conecte-se conosco


Segurança

Idaf e Polícia Ambiental interrompem desmatamento irregular em Santa Maria de Jetibá

Publicado

Equipes do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e da Polícia Militar Ambiental interromperam, nessa terça-feira (05), um desmatamento ilegal que estava sendo realizado na localidade de Santa Luzia, em Santa Maria de Jetibá. Uma área de cerca de cinco mil metros quadrados de vegetação nativa, em estágio médio de regeneração, foi desmatada.

De acordo com o técnico do Idaf Marco Henrique Demuner, que participou da operação, o flagrante foi possível em função da rotina de fiscalização do órgão. “É possível que o prejuízo ambiental fosse ainda maior, visto que a propriedade possui em torno de dez hectares de vegetação nativa. Por isso, a presença constante do Instituto e o apoio da Polícia Ambiental são fundamentais na proteção das florestas”, disse.

A área foi embargada para recuperação da vegetação. O proprietário foi autuado e, com o operador da escavadeira, foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimento por se tratar de crime ambiental.

Supressão de vegetação

Segundo o gerente de Licenciamento e Controle Florestal do Idaf, Fabricio Zanzarini, a supressão de vegetação nativa depende de autorização do órgão de controle, que, no Espírito Santo, é o Idaf. “A avaliação prévia visa evitar que sejam desmatadas, por exemplo, Áreas de Preservação Permanente (APPs) e Reserva Legal, além de garantir o cumprimento das regras legais para utilização sustentável dos recursos naturais e uso alternativo do solo para algumas situações e determinar a necessidade de compensações ambientais”, explicou Zanzarini.

Leia mais:  Sejus recebe 11 veículos do Departamento Penitenciário Nacional
publicidade

Segurança

Secretário de Segurança do ES e prefeito sofrem acidente em rodovia no Sul do Estado

Publicado

Alexandre Ramalho e o prefeito de Presidente Kennedy, Dorlei Fontão, cumpriam agenda na região, quando o carro em que eles estavam foi atingido por um caminhão-baú

O secretário de Estado de Segurança Pública do Espírito Santo, Alexandre Ramalho, o prefeito de Presidente Kennedy, Dorlei Fontão, e outras duas pessoas se envolveram em um acidente, na tarde desta quinta-feira (29), na rodovia ES-060, no município do Sul do Estado.

O prefeito e o secretário visitaram a Escola Municipal de Marobá, que será no futuro uma Escola Cívico-Militar, e a divisa entre o Espírito Santo e o Rio de Janeiro, onde será instalado um posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE-ES).

O acidente aconteceu, por volta das 15h30, quando eles voltavam para o município para visitar um terceiro local. O carro onde estava a comitiva do secretário e do prefeito foi atingido por um caminhão-baú. 

O motorista do caminhão perdeu o controle e bateu em uma árvore. Ele chegou a ficar desacordado por alguns minutos. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), no carro estavam, além do secretário e do prefeito, o subsecretário interino de Integração Institucional, coronel Marcio Celante, e um integrante da equipe de segurança do secretário, que dirigia o veículo. 

O motorista do carro oficial se feriu levemente. Já os demais ocupantes saíram ilesos.

A prefeitura informou que o estado de saúde do prefeito Dorlei Fontão é estável. Ele foi levado para o Pronto Atendimento Municipal de Presidente Kennedy.

Leia mais:  Mais de 2 mil estabelecimentos são advertidos por não fecharem as portas no ES
Continue lendo

Segurança

Alunos do Sistema Prisional participam de clube do livro

Publicado

Durante o período de suspensão das aulas presenciais, a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Cora Coralina, que faz parte do Sistema Prisional de Xuri, no município de Vila Velha, com o intuito de fortalecer o vínculo com a escola, realizou com os estudantes internos o clube de leitura “Entre muros e mundos”.

Com o retorno as aulas presenciais, o projeto foi ressignificado e passou a ser avaliado como atividade prática multidisciplinar, por meio do debate sobre os livros, produção de textos e resenhas, elaboração de gráficos, fichamento técnico e criações artísticas, como pintura de telas.

O professor de Química e um das idealizadores desta ação, Renann Siqueira destacou que ao longo desse período foi realizado o projeto de leitura que contribuiu significativamente para o desenvolvimento dos alunos. “A leitura permitiu que cada discente fosse levado para outros mundos e conhecessem outras realidades e histórias”, disse.

“Apostamos na leitura, pois esta se configura como uma ação capaz de transformar o mundo e mudar realidades. Ao longo do projeto percebemos que as diversas atividades desenvolvidas foram capazes de explorar habilidades e competências, que nem os próprios alunos acreditavam serem capazes de realizar”, completou Renann Siqueira

Leia mais:  Motorista por aplicativo é preso com mais de 10 kg de cocaína
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana