conecte-se conosco


Política e Governo

Governo lança Planos de Ação para desenvolvimento sustentável das microrregiões capixabas

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, apresentou, nesta terça-feira (10), os Planos de Ação do Projeto Desenvolvimento Regional Sustentável do Espírito Santo (DRS-ES). O instrumento será utilizado para promover um crescimento mais equilibrado, de forma equitativa e integrada, nas microrregiões capixabas. O lançamento aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, com a presença de representantes dos Conselhos Regionais e de instituições parceiras do projeto.

“Construímos ações e propostas para cada microrregião. Essas diretrizes já nos orientam e vão seguir orientando o nosso trabalho em cada uma das dez microrregiões do Espírito Santo. Queremos um desenvolvimento regional de forma equilibrada. Não queremos uma ou outra microrregião avançando em detrimento de outra. Desejamos que todas as pessoas tenham prosperidade e oportunidades de viver na sua microrregião, com trabalho e desenvolvimento”, pontuou o governador.

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, parabenizou a presença feminina que esteve à frente do Projeto e destacou a importância dos Planos de Ação para pensar o desenvolvimento regional. “Os Planos entregues nesta terça-feira serão como uma bússola, um apontamento para o desenvolvimento sustentável e para a prosperidade da microrregião capixaba. Esta entrega só foi possível graças ao trabalho equilibrado da atual gestão”, declarou. 

O secretário de Estado do Governo, Álvaro Duboc, destacou que o Espírito Santo é o único Estado que tem uma visão detalhada dos desafios e oportunidades de cada município e de cada região. “Quando iniciamos a gestão, recebemos do governador a missão de elaborar os Planos de Desenvolvimento para cada uma das microrregiões do Espírito Santo. Agora, após três anos de pesquisa e trabalho, chegamos ao final com um brilhante resultado. Hoje demos mais um passo importante, entregando o que será uma poderosa cartilha para os governantes municipais se apropriarem. O DRS-ES é um verdadeiro marco do planejamento governamental do Estado”, ressaltou Duboc. 

O Projeto Desenvolvimento Regional Sustentável do Espírito Santo, o DRS-ES, teve início em 2019 e foi estruturado em dois eixos. O primeiro trata da formação dos Conselhos de Desenvolvimento Regional Sustentável (CDRS), que contam com representantes das diversas esferas do poder público e da sociedade civil das nove microrregiões participantes. Por meio das Câmaras Temáticas, os Conselhos definiram os temas prioritários, aprofundando os assuntos relevantes para cada microrregião. 

Leia mais:  Governo e Assembleia vetam projeto de Majeski que valoriza a vida

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Ricardo Pessanha, afirmou que o Governo do Espírito Santo tem se dedicado a promover um desenvolvimento regional descentralizado, integrado e sustentável. “O trabalho colocado em prática pelo Governo do Estado é pautado pelo diálogo aberto e, por isso, a formação dos Conselhos de Desenvolvimento Regional Sustentável foi importante para dar voz aos representantes da sociedade civil, instituições envolvidas, comunidade acadêmica e lideranças locais. Essa foi uma oportunidade para identificar desafios e as potencialidades de cada microrregião, a partir da participação de todos”, salientou.

 
O subsecretário de Estado de Integração e Desenvolvimento Regional, Paulo Menegueli, frisou que, durante os encontros dos integrantes dos Conselhos de Desenvolvimento Regionais Sustentáveis, foram colhidas informações relevantes que vão nortear o aperfeiçoamento das políticas públicas do Estado, para o crescimento das cidades de maneira equilibrada e assertiva. “A partir do diagnóstico, foi elaborado o Plano de Ação para cada microrregião do Estado, contendo projetos, metas e responsáveis, que vão permitir o desenvolvimento do Espírito Santo de forma integrada”, completou.

Pesquisa e inovação

O segundo eixo do Projeto DRS-ES está ligado ao Projeto de Pesquisa, composto pelo Diagnóstico e pela elaboração do Plano de Ação, numa parceria  entre o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes), com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

O diagnóstico contou com equipes de pesquisadores coordenadas por professores da Ufes e do Ifes. Foram feitos levantamentos, além de análises de dados e de informações técnicas que permitiram ampliar a compreensão sobre as necessidades de cada território e também descentralizar a produção do conhecimento em todo o Estado. 

Já o Plano de Ação é um instrumento que contém projetos e metas, além da indicação de seus respectivos responsáveis, para a promoção do desenvolvimento do Espírito Santo, de forma integrada e sustentável. O documento abrange ações nas áreas territorial, ambiental, social, econômica e de gestão pública para cada microrregião. Ao todo, foram 519 demandas recebidas, que passaram pelas etapas de análise e hierarquização, até chegar ao total de 45 ações priorizadas, escolhidas em votação pelos Conselhos Regionais.

Leia mais:  Consulta pública colhe sugestões para concessão do Selo Arte para cárneos

O diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves, Daniel Cerqueira, destacou a importância das parcerias institucionais da rede de pesquisa formada entre o Governo do Estado, Ufes e Ifes.

“Tudo o que este Governo faz, faz com princípios, transparência, democracia participativa, equidade e inovação. O DRS-ES é um projeto completamente inovador. Não conheço no Brasil outro projeto com essa magnitude. Um trabalho que envolveu mais de 150 pesquisadores e diversos atores do poder público e da sociedade civil. Parabenizo a todos os entes que contribuíram com essa iniciativa e com o trabalho que será realizado daqui para frente”, complementou Daniel Cerqueira. 

A coordenadora-geral do Projeto DRS-ES e diretora de Estudos e Pesquisas do Instituto Jones dos Santos Neves, Latussa Laranja, reforçou a importância do projeto para um desenvolvimento equilibrado em todo o território capixaba. 

“É importante frisar que o Plano de Ação do DRS-ES é um valioso instrumento de planejamento e gestão, que contém programas, ações, metas e responsáveis pela execução. Esse trabalho será monitorado pelos conselhos regionais, permitindo ainda estabelecer uma agenda contínua para a qualificação das discussões intersetoriais, com foco na sustentabilidade e na prosperidade para todo o Espírito Santo”, disse Latussa Laranja.

A diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), Cristina Engel, comentou que a Fapes cumpre um importante papel de fazer com que o conhecimento produzido na academia tenha um resultado que sirva a sociedade de uma forma mais imediata. “A Fundação auxiliou nesse processo para que fossem desenvolvidas as pesquisas específicas e cujo resultado, por meio do IJSN, culminasse na apresentação desse Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável, que resultará em inúmeras melhorias para o Espírito Santo. A nossa expectativa com esse lançamento é ótima”, destacou.

A previsão é de que, com a entrega dos Planos de Ação DRS-ES pelo Governo do Estado, seja possível estabelecer uma agenda contínua, monitorada pelos Conselhos Regionais, para a qualificação das discussões intersetoriais, com foco na sustentabilidade e na prosperidade para todo o Espírito Santo.

Para acessar os Planos de Ação do Projeto Desenvolvimento Regional Sustentável do Espírito Santo (DRS-ES) clique aqui.

publicidade

Política e Governo

Governador Renato Casagrande testa positivo para covid-19

Publicado

O chefe do Executivo estadual explicou que fez o teste após sentir alguns sintomas

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, testou positivo para a covid-19. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (4), através das redes sociais.

O chefe do Executivo estadual explicou que fez o teste após sentir alguns sintomas. Casagrande destacou ainda que está com o ciclo vacinal completo e vai manter as agendas de forma virtual.

“Após sentir alguns sintomas, testei e recebi o resultado positivo para COVID-19. Estou com o ciclo vacinal completo e seguirei todas as orientações médicas. Por isso, manterei minhas agendas e compromissos como governador de forma virtual.”

Leia mais:  Apresentação de Coral de internos com Banda da PM encanta no Palácio Anchieta
Continue lendo

Política e Governo

Governador entrega reforma de escola e anuncia novos investimentos na Serra

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, inaugurou, nesta sexta-feira (1º), a reforma da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Marinete de Souza Lira, no bairro Feu Rosa, na Serra. Ainda no município, o governador anunciou o repasse de recursos do Fundo Cidades para a realização das obras de macrodrenagem, reabilitação de vias e implantação do binário do bairro Jardim Limoeiro.

As intervenções na tradicional Escola Marinete de Souza Lira foram realizadas em todo bloco pedagógico, além da construção de uma quadra poliesportiva coberta. Com investimento de R$ 9,3 milhões, a reforma e a ampliação contemplaram 16 salas de aula, entre outros espaços educacionais, como salas e laboratórios, além da urbanização da área externa para criação de áreas de vivência para os estudantes. Serão beneficiados 1.430 alunos da unidade.

“Quem conheceu essa escola sabe que construímos um paraíso aqui em Feu Rosa. Falo para toda a comunidade escolar: não deixem de sonhar. Enquanto estivermos no governo, vamos trabalhar para que os sonhos de vocês se tornem realidade. Quando vemos uma escola como essa, ofertando educação de qualidade para todos, sabemos que os resultados estão sendo alcançados. Nosso Ensino Médio é o melhor do Brasil. Tenho alegria em investir na educação. Se tivermos continuidade das políticas públicas, ninguém segura esse Estado”, afirmou o governador.

Na ocasião, foram entregues ainda 40 chromebooks para dois dos laboratórios da unidade escolar. A iniciativa faz parte de uma ação entre a Secretaria da Educação (Sedu) e a Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), que contempla as escolas que ofertam a Educação de Jovens e Adultos (EJA) Profissional no âmbito dos territórios do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. Ao todo, serão entregues, nessas unidades escolares, 1.700 chromebooks, totalizando um investimento de R$ 3,85 milhões.

Leia mais:  Governador visita obras rodoviárias em Conceição da Barra e São Mateus

“O desenvolvimento econômico passa pelo chão de uma escola. Se a escola tiver um ensino forte, vamos ter um município e um Estado forte com emprego e desenvolvimento. A educação é a bandeira de todos, mas na hora de investir na área, não o fazem. Hoje vemos como a educação do nosso Estado e da Serra estão sendo fortalecidas. Se você andar nas escolas privadas deste Estado, não vai ver uma estrutura como esta que está sendo entregue aqui hoje. E foi na Serra, no bairro Feu Rosa, um dos bairros mais estigmatizados, que o governador escolheu para termos a melhor escola do Estado”, declarou o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal.

Mais investimentos

A agenda oficial incluiu o anúncio do repasse de recursos do Fundo Cidades para o Fundo Municipal de Investimentos da Serra. Os recursos serão destinados a execução das obras de macrodrenagem, reabilitação de vias e implantação do Binário de Jardim Limoeiro. Além do bairro, os moradores das regiões de Carapina e Laranjeiras devem ser beneficiados pelas obras. Outros R$ 500 mil serão aplicados na elaboração da carteira de projetos estruturantes.

Leia mais:  Governo lança Programa Estadual de Proteção de Dados e Privacidade

Toda a intervenção será feita na área que envolve as proximidades da Rodovia ES-010 e Avenida Norte-Sul, corredor de transporte coletivo que interconecta 59 bairros, com aproximadamente 224 mil habitantes.  Além de garantir a melhoria no tráfego de veículos, as intervenções vão garantir mais segurança para pedestres e ciclistas, com a implantação de ciclovias. Já as obras de macrodrenagem visam mitigar os problemas de alagamentos e inundações nos períodos de chuva intensa que afetam, em especial, a região de Jardim Limoeiro.

“É um motivo de alegria estar aqui em Jardim Limoeiro para anunciar um investimento significativo quanto este, ajudando o município a realizar uma ação importante para a mobilidade – não apenas para a Serra, mas para toda a Região Metropolitana. Estivemos ontem no Parque das Gaivotas e no início desta semana em Carapina, sempre com entregas. Isso é um sinal que queremos ver a Serra cada vez mais desenvolvida. Estamos fazendo a ampliação da Avenida Abido Saadi, os Contornos de Jacaraípe e Nova Almeida, além de obras em escolas, saúde, esporte e outras áreas. Trabalhar é nossa obrigação, mas o fazemos com muita alegria em poder fazer o bem para as pessoas”, pontuou o governador Renato Casagrande.

Também estiveram presentes a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; os secretários de Estado, Júnior Abreu (Esportes e Lazer) e Maria Emanuela Pedroso (Economia e Planejamento); os deputados estaduais Alexandre Xambinho, Bruno Lamas e Vandinho Leite; além de vereadores, moradores e lideranças da região.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana