conecte-se conosco


Cidades

Governo do Estado renova frota de ônibus do Serviço Mão na Roda

Publicado

A partir desta quinta-feira (30), os usuários do Serviço Especial Mão na Roda passam a contar com novos veículos para renovar a frota do sistema. Inicialmente, serão 13 veículos e outros 11 serão entregues no decorrer do mês de agosto. Atualmente, por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), somente estão sendo feitos agendamentos para tratamento de saúde.

No ano passado, o serviço realizou 94.913 viagens para os cerca de três mil cadeirantes cadastrados. O Mão na Roda é um serviço gratuito, que é 100% subsidiado pelo Governo do Estado. Este ano, até o dia 20 de julho, já foram realizadas 24.066 viagens agendadas. O Mão na Roda oferece um atendimento diferenciado de transporte coletivo urbano para cadeirantes da Grande Vitória, proporcionando completa inclusão social, seja nos seus compromissos profissionais, médicos, de educação ou lazer.

Durante a apresentação dos novos veículos, na manhã desta quinta, o governador Renato Casagrande destacou o processo de renovação da frota. “A frota do Mão na Roda já estava muito ultrapassada em termos de idade e agora nós estamos a renovando totalmente. Um serviço prestado pelo Governo do Estado e operado pelas empresas.  São novos ônibus, espaçosos e com toda a estrutura necessária para atender às pessoas com dificuldade de locomoção”, apontou.

O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, destacou que o investimento se soma a renovação da frota do Sistema Transcol, iniciada no ano passado. “Estamos entregando agora os novos carros que vão operar esse serviço. Vale destacar que toda a frota do sistema metropolitano é acessível, mas o Mão na Roda é um serviço diferenciado e precisava muito dessa renovação para atender melhor os usuários”, comentou.

O Serviço Especial Mão na Roda foi criado em agosto de 2000 para atender as necessidades dos cadeirantes em seus deslocamentos, contribuindo, assim, com a inserção dos mesmos nas diversas atividades da sociedade e efetivando o direito de exercerem plenamente sua cidadania.

Informações Operacionais

O Mão na Roda é operado por 25 veículos, especialmente adaptados com elevadores hidráulicos e conduzidos por motoristas treinados para realizar o transporte com conforto e segurança, uma vez que receberam aulas de direção defensiva, relacionamento interpessoal e trato com pessoas com deficiência.

Leia mais:  Parceria com BrazilFoundation beneficia mais de mil pessoas na bacia do rio Doce

São realizadas viagens dos usuários cadastrados, mediante solicitação prévia, funcionando como um serviço personalizado de transporte com deslocamentos residência/destino/residência. Os usuários podem solicitar viagens com acompanhantes, caso necessário.

Cadastro e Solicitação de Viagens

Para se cadastrar no Serviço Especial Mão na Roda, é necessário que o usuário seja cadeirante e resida nos municípios de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica ou Viana. O cadastro deve ser feito no Disque Mão na Roda 0800 038 7077, de segunda a sexta-feira, das 08 às 20 horas.

Uma vez cadastrado, o usuário que necessitar de transporte deverá efetuar o agendamento pelo Disque Ceturb, no mínimo, 48 horas antes da viagem e deverá informar os horários de ida e volta e os locais de partida e destino. Os agendamentos são feitos de segunda a sexta-feira, das 08 às 20 horas.

O serviço funciona de domingo a domingo e as viagens são realizadas entre as 5 horas da manhã e a meia-noite.

Principais Destinos

O Serviço Especial Mão na Roda busca os usuários em suas residências e os leva aos destinos para fins de tratamento de saúde, trabalho, educação e lazer. Os destinos mais solicitados são: Centro de Reabilitação Física do Estado do Espírito Santo (Crefes), Escola de Medicina Santa Casa de Misericórdia (Emescam), Apae Cariacica, Apae Vitória, Hospital Meridional, Fundação Bradesco, Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo, Centro Universitário Vila Velha (UVV). Além destes destinos, há uma grande demanda de viagens para a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e shoppings.

Leia mais:  Banestes oferece vantagens para associados a sindicato moveleiro

publicidade

Cidades

EDP e Prefeitura lançam programa Comunidade IN em Jabaeté

Publicado

A Prefeitura de Vila Velha, em parceria com a EDP lançou, na manhã desta sexta-feira (14), em cerimônia híbrida, o programa Comunidade IN, que irá realizar ações para promover o desenvolvimento sustentável do bairro Jabaeté, na região da Grande Terra Vermelha.
 
O prefeito Arnaldinho Borgo, acompanhado da secretária de Planejamento e Projetos Estruturantes, Menara Cavalcante, recebeu no gabinete Fernando Saliba, diretor da EDP no Espírito Santo, para assinatura do acordo. 

“ O trabalho que a EDP vai realizar em parceria conosco é essencial para reduzir as desigualdades na cidade, somando expertise da concessionária com nosso time, que vai levar ações sociais, inovações para consumo de energia ou implantação de ideias para que essas pessoas tenham acesso à energia. É um conjunto de esforços para cuidar de quem mais precisa”, comentou o prefeito.
 
O programa tem como eixo central a inovação social, com uma participação ativa da comunidade para o levantamento de temas prioritários e execução de projetos que atendam as necessidades locais.  

O Comunidade IN se baseia no conceito de cidades inteligentes, que propõe realizar intervenções que possam despertar um processo de transformação e consolidação da comunidade. O papel da EDP, por meio do Instituto EDP, entidade responsável pelas iniciativas socioculturais da EDP, vai desde executar ações alinhadas com sua estratégia e expertise, até a mobilização de parcerias para a realização das iniciativas propostas. 

“Na EDP temos o propósito de ‘usar nossa energia para cuidar sempre melhor’ e isso envolve contribuir para o bem-estar social das localidades onde a empresa atua. O projeto poderá impactar a vida de mais de 640 famílias da comunidade e terá a participação ativa dos moradores e liderança comunitária responsáveis por planejar as ações de forma colaborativa, para melhorar a qualidade de vida no bairro”, afirmou Fernando Saliba, diretor da EDP no Espírito Santo. 

Ao longo de três anos, o programa Comunidade IN promoverá ações sobre o consumo responsável de energia, destinação correta do lixo, reformas de moradias, aceleração de propostas locais de geração de emprego e renda, além da atenção à educação básica e profissional, tendo como protagonista dessas mudanças a própria comunidade.

Leia mais:  Terceira Ponte é totalmente interditada para passagem de apoiadores de Bolsonaro
Continue lendo

Cidades

Prefeitura e Corpo de Bombeiros entregam cestas básicas às famílias ilhadas de Areal

Publicado

Linhares – A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC), da Prefeitura de Linhares, tem dado prosseguimento às ações que visam mitigar os impactos da cheia do rio Doce sobre a população ribeirinha e as famílias que vivem em áreas rurais, que estão inundadas.

Visualização da imagem

Nesta sexta-feira (14), a Prefeitura de Linhares, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Defesa Civil, e o Corpo de Bombeiros realizaram a entrega de 100 cestas básicas – doadas pela instituição militar –, destinadas às famílias que estão ilhadas em Areal, distrito de Regência, e demais comunidades da região.

Visualização da imagem

“Hoje, recebemos 100 cestas básicas doadas pelo Corpo de Bombeiros, que estão sendo entregues às famílias que estão ilhadas em fazendas e comunidades rurais. Já nos abrigos do bairro Conceição e Araçá, estamos oferecendo, além da alimentação, material de higiene, colchão, roupa de cama e banho. Também recebemos doações de roupas, que serão distribuídas às famílias acolhidas”, informa a secretária de Assistência Social, Luciana Mantovaneli Amorim.

Visualização da imagem

A operação contou com o apoio do helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar (Notaer), que continua dando suporte às ações de resgate e socorro aos moradores das comunidades rurais inundadas pela cheia do rio Doce. Na tarde desta sexta, o nível do rio recuou para 5,40 metros e a tendência é diminuir nas próximas horas, conforme a Defesa Civil.

“Estamos reforçando o suporte que o Município tem oferecido, desde o início da cheia do rio Doce, através do empenho de todas as nossas secretarias. A princípio, damos assistência e proteção às famílias impactadas para, posteriormente, recuperarmos as estradas que dão acesso às comunidades do interior”, destaca o prefeito de Linhares, Guerino Zanon.

No momento, cinco famílias estão abrigadas no ginásio poliesportivo do bairro Araçá, sendo 15 adultos e oito crianças – duas famílias resgatadas preferiram permanecer na casa de parentes. Já no ginásio do bairro Conceição, há 13 famílias, que totalizam 25 adultos e 10 crianças.

Leia mais:  Prefeito e presidente da Cesan visitam bairro Aeroporto e falam de rede de coleta e tratamento de esgoto
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana