conecte-se conosco


São Mateus

Hospital Roberto Silvares de São Mateus se torna referência em atendimento de casos suspeitos de Coronavírus

Publicado

A unidade está entre as seis referências hospitalares do estado em atendimento de casos suspeitos de infecção por Covid-19

O Hospital Estadual Roberto Silvares, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, está apto para atender pacientes com suspeita de coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nessa terça-feira (3).

A unidade, agora, está entre as seis referências hospitalares do estado em atendimento de casos suspeitos de infecção por Covid-19. Além do Roberto Silvares e do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, que já atendia esse tipo de paciente, outros quatro aqui do estado entraram na lista.

Ou seja, já são seis hospitais referência em pacientes com esse perfil. De acordo com a Sesa, Hospital Estadual Jayme Santos Neves (HEJSN), na Serra; Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG), em Vitória; Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares (HRAS), em São Mateus; e Hospital Estadual Silvio Avidos (HESA), em Colatina. Além da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim (SCCI) e Infantil de Cachoeiro de Itapemirim, que são filantrópicos.

Antes, apenas o Hospital Dr. Jayme Santos Neves atendia esse tipo de caso. Mas o Ministério da Saúde solicitou à Sesa para que identificasse outras unidades regionais aptas a esse atendimento, como explica o coordenador do Centro de Operações Estratégicas (COE), Luiz Carlos Reblin.

 “O Ministério da Saúde analisou o nosso plano e nos pediu que identificássemos outras unidades. Fizemos esse trabalho junto aos superintendentes regionais de Saúde, que contataram os hospitais. Entretanto, a solicitação poderá ser revista em função dos casos que forem aparecendo”, explicou Reblin.

Com a inserção desses hospitais no referenciamento de atendimento a casos suspeitos do Covid-19, todas as regiões do Espírito Santo passam a ter cobertura de assistência hospitalar.

Leia mais:  Câmara coordena frente pelo Centro Portuário e comissões vão ouvir secretários sobre PDM
publicidade

São Mateus

Assentados do Zumbi dos Palmares pedem reformas e reabertura de escola

Publicado

O Comitê de Educação no Campo pede ao prefeito Caffeu que a escola volte a funcionar

Os moradores do Assentamento Zumbi dos Palmares realizaram uma manifestação pedindo ao prefeito de São Mateus em exercício, Ailton Caffeu, que reabra a Escola Municipal do Ensino Infantil e Fundamento (EMEIEF). De acordo com os membros do Comitê da Educação do Campo, que tem o apoio do Movimento dos Pequenos Agricultores e outras 31 representações, “a luta vem de antes do atual prefeito assumir a Prefeitura, mas as famílias contam com o seu apoio para a recuperação da escola, que apresenta problemas estruturais, rachaduras, infiltrações, dentre outros problemas”. Ainda segundo os moradores do Assentamento Zumbi dos Palmares, pertencente ao Distrito de Nestor Gomes, a escola corre o risco de desabar, por isso “pode não mais voltar a funcionar se não houver a iniciativa da Prefeitura de São Mateus em reformá-la atendendo o que foi constatado pela Defesa Civil e por engenheiros”, é o que temem os assentados, caso os serviços de recuperação do prédio não aconteçam.

Os representantes e membros do Comitê, têm procurado a Secretaria Municipal de Educação e realizado manifestações como forma de despertar a atenção das autoridades para a situação em que se encontrar a escola.

A municipalidade não se manifestou, após contato da reportagem.

Leia mais:  Monumentos históricos de São Mateus não tem lei específica para sua proteção
Continue lendo

São Mateus

Câmara convoca secretárias de Educação e de Finanças para esclarecimentos

Publicado

O requerimento aprova a convocação das secretárias para esclarecimento sobre FUNDEB, transporte escolar e situação financeira da prefeitura

São Mateus – Em requerimento aprovado por unanimidade, a Câmara de São Mateus convocou as secretárias municipais de Educação, Edna Rossim, e de Finanças, Leila Maria Oliveira de Mattos, para comparecerem à sessão legislativa da próxima terça-feira (7/12). Pelo Requerimento 029/2021, assinado por dez vereadores, as duas convocadas deverão prestar esclarecimentos em relação aos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), ao transporte escolar, ao percentual de folha de pagamento e à atual situação financeira da Prefeitura.

Na sessão desta semana, realizada dia 30, o Parlamento aprovou ainda, também por unanimidade, mais dois requerimentos com pedidos de informações, de autoria dos vereadores Isael Aguilar (027/2021) e Cristiano Balanga (028/2021), além de 17 Indicações, quatro Moções e um Projeto de Lei do Executivo, autorizando a contratação de guarda-vidas para a temporada de Verão.

REQUERIMENTOS
No Requerimento 027/2021, apresentado por Isael, a Câmara requer a relação de todos os repasses financeiros, realizados pelos governos Federal e Estadual, ao Município de São Mateus exclusivamente para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, desde janeiro até o momento. Requisita ainda a relação de todos os contratos celebrados para o enfrentamento da pandemia, separados por atividade e modalidade de contratação (licitação, ou dispensa de licitação). Por fim, o Parlamento requer também a relação de todos os pagamentos efetuados neste ano, devidamente separados por secretaria e número de contrato celebrado.

A Câmara Municipal aprovou também o Requerimento 028/2021, apresentado por Balanga, requisitando a relação de todos os profissionais do magistério contratados por designação temporária em 2021, além da folha salarial detalhada dessa categoria no ano em curso. Também está sendo requerido apontamento quanto a receita mensal e total do Fundeb transferida ao Município, “discriminada em Fundeb 70% e Município 30%”.

Ainda por meio deste requerimento, a Câmara requer relatório dos pagamentos realizados aos DTs do magistério, “a título de salário bruto, separados por fonte de recurso e por competência do mês”. Um segundo relatório está sendo requerido com os pagamentos “a título de salários brutos, separados por fonte de recurso, dos servidores comissionados que exercem suas atividades junto a Secretaria Municipal de Educação”.

SINDSERV
O Requerimento 029/2021 foi decidido durante a participação, na tribuna popular, do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Mateus (Sindserv), Herickson Locatelli de Mattos, que defendeu reajuste salarial e concessão de abono à categoria. De acordo com o sindicalista, os servidores estão sem correção nos salários desde 2015. Ele comentou ainda a situação dos profissionais da educação, especialmente os que trabalham por designação temporária, e sobre a aplicação do Fundeb no Município.

Os vereadores reforçaram a importância de remunerar dignamente os servidores. Contudo indicaram a necessidade de saber a real situação financeira da Prefeitura, inclusive do índice de comprometimento das receitas municipais com pagamento da folha salarial.

Por isso, para esclarecer informações contraditórias, os vereadores aprovaram a convocação das secretárias municipais Edna Rossim (Educação) e Leila Maria de Oliveira Mattos (Finanças) para participação na sessão ordinária do próximo dia 7, às 15h.

Leia mais:  Monumentos históricos de São Mateus não tem lei específica para sua proteção
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana