conecte-se conosco


Segurança

Homem que mantinha laboratório de drogas é preso e diz que traficava porque perdeu emprego

Publicado

A polícia aprendeu, além da plantação, tabletes de maconha, haxixe e muito material para o cultivo

Um laboratório de maconha foi encontrado em uma casa, localizada em Guarapari. Além da estufa, os policiais encontram uma plantação no quintal da residência. Para a polícia, o suspeito disse que passou a traficar depois de perder o emprego de garçom.

O local possuia uma estrutura bem equipada, com uma boa iluminação e ventilação. Dentro da estufa, dois pés de maconha que eram cultivados. O homem demonstrou conhecimento com o cultivo e tinha o cuidado até com a qualidade da água, que tinha o PH medido por meio aparelhos.

O suspeito mostrou ainda uma máquina que, segundo a polícia, foi recém comprada. Ela serve para extrair o óleo da maconha. No quintal da residência, os policiais encontraram muitos pés de maconha.

Para o delegado, o homem de 32 anos afirmou que há dois anos perdeu o emprego como garçom e passou a traficar. Mas o cultivo da maconha é recente. O suspeito disse alugou a casa para morar e plantar a droga.

Os investigadores chegaram até o suspeito por meio de uma denúncia anônima. Ele estava saindo de casa para fazer uma entrega. De acordo com o delegado, a droga era vendida via delivery. Uma tática adotada por traficantes para tentar despistar a polícia.

Durante o depoimento, o suspeito teria ainda defendido sobre a importância do uso da maconha. A polícia aprendeu, além da plantação, tabletes de maconha, haxixe e muito material para o cultivo.

Leia mais:  Governo do Estado apresenta Painel Crimes Contra o Patrimônio
publicidade

Segurança

Suspeito de homicídio na Bahia é preso enquanto trabalhava no Aeroporto de Vitória

Publicado

O homem responde pelo crime de homicídio qualificado na cidade de Teixeira de Freitas

A Polícia Federal prendeu, na noite de sexta-feira (22), um foragido da Justiça da Bahia que estava trabalhando em obras na área do Aeroporto de Vitória.

O homem responde pelo crime de homicídio qualificado na cidade de Teixeira de Freitas. Por conta disso, havia um mandado de prisão preventiva decretado contra ele. 

A Polícia Federal informou que faz verificações de antecedentes criminais das pessoas que atuam nas áreas controladas do aeroporto da capital capixaba.

O foragido havia sido contratado dois dias antes. Ele não resistiu à ordem de prisão dos policiais e disse: “Vocês me acharam, né?”. 

Se condenado pelo Tribunal do Júri, o homem pode receber uma pena de até 30 anos.

A equipe de reportagem entrou em contato com a Zurich Airport Brasil, que administra o Aeroporto de Vitória, para saber como aconteceu a contratação do suspeito, mas ainda não obteve retorno. 

O posicionamento será acrescentado assim que for enviado. 

Leia mais:  Homem morre após cair de tirolesa no Morro do Moreno
Continue lendo

Segurança

Ação da Sefaz apreende 23 pneus de caminhão vendidos sem nota fiscal

Publicado

Uma ação dos auditores fiscais da Secretaria da Fazenda (Sefaz) apreendeu 23 pneus de caminhão que estavam sendo vendidos sem nota fiscal. Os produtos apreendidos foram avaliados em R$ 40 mil e foram recolhidos de lojas nos municípios de Serra, Cariacica, Aracruz e Linhares.

“Existe a suspeita de que as irregularidades nessas lojas estejam acontecendo desde o ano passado. Agora iniciaremos uma auditoria para avaliar todo o estoque das empresas, o que pode aumentar a quantidade de irregularidades encontradas e, consequentemente, o valor das autuações”, disse o auditor fiscal da Receita Estadual, Huesley Anderson Campos.

A ação aconteceu na última terça-feira (19). Após as apreensões, as empresas serão autuadas pelas mercadorias encontradas sem documento fiscal e demais inconsistências que porventura sejam identificadas

Leia mais:  Homem morre após cair de tirolesa no Morro do Moreno
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana