conecte-se conosco


Medicina e Saúde

Homem passa por cirurgia no coração após pipoca grudar em seu dente

Publicado

Britânico cutucou a gengiva com diversos objetos para tentar retirar o alimento, o que acabou resultando em uma grave infecção bacteriana

Ver um bom filme e comer pipoca é uma delícia, né? O problema é que, às vezes, uma casquinha de milho gruda no dente — e isso pode ser super irritante. Embora a chateação possa ser resolvida com a dupla fio dental e escovação, o britânico Adam Martin decidiu enfrentar o problema de outra forma.

Como contou ao jornal Cornwall Live, ele ficou tão incomodado com a situação que optou por cutucar sua gengiva com diversos objetos inusitados, como uma tampa de caneta, um pedaço de arame e até um prego. A tática deu certo: Martin conseguiu remover a pipoca do seu dente, mas o feito lhe causou uma dor terrível.

O britânico ignorou os sintomas e não foi ao dentista Semanas depois, ele apresentou sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo suor noturno, fadiga e dor de cabeça. Ao ser examinado, OS médicos concluíram que ele tinha um sopro no coração. O motivo? Uma infecção bacteriana conhecida como endocardite.

A endocardite ocorre quando bactérias entram na corrente sanguínea e acabam sendo transportadas até o coração do hospedeiro. E foi justamente assim que as bactérias se infiltraram no corpo de Martin, pois suas cutucadas na gengiva resultaram em pequenos sangramentos bucais.

“Os médicos me disseram que, se eu não tivesse ido ao pronto-socorro, poderia ter morrido em três dias”, contou o paciente, em entrevista. Ele contou que a maioria das pessoas morre quando o quadro está no nível 350 em uma escala de infecção — e o dele estava em 340. “A infecção havia destruído minhas válvulas cardíacas completamente”, relata.

Ele também desenvolveu uma bolha de sangue no dedo do pé, diagnosticada com uma lesão de Janeway, outra indicação de endocardite infecciosa. Ele também sentiu dores musculares na perna, o que acabou sendo diagnosticado como um coágulo infectado na artéria femoral.

Os médicos tentaram tratar Martin com medicamentos, mas a infecção já estava muito avançada e não foi o suficiente para resolver o caso. O britânico, que trabalha como bombeiro, passou por uma cirurgia de coração aberto que durou sete horas para substituir suas válvulas danificadas. Depois, outro procedimento foi realizado para que os médicos tratassem o coágulo em sua perna.

Sua esposa, Helen Martin, compartilhou a história no Facebook para alertar as pessoas sobre infecções do tipo. “Sua gengiva é uma entrada para bactérias no seu coração”, escreveu Helen Martin. “A qualquer sinal de dor de dente, sangramento ou abscesso, vá a um dentista!”

Felizmente o bombeiro passa bem, mas ele se arrepende de ter ignorado o problema logo no início. “Eu deveria ter ido ao dentista em primeiro lugar. Não quero que ninguém passe pelo que passei”, relatou Martin. “Tudo aconteceu tão rápido e foi sinistro. Não vou chegar perto de pipoca de novo, com certeza.”

Leia mais:  Espírito Santo pode ter 250 mortes por covid-19 na próxima semana
publicidade

Medicina e Saúde

Desidratação é mais grave na terceira idade; saiba os riscos

Publicado

Percepção da sede é diminuída entre idosos; hidratação pode evitar infecções do trato urinário e diminuir chance de câncer 

Podemos sobreviver por vários dias sem comer, mas não sem beber, pois a água é essencial para muitos processos fisiológicos. Por isso, beber bastante água é essencial para qualquer pessoa, mas principalmente para os idosos, já que para eles as consequências da desidratação são mais graves.

Para que o corpo seja saudável é preciso mantê-lo bem hidratado. A água é essencial para a digestão, absorção e metabolismo dos nutrientes, bem como para a manutenção do sistema circulatório, transporte de nutrientes, eliminação de substâncias residuais e regulação da temperatura corporal.

Nesse sentido, a Sociedade Espanhola de Endocrinologia e Nutrição (SEEN) lembra que beber líquidos e se hidratar melhora a função digestiva e previne a constipação; diminui o risco de infecções do trato urinário e cálculos, além de poder ajudar a diminuir o risco de câncer colorretal e de bexiga.

A água em nosso corpo depende da idade. Com o passar dos anos, a quantidade de gordura no corpo aumenta e a porcentagem de massa muscular diminui e, paralelamente, a proporção de água

A água em nosso corpo depende da idade. Com o passar dos anos, a quantidade de gordura no corpo aumenta e a porcentagem de massa muscular diminui e, paralelamente, a proporção de água.

Os especialistas da Sociedade Espanhola de Geriatria e Gerontologia enfatizam que os idosos devem ser estimulados a beber água, mesmo que não tenham vontade, pois a percepção da sede é diminuída para eles. A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos indica que a ingestão adequada de água para adultos, incluindo idosos, seria de cerca de 2 litros por dia para mulheres e 2,5 litros para homens

Os especialistas da Sociedade Espanhola de Geriatria e Gerontologia enfatizam que os idosos devem ser estimulados a beber água, mesmo que não tenham vontade, pois a percepção da sede é diminuída para eles. A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos indica que a ingestão adequada de água para adultos, incluindo idosos, seria de cerca de 2 litros por dia para mulheres e 2,5 litros para homens.

 

Leia mais:  Mais de 1,6 milhão de pessoas estão curadas da covid-19 no mundo

Continue lendo

Medicina e Saúde

Limonada com alho e açafrão: Aumenta a imunidade e previne doenças Share

Publicado

Diariamente estamos expostos a todo e qualquer tipo de doença.

Porém, quando o nosso organismo não está fortalecido, ficamos ainda mais vulneráveis.

Por isso, é essencial dar um “up” ao nosso sistema imunológico, afinal, ele é a linha de defesa do nosso corpo contra vírus, bactérias, fungos e outras ameaças.

Para evitar esse quadro, alguns alimentos naturais auxiliam as defesas do corpo.

Temos como exemplo o alho, o açafrão e o limão, que, quando combinados, formam uma limonada que aumenta a nossa imunidade.

Benefícios do alho

O alho contém propriedades antivirais, bactericidas, antibióticas, antissépticas, vitaminas A, B, C e E.

Por isso, fortalece o sistema imunológico e eleva os sistemas de defesa do corpo, auxiliando no combate e prevenção de gripes e resfriados.

Segundo estudo da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, o alho tem componentes que fazem dele um excelente antibiótico e antiviral.

O alho também é rico em ferro, enxofre, selênio, iodo e zinco, minerais que ajudam o nosso organismo a se manter livre de agentes infecciosos.

Além disso, ajuda a bloquear a atividade das enzimas proteases de cisteína e desidrogenases de álcool.

Estas duas enzimas estão envolvidas no metabolismo de parasitas amebianos, vírus, fungos e bactérias.

Benefícios do açafrão

O açafrão tem ação antioxidante, anti-inflamatória, antiviral, bactericida e antifúngica.

Além disso, contém vitaminas C, E e K, além de minerais como cálcio, cobre, ferro, sódio, potássio, magnésio e zinco.

Todos esses nutrientes, aliados às atividades antioxidantes, ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Com isso, o organismo aumenta as suas defesas contra vírus, bactérias e infecções.

Benefícios do limão

O limão é rico em vitamina C, nutriente que atua diretamente nas células de defesa, protegendo-as dos danos causados pelos radicais livres.

Desse modo, aumenta a produção de glóbulos brancos, que são responsáveis por combater microrganismos.

Além do mais, possui minerais como ferro, cálcio, fósforo, potássio e magnésio, que contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico.

Limonada com alho e açafrão

Essa limonada ajuda a aumentar a imunidade, diminui as chances de ficarmos doentes e acelera a recuperação.

Ingredientes:

  • 3 dentes de alho
  • 1 colher (chá) de açafrão/cúrcuma em pó
  • 2 limões
  • 150 ml de água quente

Modo de preparo e consumo:

Descasque o alho, coloque no liquidificador ou mixer, adicione o suco dos limões, a cúrcuma e bata bem.

Adicione a água quente, misture bem e tome logo após o preparo três vezes ao dia, da seguinte maneira:

Pela manhã, em jejum – 30 minutos antes do café da manhã;

Ao meio-dia, 30 minutos antes do almoço;

À noite, meia hora antes de deitar.

Leia mais:  Covid-19: Este sintoma diminui a libido e vontade de ter relações
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana