conecte-se conosco


Política e Governo

Governo do Estado lança projeto para incentivar jovens a fortalecerem ações em seus territórios

Publicado

O Governo do Estado lançou, nesta terça-feira (14), o projeto JuventudES Emergencial, que visa a incentivar a participação e a autonomia juvenil em áreas do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, buscando o fortalecimento das ações que os coletivos e jovens já desenvolvem em seus territórios. Os trabalhos serão executados por uma Organização da Sociedade Civil e serão apoiados 100 projetos, com prêmios de R$ 1 mil e R$ 3 mil. A solenidade virtual marcou também o lançamento do hotsite do Programa JuventudES.

“São duas medidas importantes para essa época de pandemia. Mais uma vez estamos vendo o empobrecimento da população. Quando tudo isso passar, ficará um rastro de desigualdade. Quando a gente toma uma medida, é preciso ter escala e ter certeza que os projetos irão atingir muita gente. As nossas políticas públicas precisam ser eficientes e o JuventudES tem esse propósito”, afirmou o governador Renato Casagrande.

A iniciativa do projeto é da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), por meio da Gerência de Políticas para a Juventude, que vem identificando e trabalhando de forma cada vez mais próxima dos coletivos juvenis. O projeto foi estruturado a partir da parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o Governo percebeu que grupos de jovens em todo Estado têm se mobilizado para articular e organizar diferentes formas de contribuir com seus territórios: distribuição de cestas básicas, de materiais de higiene e limpeza, crédito em bancos comunitários, redes de trocas de experiências e compartilhamentos de informações, entre outras ações. Essa participação solidária mostra a necessidade e a força de atuação das juventudes, assim como ressalta sua liderança nas comunidades em momentos de dificuldades.

“Esse é um projeto importante porque vai atingir não só os jovens e as jovens do nosso Estado, mas também, indiretamente, muitas famílias. Nesse momento de pandemia, precisamos pensar em projetos emergenciais que vão auxiliar as pessoas nesse momento tão difícil que estamos passando”, pontuou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo.

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, também destacou a importância do projeto. “Leva incentivo aos projetos culturais liderados, muitas vezes por jovens negros, em meio à pandemia. Para resolver as questões da comunidade é preciso ouvir a própria comunidade. Por meio do programa Estado Presente, oferecemos essa ferramenta importante para a juventude capixaba desenvolver ações empreendedoras. Como Governo, é fundamental fomentar políticas públicas que desenvolvam a mente empreendedora dos jovens, pois esse conceito trabalha a criatividade e motivação para fazer acontecer”, afirmou.

O projeto irá distribuir até cem premiações em dois eixos:

– Ações de proteção social organizadas por Coletivos Jovens, no qual o coletivo recebe até R$ 3 mil para distribuir entre os moradores mapeados em seus territórios, em forma de transferência de recurso financeiro ou entrega de produtos de primeira necessidade;

– Produção de Conteúdo e Fruição Cultural em Direitos Humanos e com foco na pandemia do novo Coronavírus, que concederá premiação de R$ 1 mil para jovens que estejam produzindo e divulgando conteúdos, tais como músicas, fanzines, debates on-line, exposições, entre outros.

As Organizações da Sociedade Civil que tiverem interesse em implementar o projeto devem apresentar suas propostas por meio eletrônico no e-mail: [email protected] até esta terça-feira. O processo de seleção já está em curso.

CONFIRA O EDITAL

Leia mais:  Governo do Estado se reúne com novas empresas de gás e petróleo que vão operar no Espírito Santo

Hotsite JuventudES

Durante a solenidade virtual, foi lançado o hotsite JuventudES, um portal ligado à SEDH, que reúne informações sobre e para a juventude capixaba. Na página, é possível encontrar dados, materiais de pesquisa, imagens, legislação, notícias e serviços voltados para o público jovem. Estão disponíveis também informações sobre os Centros de Referência das Juventudes e outros projetos realizados pelo Governo do Estado e em parceria com outras instituições e a sociedade civil. O endereço do site é:  https://juventudes.es.gov.br/

“O site é algo que a gente já vem sonhando há muito tempo, junto com toda a história dos nossos movimentos de coletivos, dos nossos conselhos e hoje estamos conseguindo lançar. Nele, vamos centralizar as informações e todos os serviços de juventude do Espírito Santo. Tenho certeza de que vai ser uma referência para a juventude capixaba”, disse a gerente de Políticas para a Juventude da SEDH, Fabrícia Barbosa.

Programa Estado Presente

O Programa Estado Presente em Defesa da Vida tem como objetivo reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, além de reduzir a vulnerabilidade da juventude à violência. Ele foi retomado, no início de 2019, com o eixo policial, e em setembro foi lançado o eixo de Proteção Social – cujo projeto JuventudES faz parte.

Leia mais:  Chuvas: Falta de estrutura de municípios é criticada

“O programa Estado Presente entende que a violência é multifacetada, é um fenômeno que se enfrenta não só com a polícia, mas também com ações de cidadania, cultura, educação, lazer. É isso que desde o início desta gestão estamos fazendo através do eixo social, com projetos de muito sucesso no nosso Governo”, afirmou a secretária Nara Borgo.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, explicou que 74% dos homicídios que ocorreram no Espírito Santo entre 2015 e 2018, foram registrados em dez municípios, revelando uma violência mais presente em 43 territórios e 140 bairros, na Região Metropolitana e no interior. “O eixo de Proteção Social do Estado Presente vem desenvolvendo um conjunto de projetos e ações com foco na parcela da sociedade de maior vulnerabilidade a essa violência, especialmente jovens e, sobretudo, jovens negros”, disse.

Duboc lembrou que o eixo de Proteção Social possui 37 projetos que estão entre aqueles sob gerenciamento da SEDH e coordenação da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP). “O JuvetudES Emergencial é mais uma das muitas entregas que faremos, em favor da juventude e da paz em nosso Estado”, afirmou o secretário.

publicidade

Política e Governo

Comissão de agricultura da ALES debate o Programa AgroNordeste que beneficia municípios da região norte capixaba

Publicado

A inclusão de 15 municípios da região norte capixaba capixabas no Programa AgroNordeste deve melhorar a produção de pimentas rosa e do reino, e café conillon que vem enfrentado dificuldade de exportação para a Europa e Ásia. A notícia foi dada pelo superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA/ES), Aureliano Nogueira da Costa, na reunião da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa, presidida pela deputada Janete de Sá (PMN). O Programa AgroNordeste é coordenado pelo Ministério da Agricultura em parceria com diversas instituições visando fortalece cadeias produtivas consideradas prioritárias.

“Hoje o Espírito Santo coordena a elaboração dos projetos produtivos para os municípios capixabas, os estados do nordeste e norte de Minas Gerais. O AgroNordeste já conseguiu captar recursos na ordem de 270 milhões de dólares junto ao Bird para execução do trabalho que deve ser  de executado em seis anos, visando fortalecer as cadeias produtivas dando retorno maior para quem produz”, esclareceu o superintendente do MAPA/ES.

A presidente da Comissão de agricultura, Janete de Sá, destacou a importância de conhecer melhor o AgroNordeste que é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte de sua produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem. ”A nossa meta aqui na Comissão de Agricultura é avançar cada vez mais em políticas públicas e ampliar o debate de temas que visam criar e ampliar as ações e programas visando melhorar o processo produtivo, absorver a produção e aumentar a renda do homem e da mulher do campo”, destacou a parlamentar.

Veja aqui os municípios capixabas beneficiados no programa AgroNordeste:

Montanha, Pinheiros, Conceição da Barra, Boa Esperança, Nova Venécia, São Mateus, Jaguaré, Sooretama, Vila Valéria, São Gabriel da Palha, Rio Bananal, Governador Lindemberg, São Domingos do Norte, Pancas e Linhares.

Leia mais:  Governo do Estado participa de evento nacional sobre concessões e parcerias
Continue lendo

Política e Governo

Secretários de Assistência Social do Norte do ES se reúnem para discutir políticas sociais na região

Publicado

A reunião aconteceu na terça (02) em Linhares

Linhares –  A secretária municipal de Assistência Social, Luciana Mantovaneli Amorim, se reuniu com gestores dos Polos Centro Oeste e Rio Doce do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado do Espírito Santo – COGEMASES para discutir projetos e políticas públicas relacionadas à Assistência Social implantadas em alguns municípios do Norte do Estado. O encontro aconteceu no auditório do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) Interlagos.

Na reunião, estiveram presentes os secretários municipais de Rio Bananal, Marilândia, João Neiva, Governador Lindemberg, Ibiraçu e São Gabriel da Palha. Na pauta, os gestores dialogaram sobre diversos assuntos como Plano de Ação do Cofinanciamento Estadual, Programa Capixaba de Redução da Pobreza – Incluir, Serviços de Acolhimento, entre outros.

“A participação dos gestores e técnicos nas reuniões é de fundamental importância, pois oportuniza a troca de experiências paralelas ao processo de fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social no Estado, ao mesmo tempo em que já aponta os avanços e dificuldades do processo de implantação do SUAS”, destacou Luciana Mantovaneli Amorim, secretária municipal de Assistência Social de Linhares.

De acordo com o COGEMASES, o Polo Centro Oeste é composto por nove municípios. São eles: Alto Rio Novo; Baixo Guandu; Colatina; Pancas; Governador Lindemberg; Marilândia; São Domingos do Norte; São Gabriel da Palha e Vila Valério. Já os municípios de Aracruz, Linhares, Ibiraçu, Rio Bananal, João Neiva e Sooretama fazem parte do Polo Rio Doce.

Leia mais:  Programa Estado Presente é destaque no 8º Congresso Gestão das Cidades
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana