conecte-se conosco


Política e Governo

Governo do Estado reabre Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo após reforma

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), reabriu, na tarde desta quinta-feira (03), o Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo (MAES). Após quatro anos de reformas, o Museu conta agora com mais acessibilidade, incluindo banheiro acessível e elevador. A reabertura teve a presença do governador do Estado, Renato Casagrande, acompanhado da primeira-dama Maria Virgínia Casagrande, entre outras autoridades. O evento marcou a abertura da exposição “VIX Estórias Capixabas”, que reúne obras de 25 artistas locais, nacionais e internacionais contemporâneos e que se relacionam com as obras de Elpídio Malaquias (1919-1999) e Dionísio Del Santo (1925-1999).


O MAES recebeu obras de adequação da Reserva Técnica, com climatização e equipamentos para melhor armazenar o acervo do Museu; ampliou a área expositiva e criou espaços de convivência que se somam às exposições e ações educativas. Além disso, a biblioteca do Museu foi reestruturada. O acervo de mais de três mil livros é um dos maiores de arte no Estado.


“Reabrir o Museu de Arte do Espírito Santo é importantíssimo, pois ficou quatro anos fechado. E o Centro da cidade é um ambiente que precisa de atividade cultural. O MAES é um prédio histórico de 1925, que estava fechado e há 22 anos se tornou um museu. Temos aqui uma exposição maravilhosa de vários artistas, valorizando a cultura capixaba e também o legado de Elpídio Malaquias e Dionísio Del Santo. É muito importante valorizar a cultura nesta época tão difícil”, afirmou o governador.

Casagrande também falou sobre a reabertura do espaço cultural em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “Muitos se afastaram por conta do isolamento social, mas com o respeito aos protocolos, estamos fazendo um trabalho de convivência com a pandemia. Se alimentar de cultura faz parte da nossa personalidade. A abertura do museu é uma maneira que temos de revitalizar o Centro, que irá receber os artistas, professores, alunos e visitantes”, pontuou.

O secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, celebrou a reabertura e destacou a exposição. “A reabertura do Museu de Arte do Espírito Santo é uma boa notícia depois de um ano tão difícil. O espaço é um dos mais queridos aqui do Espírito Santo. A exposição de reabertura ‘VIX Estórias Capixabas’ marca os 22 anos do MAES e vai contar com um extenso programa de arte e educação on-line, em parceria com a TVE, ampliando o alcance dos conceitos e dos debates dessas obras”, disse.

A diretora do Museu de Arte do Espírito Santo, Ana Luiza Bringuente, salientou que “a exposição é importantíssima para o momento histórico que estamos vivendo”. Ela destaca a inventividade da curadoria e comenta que a reforma buscou uma aproximação conceitual do museu com o público. “As janelas que antes construíam um grande cubo branco, que geralmente os espaços comportam, estão destampadas. Pensando numa forma conceitual de aproximação, existe apenas um quebra-luz agora, de maneira que o museu esteja mais integrado com o seu entorno”, comentou.

Exposição

Leia mais:  Erick Musso está curado da Covid-19

Para o curador Julio Martins, a exposição “VIX Estórias Capixabas” reinaugura o MAES após reforma arquitetônica que o tornou permeável à paisagem do Centro e à luz natural que agora invadem seu espaço expositivo, além de celebrar 22 anos do museu com reflexões acerca da produção contemporânea e da historiografia da arte locais. 

“Talvez uma noção ampliada de ‘experimental’ qualifique como Elpídio Malaquias desenvolveu seu trabalho, absolutamente alheio ao circuito de arte, bem como a trajetória de Dionísio Del Santo, patrono do MAES. Os dois artistas motivam esta exposição e reúnem em torno de suas poéticas convidados de diversas gerações capixabas e de outras localidades”, frisou Julio Martins.

O curador conceitua, em seu texto de apresentação, que as obras de Gabriel Borem, Gui Castor, Julio Tigre, Kevin Simón, Marcone Moreira, MV, Rafael Pagatini e Rosana Paste aproximam do autodidata artista Elpídio Malaquias, “cujas pinturas e desenhos elaboram visões íntimas e arquetípicas que descrevem o mundo com admirável encantamento, simplicidade e em idioma próprio”.

Já os trabalhos de Aýla Lourenço, Castiel Vitorino, Cinthia Marcelle, Cristiano Lenhardt, Elisa Queiroz, Fabio Morais, Felipe Barbosa, Hilal Sami Hilal, Manuel Carvalho, Maurício Salgueiro, Pablo Lobato, Paulo Climachauska, Rick Rodrigues, Rosindo Torres e Rubiane Maia, segundo o curador, se aproximam de Dionísio Del Santo. Martins explica que os artistas “também lidam com o vocabulário geométrico de maneira bastante livre e valorizando elementos sensíveis, em ressonância afetiva com procedimentos e concepções inventados por Dionísio Del Santo no campo da gravura”.

Leia mais:  PSB de São Mateus nega que esteja fechado com Amadeu
publicidade

Política e Governo

Casagrande tenta agendar vacina em Vitória contra covid-19, mas não consegue vaga

Publicado

Nesta sexta-feira, a prefeitura da Capital abriu 5.100 vagas para agendamento de idosos de 60 a 64 anos, mas as vagas foram preenchidas em três minutos

O governador Renato Casagrande tentou, mas não conseguiu fazer o agendamento no site da Prefeitura de Vitória para tomar a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. 

Nesta sexta-feira, a prefeitura da Capital abriu agendamento para idosos entre 60 a 64 anos, mas as vagas foram preenchidas rapidamente. Casagrande tem 60 anos e é morador de Vitória.

A assessoria de imprensa do governador confirmou que ele tentou fazer a marcação nesta sexta-feira, sem sucesso, e que Casagrande vai se vacinar seguindo o agendamento no site da Prefeitura de Vitória.

“O Governador irá vacinar seguindo o agendamento no site da Prefeitura de Vitória. Tentou agendar hoje (nesta sexta), porém não conseguiu”, informou por nota. 

Vagas esgotadas em minutos

O agendamento para a faixa etária de 60 a 64 anos, na Capital, começou às 15 horas desta sexta, mas acabou rapidamente. Ao todo, foram disponibilizadas 5.100 vagas. As marcações puderam ser feitas por meio do link agendamento.vitoria.es.gov.br ou pelo aplicativo Vitória On-line.

A Prefeitura de Vitória informou que foram contabilizados 17 mil acessos simultâneos ao sistema. Todas as vagas foram esgotadas em três minutos.

“A plataforma não apresentou instabilidade em momento algum. Isto porque a Sub-TI tem realizado alterações no sistema a fim de proporcionar aos usuários melhor navegabilidade, mesmo diante de um volume maior de acessos”, informou a prefeitura.

A aplicação das doses da vacina contra o novo coronavírus na Capital começam neste sábado (10). A vacinação acontecerá em oito unidades de saúde e em três postos volantes.

Neste momento estão sendo imunizados em Vitória, com a primeira dose, idosos com 65 anos ou mais. Também está sendo aplicada a segunda dose em idosos com 75 anos ou mais e trabalhadores da saúde que receberam a primeira dose da vacina Coronavac entre os dias 19 de janeiro e 16 de março.

Leia mais:  Casagrande sanciona leis com novas medidas para enfrentamento ao coronavírus
Continue lendo

Política e Governo

Governador Casagrande se reúne com Lula. ‘Aceno para 2022 está claro’, diz presidente do PT

Publicado

Segundo a assessoria do governador, a reunião, realizada na última terça-feira (06) foi da executiva do PSB e Casagrande participou apenas do início

Há pouco mais de um mês, o governador Renato Casagrande (PSB) foi anunciado como pré-candidato à Presidência da República para 2022. Especialistas entenderam o movimento como uma estratégia do PSB para ganhar musculatura nas discussões do cenário nacional. 

Afinal, é praticamente unânime a percepção de que o governador está muito mais inclinado à reeleição do que a uma aventura – difícil e arriscada – rumo ao Palácio do Planalto.

A candidatura à presidência é pouco provável. Entretanto, Casagrande não deve ficar de fora das discussões. Ele ocupa o cargo de secretário-geral do PSB Nacional e é uma voz importante dentro do partido. Além disso, ganhou projeção durante o combate à pandemia sendo, por diversas vezes, crítico à condução da crise sanitária pelo governo federal.

Lula e Casagrande

Ao que parece, a jogada do PSB já está surtindo efeito. No início desta semana, PT e PSB abriram caminho para o diálogo, com Lula e Casagrande conversando em reunião virtual organizada pelos dirigentes da executiva nacional das siglas.

Com Lula elegível, o PT ganhou fôlego nas últimas semanas e tem se movimentado no tabuleiro eleitoral sob a direção de seu maior líder. O principal objetivo, segundo integrantes da legenda, é dialogar com os partidos de esquerda e centro-esquerda em busca de apoio, principalmente, para um eventual segundo turno nas eleições.

“Temos que ter posições contrárias ao governo Bolsonaro e, neste sentido, PT e PSB têm muita convergência e, com isso, conseguem apresentar uma agenda comum. Então, o tom da conversa é um pouco isso. Se a gente tem convergência no agora, tudo sinaliza que a gente possa ter uma convergência para 2022. O diálogo foi de extrema importância, e pode render frutos para o futuro e começar a trazer um pouco mais de luz diante do cenário que a gente tem. O aceno para 2022 está claro”, disse a presidente do partido no Estado, Jackeline Rocha.

O governador evitou dar detalhes sobre o assunto. Segundo a sua assessoria, a reunião, realizada na última terça-feira (06), foi da executiva do PSB e Casagrande participou apenas do início do encontro. 

Já o PSB do Estado, informou que “a cúpula do PSB nacional, PT, PDT e outros partidos de esquerda, centro e centro-direita têm estabelecido diálogos no sentido de preparar ações para impedir o projeto de ultradireita de Bolsonaro à reeleição em 2022”.

Para o cientista político Aloísio Krohling, a aliança entre os partidos para as próximas eleições é uma possiblidade clara. Entretanto, apesar de o governador participar das discussões, não deve se colocar como protagonista no cenário nacional. 

“Existe um início de conversa, um movimento de aproximação. Casagrande deve tentar a reeleição, ainda mais que perdeu para Hartung da última vez. Apesar das críticas que se faz a ele na condução da pandemia, tem grande apoio aqui no Estado”, opina.

Leia mais:  Governo realiza encontro com gestores de cultura do Espírito Santo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana