conecte-se conosco


Segurança

Guarda Municipal de Vila Velha recebe mais de 3.500 denúncias de aglomerações em um mês

Publicado

Vila Velha – Depois de um mês da criação do Disque-Aglomeração para prevenir a disseminação da Covid-19, o canal já recebeu mais de 3.500 denúncias de locais com concentração de pessoas em um mesmo espaço no município. Os bares lideram o ranking com 34,5% denúncias, seguido das ruas com 20,5% e, em terceiro, vem as residências com 11,69%. Mais de 800 comércios já foram fiscalizados.

Para atender as demandas de aglomerações, a Guarda Municipal com apoio da Policia Militar, Corpo de Bombeiros, além de equipes da PMVV realizam diariamente operações de fiscalização em praças, orla, calçadão, ônibus, feiras livres, terminais de ônibus, entre outros locais públicos, além dos estabelecimentos comerciais não essenciais.

No último domingo (7), dia em que completou um mês das operações mais intensas de fiscalização, as equipes ao atenderem uma demanda do Disque-Aglomeração interromperam um jogo de futebol que estava sendo realizado no bairro de Jardim Marilândia, com aproximadamente 50 pessoas no local.

No período, a fiscalização já realizou mais de 800 abordagens a estabelecimentos comerciais. As denúncias podem ser feitas do Whatsapp do “Plantão Coronavírus” depois de adicionar e enviar um “oi” para o número 27 99802-5324. Em seguida, o robô virtual disponibiliza uma lista de serviços com os números de 1 a 9. Para o Disque-Aglomeração, a opção é o número 8. Todas as informações são enviadas em tempo real para a Guarda Municipal.

“Temos intensificado as nossas ações para fiscalizarmos ao máximo as aglomerações na cidade. Por isso, orientamos as pessoas para que acatem as recomendações das autoridades de saúde e permaneçam em suas casas para evitar a proliferação da doença”, destacou o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich Júnior.

A Guarda Municipal também está realizando periodicamente barreiras sanitárias nos limites do município, com a medição da temperatura corporal dos condutores e ocupantes dos veículos, para que diminua o fluxo de veículos nas principais vias da cidade.

Leia mais:  MPES deflagra Operação Bate-Estaca em Fundão
publicidade

Segurança

Mulher é flagrada aplicando injeção no marido que está na UTI de hospital do ES

Publicado

Ela confirmou aos policiais que fez a aplicação no marido e disse apenas que queria ‘acabar com o sofrimento do companheiro’

Uma mulher foi flagrada aplicando uma injeção, sem autorização, no marido que estava sedado em um hospital no bairro Tijuca, em Cachoeiro de Itapemirim. A psicóloga do local chegou no momento da ação e a polícia foi acionada. 

O homem estava inconsciente e respirava por aparelhos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando a mulher aproveitou o horário de visita para agir. 

Ela confirmou aos policiais que fez a aplicação no marido e disse apenas que queria ‘acabar com o sofrimento do companheiro’. 

De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi conduzida à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim. Ela foi ouvida e liberada após a autoridade policial entender que não havia elementos suficientes para prisão em flagrante. 

O caso seguirá sob investigação da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim.

Leia mais:  Polícia Militar realiza Operação Educativa Maio Amarelo em Vila Velha
Continue lendo

Segurança

Polícia prende seis pessoas e desarticula um dos grupos mais violentos do município da Serra

Publicado

Segundo a polícia, quatro dos detidos tem suspeita de envolvimento em um homicídio ocorrido na estrada de Queimados, na Serra

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra prendeu seis supeitos de integrarem uma associação criminosa responsável por vários homicídios no município e no interior do Estado.

De acordo com a polícia, as principais áreas de atuação do grupo são os bairros André Carloni e Carapina Grande, na Serra, e o município de Santa Maria de Jetibá. A prisão desses indivíduos desarticulou um dos grupos criminosos mais violentos do município da Serra.

Dos seis presos, quatro são suspeitos de estarem envolvidos no homicídio ocorrido no dia 22 de julho deste ano, na Estrada de Queimados, Serra. Na ocasião, um homem foi morto com vários disparos de arma de fogo. Segundo a polícia, a vítima foi levada até o local pelos suspeitos para ser assassinado.

Um homem que passava pela região viu o corpo do rapaz por volta das 4h da madrugada, mas somente às 6h da manhã a polícia foi acionada.

Os policiais acreditam que o rapaz tenha sido levado para o local por estar vestido com meia, mas sem o tênis. A perícia constatou pelo menos 15 perfurações em todo o corpo, sendo a maioria no tórax e na cabeça.

O grupo foi preso em diversas operações realizadas pela DHPP Serra, entre julho e setembro.

Mais informações sobre a prisão serão repassadas pela Polícia Civil nesta terça-feira.

Eles foram presos em diversas operações realizadas pela DHPP Serra, entre julho e setembro.

Leia mais:  Homem é agredido com garrafa na cabeça e golpes de facão após briga em bar
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana