a mais, conforme os resultados apurados pela unidade de ensino onde exerce suas funções.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana