conecte-se conosco


Entretenimento

Gusttavo Lima fatura milhões de reais em quase um ano de pandemia

Publicado

Sertanejo, que é dono de um patrimônio de tirar o fôlego, recebeu uma fortuna com lives, empreendimentos e outros acordos comerciais

Um levantamento realizado pelo Data SIM apontou que no início da quarentena no Brasil, entre os dias 17 e 23 de março, o cancelamento de shows e espetáculos provocou um impacto de R$ 483 milhões no mercado da música. Quase um ano depois, as apresentações permanecem suspensas na maior parte do país e a indústria ainda calcula as consequências das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

A crise, no entanto, parece ter passado bem longe do cantor Gusttavo Lima. O sertanejo, que é dono de um patrimônio de tirar o fôlego, faturou milhões de reais com lives, empreendimentos e outros acordos comerciais. Com isso, certamente, o músico ocupa o topo da lista entre os que mais ganharam dinheiro no período.

Segundo a colunista Keila Jimenez, do R7estima-se que o sertanejo recebeu cerca de R$ 5 milhões só com a apresentação na versão online da Festa do Peão de Barretos, em agosto do ano passado.

Segundo a colunista Keila Jimenez, do R7, estima-se que o sertanejo recebeu cerca de R$ 5 milhões só com a apresentação na versão online da Festa do Peão de Barretos, em agosto do ano passado

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a tradicional Festa do Peão — assim como outros setores econômicos — precisou se adaptar e usar da criatividade para a realização da edição de 2020.

Ao todo, Gusttavo Lima teria faturado cerca de R$ 10 milhões com as lives no YouTube. As cotas de patrocínio do cantor, de acordo com estimativas do mercado, podem variar de R$ 400 mil a R$ 1 milhão.

O cantor teria faturado uma bolada com as execuções de suas músicas nas plataformas de streaming. No geral, só com o single A Gente Faz Amor, o valor teria chegado a R$ 707 mil

No ano passado, o sertanejo bateu recordes em rádios e streaming. Tudo em plena pandemia e com a agenda de shows suspensa.

O cantor teria faturado uma bolada com as execuções de suas músicas nas plataformas de streaming. No geral, só com o single A Gente Faz Amor, o valor teria chegado a R$ 707 mil.

Vale explicar como os artistas são remunerados pelas plataformas. No Apple Music, por exemplo, a cada 1.000 reproduções são repassados R$ 0,053. Pode parecer baixo, mas, no entanto, considerando os acordos com as gravadores, as participações podem chegar a 60% e a valores estratosféricos.

 

Leia mais:  'Foi uma relação baseada em muito amor', diz suposto namorado de Gugu

publicidade

Entretenimento

‘No Limite’ volta e participantes serão ex-BBBs

Publicado

Está confirmado! O No Limite volta em breve na Globo e já temos um spoiler garantido: os participantes serão ex-BBBs. Quem será que vem por aí? Vale lembrar que o reality é de resistência e une a força física com a emocional.

O programa completou 20 anos em 2020. O primeiro reality show do Brasil conquistou o público e marcou época ao mostrar como 12 participantes conviviam, competiam e buscavam a sobrevivência em condições adversas na fictícia Praia dos Anjos, no Ceará, durante 23 dias.

O formato inovador, que se tornou uma tendência, misturou pessoas anônimas, de diferentes idades, partes do país e profissões, que só se conheceram e tiveram a noção de como seria o programa quando chegaram ao local da aventura. E, sem titubear, todos eles se jogaram no desafio.

Andrea, Elaine, Hilca, Pipa, Thiago, Vanderson: confira por onde os participantes do primeiro 'No Limite' andam — Foto: Arquivo pessoal

Andrea, Elaine, Hilca, Pipa, Thiago e Vanderson, participantes do primeiro ‘No Limite’, exibido em 2000 pela Globo.

Uma experiência incrível e inesperada que marcou para sempre a vida dos participantes. Boa parte deles, inclusive, continua amigos e mantém o contato por um grupo de mensagens.

Leia mais:  Apresentador Rodrigo Rodrigues morre vítima da covid-19 no Rio
Continue lendo

Entretenimento

Famosos compartilham mensagens e pedem o não cancelamento de Karol Conká fora do BBB21

Publicado

Neymar, Cleo, Ludmilla entre outras estrelas, fãs do reality, pediram mais empatia com a artista curitibana

Quarta eliminada com 99,17% dos votos no BBB21, Karol Conká bateu recorde de rejeição, mas ganhou apoio de famosos, fãs do reality que acompanharam sua participação no game. Apesar de muitos frisarem que não concordaram com o tipo de jogo da rapper, eles foram unânimes ao pedirem empatia e respeito pela artista fora do jogo.

Estrelas como Neymar, Ludmilla e Cleo – irmã de Fiuk – postaram mensagens pedindo o não cancelamento da cantora curitibana, de 35 anos. Confira 👇

Neymar — Foto: Reprodução/Twitter

Lucas Penteado — Foto: Reprodução/Twitter

Cleo — Foto: Reprodução/Twitter

Rainer Cadete — Foto: Reprodução/Twitter

Ludmilla — Foto: Reprodução/Twitter

Deborah Secco — Foto: Reprodução/Twitter

Marília Mendonça — Foto: Reprodução/Twitter

João Vicente de Castro — Foto: Reprodução/Twitter

Flay — Foto: Reprodução/Twitter

Cantora Mel — Foto: Reprodução/Twitter

Leia mais:  Ex de MC Rebecca tira sarro dela em vídeo e web detona: "Nojo desse homem"
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana