conecte-se conosco


Política e Governo

Governo do Estado lança Nova Rede Abraço e inaugura nova sede do CAAD

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, lançou, nesta quarta-feira (09), a Nova Rede Abraço, uma versão atualizada do Programa Estadual de Ações Integradas sobre Drogas. A solenidade ocorreu na nova sede do Centro de Acolhimento e Ação Integral sobre Drogas (CAAD), no Centro de Vitória, que foi inaugurada na oportunidade.  A organização do Programa Estadual de Ações Integradas Sobre Drogas sustenta-se em quatro eixos: prevenção, tratamento, reinserção social e estudos, pesquisas e avaliações.


Inserida na Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) e coordenada pela Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (SESD), a Nova Rede Abraço é um programa do Governo do Estado do Espírito Santo que visa a promover o bem-estar e o cuidado a pessoas com problemas decorrentes do uso de drogas, seus familiares e comunidade em geral.

Na oportunidade também foi inaugurada a nova sede do CAAD: maior, mais moderna e mais eficiente para a realização de acolhimentos. O Centro é a porta de entrada para o atendimento de pessoas com problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas e seus familiares. O acolhimento é realizado por profissionais capacitados, os quais direcionam o atendimento e encaminham de acordo com as especificidades de cada caso.
“Estamos inaugurando esse Centro de Acolhimento e aproveitando para reforçar a importância de estarmos ocupando o Centro de Vitória. É mais um espaço que ocupamos, trazendo movimento e revitalizando o bairro. Importante também fortalecer o Programa Rede Abraço. Organizamos o programa em nosso primeiro governo. É um programa que tem uma relação com quem milita e trabalha na recuperação de vidas. Estamos em um momento onde debatemos a necessidade de salvar vidas. Vivemos uma epidemia da droga, em que as pessoas vão perdendo a vida aos poucos. Retirar uma pessoa das drogas é um trabalho difícil de ser feito, mas que precisa ser feito por todos. Nossa prioridade é dar atenção a essas pessoas que, às vezes, estão perdidas e com um trabalho técnico e atencioso, podemos dar esperança de um futuro com oportunidades”, afirmou o governador Casagrande.

Para a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, a nova sede do CAAD vai fornecer um atendimento muito melhor para as pessoas que precisam da Rede. “Um acolhimento muito melhor, mas também vai trazer dignidade aos nossos servidores e servidores. Além disso, quero destacar a importância de termos dois outros Centros que serão construídos no interior. São dois municípios do Programa Estado Presente em Defesa da Vida que vão receber esses Centros de Acolhimento para facilitar que essas pessoas possam alcançar a rede, mostrar que a política de drogas do Espírito Santo não é vista apenas como um caso de polícia. A política de drogas é uma questão de saúde, de direitos humanos”, pontuou.

O subsecretário de Estado de Políticas sobre Drogas, Carlos Lopes, completou: “Nesta nova sede temos um espaço mais humanizado para receber as pessoas, mais organizado, e melhor para nossos servidores e servidoras, o que representa o nosso compromisso com a população. O lema da Rede Abraço é ‘Construindo caminhos e acreditando em possíveis’, e é isso que vamos continuar fazendo. Esse é o nosso objetivo, é isso que nos move, por isso que estamos aqui. Desejo que possamos viver um novo tempo nesse espaço, a serviço de melhor atender a sociedade capixaba.”

No espaço são atendidas pessoas com necessidades de orientação ou tratamento em relação ao álcool e outras drogas, por meio de uma equipe multidisciplinar, formada por médicos, assistentes sociais, psicólogos, nutricionista, técnico de enfermagem e monitor de dependência química. Confira mais informações sobre o CAAD 

A secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, destacou ainda que a mudança da sede do Centro de Acolhimento está alinhada ao projeto prioritário de Constituição do Núcleo Administrativo do Governo no Centro de Vitória. “Diante da demanda do CAAD por um novo espaço, nossa equipe buscou imóveis no bairro provenientes de edital específico publicado, tendo em vista nosso objetivo de manter e transferir repartições públicas para essa localidade, contribuindo para a revitalização da região e aproximando órgãos públicos. Vale destacar que os custos de reforma e adaptação do prédio foram arcados pelo locador. Agora, a unidade terá espaço mais amplo e humanizado para atendimento ao público, qualificando assim o serviço prestado”, acrescentou.

Durante a solenidade também foi assinada uma parceria com a instituição de Ensino Superior privada Multivix, para atuação acadêmica no CAAD e serviços na Nova Rede Abraço.

Observatório Capixaba de Informações sobre Drogas

Leia mais:  Governo do Estado vai ampliar teletrabalho e oferta de serviços digitais na Administração Pública

Na oportunidade, foi lançado ainda o Observatório Capixaba de Informações sobre Drogas (OCID), uma ferramenta central e estratégica para a efetivação dos objetivos traçados no eixo “estudos, pesquisas e avaliações” do Programa Estadual de Ações Integradas sobre Drogas, uma vez que é o instrumento de substancialização do esforço contínuo e sistêmico de realização de levantamentos, estudos, pesquisas, avaliações que desenvolvam um olhar minucioso e preciso sobre a questão da droga no Espírito Santo.

O OCID é também plataforma para divulgação de dados que tenham a droga como tema e que advenham de diferentes frentes como educação, saúde, justiça, direitos humanos, segurança pública, bem como os dados de execução da Política Estadual sobre Drogas.

O Observatório pretende abranger dados produzidos pelo Governo do Estado em suas inúmeras facetas, e dados construídos por colaboradores externos, de modo a garantir a diversidade e a pluralidade de olhares. Confira a página do OCID

Edital de Boas Práticas

Ainda durante a solenidade, foram entregues os prêmios aos selecionados do Edital de Seleção de Projetos de Boas Práticas em Direitos Humanos e no Campo das Políticas sobre Drogas. Ao todo, foram contemplados 14 projetos, divididos em três eixos temáticos, com prêmios no valor de R$ 25 mil cada. O edital foi organizado pela SEDH, por meio da SESD e da Subsecretaria de Proteção, Promoção e Defesa dos Direitos Humanos (SubDH).

Leia mais:  Governo do Estado entrega obra de recuperação da ES-297 em Bom Jesus do Norte

O edital tem como objetivos apoiar e fortalecer as boas práticas para a promoção da cidadania, do respeito aos direitos humanos e da valorização da diversidade, além da desconstrução de todas as formas de intolerância, discriminação e preconceito. Também visa ao fortalecimento dos fatores de proteção que evitem ou diminuam o uso de drogas e os efeitos nocivos advindos desse uso.

Plano Geral de Reinserção Social

Também como parte da solenidade, foi lançado o Plano Geral de Reinserção Social, voltado para as pessoas com problemas decorrentes do uso de Substâncias Psicoativas (SPAs) acompanhadas pelo CAAD. Seu escopo de atuação prevê ações de execução direta e iniciativas de articulação intersetorial, de conscientização e participação da sociedade como um todo. Confira AQUI a íntegra do documento.

Projeto SAHUV

Durante o evento, ainda foi anunciado o projeto “Serviço de Atendimento Humanizado a Vítimas de Violação de Direitos Humanos (SAHUV)”, coordenado pela Gerência de Proteção e Defesa dos Direitos Humanos (GPDDH) e pela SubDH, previsto para começar a funcionar em 2021 no prédio do CAAD.

Entre os objetivos do projeto estão: registrar e atender casos de violação de direitos humanos; fazer encaminhamentos de denúncias aos órgãos, às entidades e equipamentos responsáveis, acompanhando-os até a finalização da demanda; realizar formação em educação em direitos humanos; além de promover, divulgar e fortalecer a rede de proteção e enfrentamento à violência, em conjunto com as diretrizes da SEDH, firmando parcerias com outros órgãos e entidades.

publicidade

Política e Governo

Casagrande tenta agendar vacina em Vitória contra covid-19, mas não consegue vaga

Publicado

Nesta sexta-feira, a prefeitura da Capital abriu 5.100 vagas para agendamento de idosos de 60 a 64 anos, mas as vagas foram preenchidas em três minutos

O governador Renato Casagrande tentou, mas não conseguiu fazer o agendamento no site da Prefeitura de Vitória para tomar a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. 

Nesta sexta-feira, a prefeitura da Capital abriu agendamento para idosos entre 60 a 64 anos, mas as vagas foram preenchidas rapidamente. Casagrande tem 60 anos e é morador de Vitória.

A assessoria de imprensa do governador confirmou que ele tentou fazer a marcação nesta sexta-feira, sem sucesso, e que Casagrande vai se vacinar seguindo o agendamento no site da Prefeitura de Vitória.

“O Governador irá vacinar seguindo o agendamento no site da Prefeitura de Vitória. Tentou agendar hoje (nesta sexta), porém não conseguiu”, informou por nota. 

Vagas esgotadas em minutos

O agendamento para a faixa etária de 60 a 64 anos, na Capital, começou às 15 horas desta sexta, mas acabou rapidamente. Ao todo, foram disponibilizadas 5.100 vagas. As marcações puderam ser feitas por meio do link agendamento.vitoria.es.gov.br ou pelo aplicativo Vitória On-line.

A Prefeitura de Vitória informou que foram contabilizados 17 mil acessos simultâneos ao sistema. Todas as vagas foram esgotadas em três minutos.

“A plataforma não apresentou instabilidade em momento algum. Isto porque a Sub-TI tem realizado alterações no sistema a fim de proporcionar aos usuários melhor navegabilidade, mesmo diante de um volume maior de acessos”, informou a prefeitura.

A aplicação das doses da vacina contra o novo coronavírus na Capital começam neste sábado (10). A vacinação acontecerá em oito unidades de saúde e em três postos volantes.

Neste momento estão sendo imunizados em Vitória, com a primeira dose, idosos com 65 anos ou mais. Também está sendo aplicada a segunda dose em idosos com 75 anos ou mais e trabalhadores da saúde que receberam a primeira dose da vacina Coronavac entre os dias 19 de janeiro e 16 de março.

Leia mais:  Governo do Estado entrega obra de recuperação da ES-297 em Bom Jesus do Norte
Continue lendo

Política e Governo

Governador Casagrande se reúne com Lula. ‘Aceno para 2022 está claro’, diz presidente do PT

Publicado

Segundo a assessoria do governador, a reunião, realizada na última terça-feira (06) foi da executiva do PSB e Casagrande participou apenas do início

Há pouco mais de um mês, o governador Renato Casagrande (PSB) foi anunciado como pré-candidato à Presidência da República para 2022. Especialistas entenderam o movimento como uma estratégia do PSB para ganhar musculatura nas discussões do cenário nacional. 

Afinal, é praticamente unânime a percepção de que o governador está muito mais inclinado à reeleição do que a uma aventura – difícil e arriscada – rumo ao Palácio do Planalto.

A candidatura à presidência é pouco provável. Entretanto, Casagrande não deve ficar de fora das discussões. Ele ocupa o cargo de secretário-geral do PSB Nacional e é uma voz importante dentro do partido. Além disso, ganhou projeção durante o combate à pandemia sendo, por diversas vezes, crítico à condução da crise sanitária pelo governo federal.

Lula e Casagrande

Ao que parece, a jogada do PSB já está surtindo efeito. No início desta semana, PT e PSB abriram caminho para o diálogo, com Lula e Casagrande conversando em reunião virtual organizada pelos dirigentes da executiva nacional das siglas.

Com Lula elegível, o PT ganhou fôlego nas últimas semanas e tem se movimentado no tabuleiro eleitoral sob a direção de seu maior líder. O principal objetivo, segundo integrantes da legenda, é dialogar com os partidos de esquerda e centro-esquerda em busca de apoio, principalmente, para um eventual segundo turno nas eleições.

“Temos que ter posições contrárias ao governo Bolsonaro e, neste sentido, PT e PSB têm muita convergência e, com isso, conseguem apresentar uma agenda comum. Então, o tom da conversa é um pouco isso. Se a gente tem convergência no agora, tudo sinaliza que a gente possa ter uma convergência para 2022. O diálogo foi de extrema importância, e pode render frutos para o futuro e começar a trazer um pouco mais de luz diante do cenário que a gente tem. O aceno para 2022 está claro”, disse a presidente do partido no Estado, Jackeline Rocha.

O governador evitou dar detalhes sobre o assunto. Segundo a sua assessoria, a reunião, realizada na última terça-feira (06), foi da executiva do PSB e Casagrande participou apenas do início do encontro. 

Já o PSB do Estado, informou que “a cúpula do PSB nacional, PT, PDT e outros partidos de esquerda, centro e centro-direita têm estabelecido diálogos no sentido de preparar ações para impedir o projeto de ultradireita de Bolsonaro à reeleição em 2022”.

Para o cientista político Aloísio Krohling, a aliança entre os partidos para as próximas eleições é uma possiblidade clara. Entretanto, apesar de o governador participar das discussões, não deve se colocar como protagonista no cenário nacional. 

“Existe um início de conversa, um movimento de aproximação. Casagrande deve tentar a reeleição, ainda mais que perdeu para Hartung da última vez. Apesar das críticas que se faz a ele na condução da pandemia, tem grande apoio aqui no Estado”, opina.

Leia mais:  Casagrande tenta agendar vacina em Vitória contra covid-19, mas não consegue vaga
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana