conecte-se conosco


Política e Governo

Guerino Zanon consolida frente confortável em Linhares

Publicado

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon (MDB), construiu uma distância confortável na disputa eleitoral deste ano. É o que mostra a terceira e última pesquisa Rede Vitória/Futura no município. No levantamento que aponta os votos válidos, quando são descontados não sabe, não respondeu, indecisos, brancos e nulos, o prefeito tem 60% das intenções de voto. O adversário mais próximo é Lucas Scaramussa (DC) que aparece com 15%.

Ainda no levantamento que apresenta votos válidos, Eliana Dadalto (Podemos) aparece com 12,1%. Marcos Garcia (PV) tem 9,4%; Professor Igor Bellucio (Psol) tem 2,4%; e Professor Antonio de Freitas (PT) tem 1,2%.

Na pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos aos eleitores, o linharense também dá ampla vantagem para o atual prefeito. Guerino tem 51% das intenções de voto. Logo atrás estão Lucas Scaramussa, com 12,8% e Eliana Dadalto, com 10,3%.

Na sequência aparecem Marcos Garcia, com 8%; Professor Igor Bellucio, com 2%; e Professor Antônio de Freitas, com 1%. Não sabe, não respondeu, indeciso tem 9,3%. Ninguém, branco e nulo aparece com 5,8%.

No levantamento que aponta a intenção espontânea de voto, o que dá um termômetro sobre a decisão do eleitor em seu candidato, Guerino Zanon tem 50,5%. Lucas Scaramussa aparece com 9,8% e Eliana Dadalto tem 6,3%.

Leia mais:  Vídeo: Prefeito de Colatina é recebido por Bolsonaro

Na sequência, aparecem Marcos Garcia, com 4,5%; Professor Igor Bellucio, com 1%; e professor Antônio de Freitas, com 0,3%. Não sabe, não respondeu e indeciso tem 18,3%. Ninguém, branco e nulo fica com 9,5%.

Quando é analisada a rejeição aos concorrentes, a pergunta aos eleitores foi: “E em qual desses você não votaria em nenhuma hipótese?”. A esta pergunta cada entrevistado pode responder mais de um nome. Eliana Dadalto aparece em primeiro com 17,8% de rejeição. Em seguida vem Guerino Zanon com 16,8% e Professor Antonio de Freitas tem 16,3%.

Na sequência aparecem Marcos Garcia, com 13,8%; Professor Igor Bellucio, com 12,3%; e Lucas Scaramussa, com 9,3%. Rejeita todos aparece com 6,8%. Não rejeita nenhum tem 17,8% e não sabe, não respondeu tem 8,8%.

Na evolução das pesquisas de intenção estimulada de voto, da primeira rodada em 12 de outubro para agora, o primeiro colocado Guerino Zanon manteve uma frente confortável. Em outubro ele tinha 52,5% das intenções de voto agora tem 51%. Lucas Scaramussa foi de 9% para 12,8% e Eliana Dadalto passou de 7% para 10,3%.

Leia mais:  Freitas conclui audiências do Orçamento 2022 na Comissão de Finanças da Ales

Na evolução da pesquisa espontânea, os saltos foram maiores. Guerino passou de 40% em outubro para 50,5% agora. Lucas Scaramussa foi de 5,5% para 9,8% e Eliana Dadalto passou de 2,8% para 6,3%. Já na evolução da rejeição, a candidata do Podemos passou de 11,3% em 12 de outubro para 17,8% agora. O emedebista foi de 14,3% para 16,8% e o petista Professor Antonio de Freitas saltou de 10,5% para 16,3%.

É importante lembrar que foram realizadas três pesquisas, no entanto, por determinação da Justiça a pedido de um candidato, os resultados da segunda, divulgada no dia 3 de novembro, foram retirados das plataformas da Rede Vitória.

Quando questionado sobre quem vai ganhar a eleição, independente de quem levará o seu voto, o eleitor mais uma vez cita o atual prefeito. Guerino Zanon aparece com impressionantes 77%. Em seguida vêm Marcos Garcia, com 4,5%; Lucas Scaramussa, com 3,8%; Eliana Dadalto, com 3,8%; Professor Igor Bellucio, com 0,3%; e Professor Antonio de Freitas, com 0,3%. Não sabe, não respondeu tem 10%.

publicidade

Política e Governo

Fundo de investimento capixaba de R$ 250 milhões com recursos do petróleo é destaque no cenário nacional

Publicado

O Fundo de Investimento em Participação (FIP), vinculado ao Fundo Soberano do Espírito Santo (Funses), denominado FIP Funses1, foi destaque em matéria nacional da Revista Exame. A reportagem aborda o trabalho da TM3 Capital, empresa selecionada pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), por meio de chamada pública, para atuar como gestora do FIP Funses 1, fundo na modalidade venture capital multiestratégia.

A gestora que tem escritórios em Curitiba, São Paulo e Florianópolis, abriu recentemente um espaço em Vitória para atender empresas de base tecnologia e startups do ecossistema capixaba de inovação, além de atuar na busca de empresas de outros locais do país interessadas em investir no Espírito Santo.

Na reportagem, o grande destaque atribuído para atuação da empresa na modalidade de venture capital no País veio em 2021, quando ganhou a licitação para administrar os R$ 250 milhões, recursos que serão investidos pelo Governo do Espírito Santo, por meio do Bandes.

O FIP Funses1 tem recursos oriundos da exploração de petróleo e gás natural. A ideia é que esta vinculação possibilite maior competividade do parque industrial, desenvolvimento de empresas de base tecnológica, a consolidação de cadeias produtivas de diferentes segmentos, entre outras oportunidades para o Espírito Santo.

Leia mais:  ALES: PL garante alimento a estudantes nas férias

Com foco em empresas com base tecnológica e com intuito de impulsionar empreendimentos em estágio inicial, em até 05 anos, o FIP Funses 01 pretende acelerar até 500 negócios e investir em 100 empresas por todos os estágios da jornada de desenvolvimento. Com uma tese multiestratégia, terão preferência os setores de: Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC); Nanotecnologia; Varejo e Comércio Eletrônico; Economia Criativa, Serviços Financeiros; Economia Digital; Educação; Saúde e Ciências da Vida; Energias Renováveis; Químico e Materiais; Meio Ambiente; Agronegócio; Metalmecânico; Transporte; Logística; Rochas Ornamentais; Economia do Turismo e Lazer; Madeira e Móveis; e Confecção Têxtil e Calcados.

Acesse o texto completo da Exame pelo link.

Continue lendo

Política e Governo

Sectides realiza Encontro de Formação para Gestores Municipais

Publicado

A Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides) realizou, nesta quarta-feira (25), o Encontro de Formação para Gestores Municipais, no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Espírito Santo (Sebrae-ES), em Colatina. Gestores de oito municípios participaram da programação, que teve como tema central a prospecção de investimentos para o Estado. A iniciativa faz parte do Projeto Atração Ativa de Investimentos para os municípios e conta com a parceria da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes) e apoio do Sebrae-ES.

Representantes das cidades de Aracruz, Ibiraçu, João Neiva, Colatina, Marilândia, Pancas, São Domingos do Norte e São Gabriel da Palha participaram do evento. A prospecção ativa de novos negócios e projetos para o Espírito Santo é uma das premissas do Governo do Estado, que, por meio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento, estabeleceu uma metodologia de atração ativa de investimentos e novos projetos para o Estado, visando à geração de emprego e renda para toda a população capixaba.

Durante a programação do Encontro de Formação, os representantes da Sectides apresentaram o método de prospecção ativa de atração de investimentos e a evolução do modelo para alcançar os resultados esperados, além dos incentivos fiscais estaduais e os programas desenvolvidos na Secretaria. Em seguida, houve uma apresentação sobre os Indicadores do Ambiente de Negócios (IAN) dos municípios confirmados. Já os representantes dos municípios fizeram uma dinâmica do “Pitch de Vendas”, destacando a vocação dos municípios aos participantes. Por último, foi feita a prospecção na prática.

Leia mais:  Governo do Estado homenageia vencedores do ‘Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação 2019’

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Ricardo Pessanha, salientou que o Projeto Atração Ativa de Investimentos para os municípios é uma iniciativa pioneira do Governo e está em vigor desde 2021. “Nosso intuito é compartilhar o conhecimento que temos e disponibilizar o método que utilizamos. Com isso, queremos ampliar o potencial de atração e fazer com que o Estado, que é receptivo às empresas, seja mais cobiçado por elas. Temos incentivos fiscais, estabilidade econômica, mão de obra qualificada, nota A no Tesouro Nacional e excelente ambiente de negócios. Enfim, ótimos indicadores para o mercado”, complementou Pessanha.

A subsecretária de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Christiane Vargas, ressaltou que a formação de novos gestores busca promover a articulação de ações estratégicas para atrair e estimular o desenvolvimento econômico, além de garantir um ambiente de negócios propício ao fomento e manutenção dos investimentos”, disse.

De acordo com a subsecretária de Estado de Competitividade, Rachel Freixo, o curso possibilita uma troca de experiências enriquecedora entre o Executivo Estadual e os municípios. “O crescimento sustentável e democrático é fundamental para construirmos políticas públicas eficazes e inovadoras, gerando, consequentemente, uma ambiência de negócio saudável, além de criar oportunidades para a atração de novos investimentos e a consolidação do crescimento dos empreendimentos existentes. Estado próspero é quando todos os municípios são prósperos!”, pontuou Rachel Freixo.

Leia mais:  ALES: PL garante alimento a estudantes nas férias

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana