conecte-se conosco


Internacional

Homem contrai infecção mortal e gangrena após lambida de cachorro

Publicado

Estudo científico revelou que alemão saudável foi infectado com Capnocytophaga canimorsus, uma bactéria comum em caninos

A infecção foi causada pela bactéria Capnocytophaga canimorsus, comum na saliva dos cachorros e que normalmente não causa nenhuma doença, nem em cachorros ou humanosUma lambida de cachorro foi responsabilizada por uma infecção generalizada, seguida de morte, de um alemão saudável. O caso deixou até médicos um pouco assustados, uma vez que foi considerado “excepcionalmente raro, como descrito num estudo do European Journal of Case Reports in Internal Medicine.

A infecção foi causada pela bactéria Capnocytophaga canimorsus, comum na saliva dos cachorros e que normalmente não causa nenhuma doença, nem em cachorros ou humanos.

Mas o homem não teve a mesma sorte. Ele começou a sentir dificuldades para respirar e logo depois o rosto estava cheio de manchas vermelhas.

Após três dias do sintoma, ele foi para um hospital e não mais saiu.

Foram 16 dias de tratamento intensivo, onde ele teve febre alta, sintomas de pneumonia e gangrenas.

Segundo um estudo recente publicado no site UpToDate, somente uma em cada 1,5 milhão de pessoas pode ter problemas similares, e em cerca de 30% dos casos a infecção é fatal

Segundo um estudo recente publicado no site UpToDate, somente uma em cada 1,5 milhão de pessoas pode ter problemas similares, e em cerca de 30% dos casos a infecção é fatal.

O caso do alemão foi ainda mais estranho por ele nem ter uma ferida aberta e nem qualquer problema imunológico. Mas os autores do estudo afirmam que os donos de animais não devem ficar com medo de saliva de cachorro.

“Os donos de animais com sintomas semelhantes aos da gripe devem procurar atendimento médico com urgência quando seus sintomas excederem os de uma infecção viral simples”, aconselhou Naomi Mader, que chefiou a equipe que fez o estudo.

Leia mais:  EUA: Variante do Reino Unido deve dominar casos a partir de março
publicidade

Internacional

Motorista acende cigarro após passar álcool em gel nas mãos e incendeia carro

Publicado

De acordo com publicação, o condutor sofreu queimaduras de 1º e 2º grau nas mãos e na parte interna das coxas. Ele foi hospitalizado e passa bem

Um motorista da pequena cidade de Rockville, em Maryland, nos Estados Unidos levou um susto ao higienizar as mãos dentro de seu carro. É que depois de passar álcool em gel nas mãos, o condutor decidiu acender um cigarro e acabou botando fogo no próprio carro.

O momento foi registrado por um helicópitero de uma emissora de TV que passava pelo local no exato momento. As imagens compartilhadas pelo NYPost, mostram os bombeiros correndo para apagar o fogo que se alastrou por todo o carro.

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

“Usar desinfetante para as mãos e fumar um cigarro é uma combinação ruim em áreas sem ventilação, como um carro”, disse um funcionário do Serviço de Bombeiros e Resgate do Condado de Montgomery em entrevista. 

De acordo com a publicação, o motorista que não foi identificado estava fumando um cigarro e então começou a usar o álcool em gel, que pegou fogo e incendiou todo o carro como uma espécie de coquetel molotov.

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

O homem foi levado para o hospital, onde foi tratado por pequenas queimaduras e outros ferimentos sem risco de vida. O veículo, por outro lado, foi incendiado além do reparo. “O paciente sofreu queimaduras de 1º e 2º grau nas mãos e na parte interna das coxas e foi transportado para o hospital. Ele passa bem”, informava um tweet do corpo de bombeiros.

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Leia mais:  Homem é detido após atirar contra Embaixada de Cuba em Washington
Continue lendo

Internacional

“Chuva de ratos” intriga internautas e imagens viralizam na web; assista!

Publicado

A jornalista informou que os fazendeiros vivem um problema com os ratos, que entram em silos que armazenam grãos e se alimentam dele, causando prejuízos

Um flagrante divulgado nesta semana pela jornalista Lucy Thackray, mostra centenas de ratos sendo despejados por um cano de um silo de uma fazenda na Austrália, dando a impressão de uma “chuva de roedores”. 

A jornalista informou que os fazendeiros vivem um problema com os ratos, que entram em silos que armazenam grãos e se alimentam dele, causando prejuízos.

As imagens viralizaram nas redes sociais. 

Assista abaixo: 

Leia mais:  Trump x Biden: quando saberemos o resultado das eleições nos EUA?
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana