conecte-se conosco


Camisa 10

Governo Federal divulga investimento de R$ 84 milhões para o Bolsa Atleta

Publicado

Dos 6.248 atletas contemplados, 4.248 são de modalidades olímpicas e 1.134 de modalidades paralímpicas que disputam vagas em Tóquio 2020

Foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União a lista dos contemplados pelo programa Bolsa Atleta no edital nº 2/2019. Serão patrocinados neste ciclo 6.248 atletas de todo o país que integram os programas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O investimento total será da ordem de R$ 84,2 milhões.

Dos contemplados neste edital, 4.248 são de modalidades olímpicas e 1.134 de modalidades paralímpicas. Do total, 3.517 são homens e 2.731, mulheres. Cinco categorias estão incluídas na lista e a que mais tem representantes é a Nacional, com 4.286 atletas. Na sequência, aparecem a Internacional (949), a Estudantil (383), a Olímpica/Paralímpica (340) e de Base (290).

Entre os contemplados estão diversos atletas de destaque, como a judoca Sarah Menezes, 29 anos, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

“O Bolsa atleta é importante para ajudar nos treinamentos. Tem muitos atletas que usam esse benefício para complementar alimentação, material melhor para a prática esportiva e custeio de viagens. Então esse apoio dá um conforto importante. Eu recebi pela primeira vez aos 15 anos e me ajuda até hoje”, diz Sarah.

Leia mais:  Atleta capixaba busca apoio para disputar o Mundial de Karatê

O goiano Iranildo Espíndola, do tênis de mesa paralímpico, medalha de bronze por equipe (classes 1 e 2) nos Jogos Rio 2016, também teve seu nome entre os contemplados.

“Eu recebo a Bolsa Atleta desde o início e com certeza sem esse apoio eu não estaria no esporte até hoje. Foi fundamental na questão de treinamento, de aquisição de material e sem isso eu jamais teria chegado onde cheguei”, comentou Iranildo.

O atletismo é a modalidade com o maior número de contemplados: 862. Depois, aparecem a natação (483), o handebol (316), o tiro esportivo (299) e o tênis de mesa (256). Todos os quatro esportes recém-incluídos no programa dos Jogos Olímpicos também contam com bolsistas: caratê (140), escalada (16), surfe (11) e skate (8). O mesmo ocorre com as modalidades recém-incluídas no programa dos Jogos Paralímpicos: parabadminton (38) e taekwondo (3).

No atletismo, Paulo André vai receber o benefício na categoria internacional. O ano de 2019 foi único na carreira do velocista. Durante a temporada, o jovem de 20 anos conquistou um resultado histórico, quando integrou a equipe que brilhou no Mundial de Revezamento, em Yokohama, no Japão, com ouro no 4 x 100m. Paulo André faturou ainda a medalha de ouro no revezamento 4 x 100m e a prata nos 100m durante os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019.

Leia mais:  Goleiro Bruno deverá usar tornozeleira eletrônica em jogos

“Essa ajuda é realmente importante. Os recursos me ajudam no transporte, na alimentação, na fisiologia e na fisioterapia. Tudo isso é necessário para o esporte de alto rendimento. Sem falar que tenho de estar em forma em 2020, pois não podemos falhar em nenhum desses itens. Vou usar essa verba na preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020”, disse Paulo André.

Paulo André vibra ao cruzar a linha de chegada e conquistar o título do 4 x 100 m livre

O Bolsa Atleta é o maior programa de patrocínio direto ao atleta do mundo e apresenta resultados fundamentais para o esporte brasileiro. Desde a criação, em 2005, já foram concedidas mais de 69,5 mil bolsas, para 27 mil atletas de todo o país. O valor destinado pelo programa desde sua implantação supera a marca de R$ 1,2 bilhão.

A importância do Bolsa Atleta pode ser medida nos Jogos Rio 2016. Na edição olímpica, 77% dos 465 atletas convocados para defender o Brasil eram bolsistas. Das 19 medalhas conquistadas pelos brasileiros – a maior campanha da história -, apenas o ouro do futebol masculino não contou com bolsistas.

publicidade

Camisa 10

Túlio Maravilha é apresentado oficialmente como reforço do Sport-ES

Publicado

O centroavante vestiu pela primeira vez a camisa do clube capixaba em evento no Shopping Praia da Costa. Com nome no BID, ele pode estrear neste fim de semana

O atacante Túlio Maravilha já está em terras capixabas para a disputa do Capixabão Série B 2022 pelo Sport-ES. 

Nesta quinta-feira (11) o jogador foi apresentado oficialmente pelo clube em evento realizado no Shopping Praia da Costa, em Vila Velha.

O eterno ídolo do Botafogo vestiu uma camisa personalizada com metade da equipe capixaba e outra do clube alvinegro. 

Devidamente apresentado, o principal reforço do Tigre para a Série B do Capixaba pode estrear já nesta 1ª rodada.

Nesta quarta-feira (10) o clube informou que o atacante de 53 anos já está regularizado e pode entrar em campo na estreia do time diante do Castelo. A partida está marcada para às 15 horas deste sábado (13), no estádio Kléber Andrade, em Cariacica.

O Sport-ES está no grupo B da competição que conta com 12 clubes. Os quatro melhores das duas chaves de seis equipes avançam para as quartas de final da competição. Os dois finalistas garantem o acesso para o Capixabão de 2023.

Leia mais:  Goleiro Bruno deverá usar tornozeleira eletrônica em jogos

Continue lendo

Camisa 10

Com emoção! São Paulo elimina o Ceará nos pênaltis na Sul-Americana

Publicado

Tricolor agora enfrenta o Atlético-GO que passou pelo Nacional-URU pelas semifinais da competição

O Ceará recebeu o São Paulo na noite desta quarta-feira (10) em partida válida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Tricolor perdeu por 2 a 1 no tempo regulamentar, mas devido a vantagem no placar por 1 a 0 no jogo de ida encaminhou a partida para os pênaltis, onde venceu pelo placar de 4 a 3. 

Com o resultado, o São Paulo está classificado para a semifinal da competição e enfrentará o Atlético-GO, que venceu o Nacional na última terça-feira (9) por 3 a 0 e carimbou o passaporte nas semis do torneio continental.

Mendoza abriu o placar para o Vozão aos 44 minutos. O empate do São Paulo veio aos 8 minutos do segundo tempo com Igor Vinicius, mas Guilherme Castilho com um belo gol de fora aos 18 da segunda etapa levou o jogo para os pênaltis. 

Agora, ambas as equipes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Ceará disputa o clássico diante do Fortaleza no próximo domingo (14), às 16h (de Brasília), no Castelão. Já o São Paulo recebe o RB Bragantino, também no domingo (14), às 16h (de Brasília).

Leia mais:  Ainda sem reforços, Flamengo de Paulo Sousa inicia ano com 24 remanescentes do grupo de 2021

FICHA TÉCNICA
Ceará x São Paulo
Local: Castelão (Fortaleza-CE)
Data e hora: Quarta-feira (10), às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Auxiliares: Juan Pablo Belatti (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
Cartões amarelos: Reinaldo, Igor Vinicius, Miranda e Galoppo (São Paulo); Richardson, Víctor Luis (Ceará)
Gols: Mendoza aos 43’/1T e Guilherme Castilho aos 17’/2T (Ceará) ; Igor Vinícius aos 8’/2T (São Paulo)

CEARÁ: João Ricardo; Michel Macedo (Buiú), Luis Otavio, Messias e Vitor Luis; Guilherme Castilho, Richardson (Erick), Lima (Fernando Sobral), Vina e Mendoza (Iury Castilho); Zé Roberto (Matheus Peixoto). Técnico: Marquinhos Santos.

SÃO PAULO: Felipe Alves; Diego, Leo e Miranda; Igor V, Pablo Maia (Gabriel), Galoppo (Rodrigo Nestor), Igor Gomes e Nikão (Luciano), Reinaldo (Welington) (Patrick); Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana