conecte-se conosco


Segurança

Homem é detido pela PM com arma de fogo em Nova Venécia

Publicado

Na tarde desta sexta-feira (27), em Nova Venécia, militares do 2º Batalhão detiveram um jovem de 18 anos. Com ele foi encontrado um revólver calibre .32, municiado com seis munições.

Durante patrulhamento pelo bairro Rúbia, militares da Força Tática visualizaram um indivíduo suspeito, que ao perceber a viatura apresentou nervosismo e mudou de direção entrando em uma barbearia, mas foi alcançado e abordado pelos policiais. Após a busca pessoal foi encontrada a arma de fogo, munições, além de R$ 90,00.

O suspeito foi encaminhado com os materiais apreendidos à Delegacia de Polícia Civil.

Leia mais:  Homem agride seguranças de hospital por não permitirem a entrada de mais acompanhantes
publicidade

Segurança

Policial militar é preso suspeito de matar a esposa na frente da filha em Vitória

Publicado

Em nota, a Polícia Civil informou que o militar foi conduzido ao Plantão Especializado da Mulher e autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil

Um policial militar foi preso em flagrante suspeito de matar a esposa, de 49 anos, após uma briga na noite de domingo (11), no bairro Jardim da Penha, em Vitória. O crime aconteceu dentro do apartamento do casal e na frente da filha deles,  de 11 anos. 

Vizinhos contaram que ouviram gritos de socorro e, logo em seguida, houve um disparo de arma de fogo. Após isso, segundo eles, a filha do casal correu pelas escadas, pedindo ajuda para socorrer a mãe. 

Assim que a Polícia Militar chegou ao local do crime, constatou que a mulher havia sido assassinada com um tiro no rosto e já estava sem vida. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o militar foi conduzido ao Plantão Especializado da Mulher (PEM) e autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e em razão de ser praticado contra mulher em contexto de violência doméstica e familiar, majorado por ter sido praticado na presença da filha da vítima. 

Ele ficará preso no presídio da Polícia Militar, em Maruípe.

Leia mais:  Operação Estado Presente resulta em sete prisões no sul do Estado
Continue lendo

Segurança

Três pessoas são detidas após denúncia de aglomeração e som alto

Publicado

Durante a confusão, o dono da caixa de som tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial

Três pessoas foram detidas após uma confusão no bairro Nova Carapina 1, na Serra. A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de aglomeração e som alto na região, e assim que chegou ao local, a equipe se deparou com cerca de 20 pessoas ouvindo música em uma rua.  

Uma delas, segundo a polícia, se apresentou como dono de uma caixa de som que estava sendo usada, se exaltou e desobedeceu a ordem de desligar o aparelho. Após o ocorrido, o grupo foi para uma casa e o som, novamente, foi ligado. Desacatando os policiais, o dono do aparelho teria dito ainda que dentro da residência ninguém desligaria o som. 

A polícia deu voz de prisão e exigiu que o homem saísse da residência. Diante disso, segundo a PM, o homem pediu que os moradores agredissem os policiais para evitar a prisão. Durante a confusão, o dono da caixa de som ainda tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial.

Assim que os policiais entraram na casa, dois homens tentaram jogar copos de vidro em direção à eles, além do dono da casa também ter jogado uma garrafa de vinho contra a equipe. Os policiais então fizeram disparos de arma não letal, mas o suspeito não se rendeu e pegou até um facão. 

Depois de tanta confusão, a polícia conseguiu conter o homem, que precisou ser levado para hospital por conta de ferimentos. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional da Serra. Duas pessoas que se envolveram na briga também acabaram detidas. 

A Polícia Civil informou que o conduzido de 37 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de resistência e desacato, pagou fiança estipulada pela autoridade policial e vai responder em liberdade. Os outros dois foram autuados por resistência, assinaram Termo Circunstanciado e vão responder em liberdade.

Leia mais:  Funcionários de loja são feitos reféns durante assalto no Centro de Vitória
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana