conecte-se conosco


Política e Governo

Governo firma parceria para restauração de respiradores

Publicado

Equipamentos fundamentais para os pacientes hospitalizados com estado de saúde grave e de risco, os respiradores se tornaram um item com maior demanda pelo sistema de saúde de todo o mundo. No Espírito Santo, o Governo do Estado, além de adquirir novos aparelhos, firma parceria para a manutenção desses itens.

O convênio para manutenção dos aparelhos foi realizado, na manhã desta quinta-feira (14), a distância, com a participação, dentre outros, do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes; da secretária de Ciência, Tecnologia,  Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel; do diretor presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes), Denio Rebello; da coordenadora do projeto na Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), Fabrine Schwanz; e representantes da empresa Vale,  do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

O ato garante a manutenção gratuita de respiradores pulmonares inoperantes do sistema de saúde estadual por profissionais da Vale, Ufes e Senai, além de voluntários da Arcellor. Para o secretário Nésio Fernandes, a ação integra um legado que o Governo deixará pós-pandemia.

“O Governo do Estado agiu de forma proativa e responsável dobrando a capacidade de atendimento em meio à pandemia. Como resultado, teremos um sistema de saúde mais robusto. Saúde não se restringe a leitos, escala de profissionais e medicamentos. Somos um complexo econômico-social. Precisamos repensar o modelo de desenvolvimento vigente,  ter soberania tecnológica, valorizar a produção e o trabalho. Integrar ensino, serviços de saúde e a indústria é um caminho para superar o subdesenvolvimento e a dependência, principalmente em épocas de crise”, afirmou Nésio Fernandes.

Leia mais:  Prorrogada a suspensão do expediente presencial no MPES

O secretário agradeceu o comprometimento das instituições ao apoiar e disponibilizar profissionais e recursos para a manutenção dos equipamentos e fez um apelo a todos, lembrando que a principal medida de combate ao novo Coronavírus  (Covid-19), no momento, é o distanciamento social.

Tecnologia e Inovação

A secretária de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel, destacou que o desafio de enfrentamento à pandemia exige decisões rápidas que tragam resultados à população, e que pode ser um legado para os procedimentos pós-pandemia.

“O sistema de saúde é um setor estratégico e a ciência e tecnologia agregam um diferencial quando integradas à essa política. Esse momento de convergência entre Governo, instituições de ensino e pesquisa e setor privado, em prol da sociedade, é resultado de um trabalho que fomentamos há anos e que foi amplamente incrementado através da Mobilização Capixaba pela Inovação em 2019. Nós queremos agradecer a disponibilidade desses parceiros que entendem a dimensão e se unem a nós para viabilizar o atendimento da população.”

A secretária ressaltou que a parceria já trouxe outros resultados importantes nesse período de pandemia, com a confecção das face shields, máscaras protetoras faciais utilizadas pelos profissionais que trabalham no enfrentamento da Covid-19.

Manutenção

A partir de agora, respiradores de unidades públicas de saúde que necessitam de reparos serão identificados e separados para entrega à Ufes e ao Senai, que irão diagnosticar o equipamento, buscando identificar a causa de seu mal funcionamento e iniciar a reparação. Nos casos em que for necessário a substituição de componentes ou partes com defeitos, a Vale irá contribuir com a aquisição, caso sejam localizados fornecedores e a custos viáveis, e realizar a doação à Sesa.  Após a manutenção os respiradores serão calibrados por empresas parceiras que atuam voluntariamente no projeto.

Leia mais:  Secretaria da Saúde divulga 41º boletim da Covid-19

Os respiradores restaurados voltarão à rede pública sem custo ao Estado, garantindo o atendimento aos cidadãos.

Parceria

O reitor da Universidade Federal do Espírito Santo, Paulo Vargas, reconhece o momento delicado em virtude da pandemia e a importância de juntar esforços para fazer o enfrentamento adequado. A Fapes apoia o projeto por meio de parceria com a Ufes, subsidiando a atuação dos voluntários da universidade. “A Universidade sente-se lisonjeada em fazer parte desse processo, dando essa contribuição no combate à Covid-19”, pontuou.

Para Mateus Freitas, diretor regional do Senai, a instituição tem muito a contribuir nesse momento. “Temos montado uma série de projetos na Federação da Indústria para minimizar o impacto dessa doença. Cada respirador salva de 10 a 20 pessoas, então vamos nos empenhar em regatar todos os equipamentos possíveis, pois estaremos salvando vidas.”

Fernando Dellacqua, representante da Vale, disse que a parceria busca superar as adversidades trazidas pelo novo Coronavírus. “Esse trabalho, a muitas mãos, garantirá o atendimento de quem mais precisa em um momento muito sensível. Não sabemos quando essa jornada irá acabar, mas estamos juntos para enfrentá-la.”

publicidade

Política e Governo

Twitter do governador Renato Casagrande é hackeado

Publicado

O perfil ganhou um novo nome: 1inh Network, e fez o primeiro tuíte na página por volta das 18h12

A conta da rede social Twitter, do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, foi hackeado na tarde desta quinta-feira (18). O perfil ganhou um novo nome: 1inch Network, e fez o primeiro tuíte na página por volta das 18h12. 

Por volta das 18h38, o perfil foi recuperado, já com a foto do chefe do Executivo estadual, e os tweets feitos pelos criminosos, apagados.

A reportagem acionou a assessoria do governador para saber se algo já havia feito a respeito da invasão ao seu perfil.

Por meio de nota, a assessoria do socialista se limitou a dizer: “tão logo percebemos que a conta foi hackeada, iniciamos o processo e recuperamos o acesso”.

Leia mais:  Secretaria da Saúde divulga 41º boletim da Covid-19
Continue lendo

Política e Governo

Pesquisa Ipec governo ES: Casagrande tem 52%; segundo lugar tem empate técnico

Publicado

Levantamento foi feito com 608 entrevistados face a face entre 14 e 16 de agosto e tem margem de erro de quatro pontos

Pesquisa Rede Gazeta/Ipec para as eleições para governo do Espírito Santo, divulgada na quarta-feira (17), traz o atual governador Renato Casagrande (PSB) à frente com 52%.

Na sequência, aparecem, empatados tecnicamente, Carlos Manato (PL) com 10%; Audifax Barcelos (Rede), 7%; e Guerino Zanon (PSD), 5%.

Capitão Vinicius Sousa (PSTU), com 2%, também está empatado tecnicamente com os candidatos na segunda posição. No caso de Manato, segundo mais citado, Sousa empata no limite da margem de erro, que é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Aridelmo Teixeira (Novo) e Cláudio Paiva (PRTB) têm 1% cada. Os que dizem que irão votar em branco ou anular somam 11%. A proporção dos que não sabem ou preferiram não responder é de 11%.

Foram entrevistadas 608 pessoas face a face entre os dias 14 e 16 de agosto. A margem de erro é de quatro pontos percentuais. O levantamento tem 95% de confiança. Ou seja, se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro desta margem.

Leia mais:  Prorrogada a suspensão do expediente presencial no MPES

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo ES-09385/2022.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para governador do Espírito Santo

  • Renato Casagrande (PSB) – 52%
  • Carlos Manato (PL) – 10%
  • Audifax Barcelos (Rede)- 7%
  • Guerino Zanon (PSD) – 5%
  • Capitão Vinicius Sousa (PSTU) – 2%
  • Aridelmo Teixeira (Novo) – 1%
  • Cláudio Paiva (PRTB) – 1%
  • Branco/Nulo – 11%
  • Não sabem/Não responderam – 11%

Senado

A Quaest também fez simulações para a disputa do Senado. O ex-senador Magno Malta (PL) lidera a disputa com 29%, seguido pela senadora Rose de Freitas (MDB), candidata à reeleição, com 22%.

Intenção de voto estimulada para senador pelo Espírito Santo

  • Magno Malta (PL) – 29%
  • Rose de Freitas (MDB) – 22%
  • Carone (Agir) – 5%
  • Erick Musso (Republicanos) – 4%
  • Gilberto Campos Coletiva (PSOL) – 2%
  • Nelson Junior (Avante) – 1%
  • Felipe Skiter (PSTU) – 1%
  • Branco/Nulo – 17%
  • Não sabe/Não respondeu – 18%

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana