conecte-se conosco


Entretenimento

Internos produzem troféu para participantes de projeto social

Publicado

Os troféus serão entregues aos vencedores do Desafio das Escadarias, evento que acontece no bairro Jesus de Nazareth no dia 08 de dezembro.

Internos da Penitenciária Estadual de Vila Velha III (PEVV III), no Xuri, que trabalham na Marcenaria Jequitibá, poderão doar um pouco de solidariedade para um projeto social desenvolvido na comunidade de Jesus de Nazareth, em Vitória. Eles serão os produtores dos troféus entregues aos vencedores do Desafio das Escadarias, que acontece no bairro no dia 08 de dezembro.

O inspetor penitenciário Fernando Martins Ribeiro é nascido e criado na comunidade de Jesus de Nazareth e um dos idealizadores do projeto social, que teve início em 2012, juntamente com o morador Israel Ferreira Nunes. O projeto foi inspirado na Descida das Escadarias de Santos. Porém, com uma adaptação, sendo o desafio a subida de 345 degraus.

“A ideia do projeto foi despertar o interesse no esporte e turismo de base comunitária, criar renda local e dar visibilidade a projetos sociais. Para difundir a ideia fiz o curso de guia de turismo e hoje buscamos mudar a visão externa da nossa comunidade, de que o bairro é perigoso e violento. O que pretendemos é mostrar as coisas boas de Jesus de Nazareth, tais como as paisagens, os profissionais que atuam em diversas áreas, os estudantes, atletas e muito mais”, explica Ribeiro.

Leia mais:  Ex de MC Rebecca tira sarro dela em vídeo e web detona: "Nojo desse homem"

No Desafio das Escadarias os participantes devem percorrer uma subida com 345 degraus. Ganha o desafio os três primeiros colocados, divididos por categorias masculino e feminino, moradores da comunidade, bem como participantes de fora do bairro.

“Como morador de Jesus de Nazareth, acredito que o projeto social só traz benefícios para a comunidade. Por meio do turismo, podemos mudar conceitos e a imagem que muitos têm da nossa comunidade, além de elevar a autoestima dos moradores. Como inspetor penitenciário, trabalhamos com transformação o tempo todo. Vemos o quanto é importante apostar na mudança com atitudes humanas e projetos inovadores. O trabalho que os internos desenvolvem da Marcenaria Jequitibá é um exemplo disso. Mostra que é possível fazer diferente e acreditar num novo recomeço”, diz Fernando Martins Ribeiro.

Marcenaria Jequitibá

Na Marcenaria Jequitibá trabalham nove presos da Penitenciária Estadual de Vila Velha III (PEVV III), que encontraram no ofício uma nova esperança de recomeço. Na oficina, pallets são transformados em móveis sustentáveis, tais como cadeiras, mesas de centro, puffs e poltronas.

Leia mais:  Roberto Carlos chega a posto de vacinação dirigindo o próprio carro

Criada em 2017, a marcenaria passou a ser desenvolvida após uma parceria da Secretaria da Justiça (Sejus) com empresas do setor madeireiro, que contribuiu com o maquinário, a estrutura montada no local e a capacitação dos detentos.

Além disso, empresas de transporte e logística contribuem com a doação de pallets, principal matéria-prima usada na marcenaria. O trabalho dos internos inclui a fase de estudo e projeto dos materiais a serem fabricados.

Com o trabalho na Marcenaria Jequitibá, os internos também são beneficiados com a redução da pena e a cada três dias de trabalho, um dia da sentença é remido

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sejus
Sandra Dalton / Karla Secatto
(27) 3636-5732 / 99933-8195 / 98849-9664
[email protected]

publicidade

Entretenimento

Conta Café é a grande vencedora do Espírito Startups, primeiro reality show de inovação da TV capixaba

Publicado

A plataforma para lojistas e compradores de café́ com todo o processo de gestão, compra e venda originado em barter levou R$ 400 mil em prêmios

O Conta Café venceu o Espírito Startups, primeiro reality show de negócios do Espírito Santo. A final da concorrida competição foi realizada sábado, 27, com transmissão pelo YouTube e, além do reconhecimento como a mais competitiva e bem estruturadas a empresa, ganhou R$ 400 mil, sendo R$ 300 mil em investimentos e R$ 100 mil em mídia.

Os jurados da competição foram os empresários Marcus Buaiz, Simone Chieppe, Rogério Salume, Tayana Dantas e Antonio Luiz Toledo. A partir do foco em inovação e tecnologia, em especial, o grupo escolheu o Conta Café, após avaliação de dezenas de concorrentes e duas etapas eliminatórias.

Os diretores do Conta Café Flávio Gianordoli e Eduardo Bortolini, defenderam a empresa no programa e agora, junto com os demais sócios, esperam usar o prêmio para investir na expansão do negócio. “Esta foi uma surpresa muito boa. Vocês terem acreditado na gente, no nosso potencial, no nosso sonho foi o maior prêmio que recebemos. Essa participação no reality Espírito Startup, a mentoria do grupo vai contribuir muito para nosso negócio”, afirmou Flávio Gianordoli.

Segundo Eduardo Bortolini, a partir desta conquista, o grupo vai incrementar o desenvolvimento da oferta de soluções, ponta a ponta, para maximizar o volume de negociações do Conta Café.

Conta Café

Plataforma desenvolvida pelos empresários capixabas Eduardo Bortolini, Flávio Gianordoli e sócios para lojistas do agro e compradores exportadores, o Conta Café conta com processo digital simplificado. A startup opera com o barter, modalidade comercial similar ao escambo, em que produtores de cafés podem trocar sua produção por insumos.

Com funcionamento simples, intuitivo e seguro, atua com o café conilon e assegura preços online atualizados diretamente dos trades compradores. Todo o processo de negociação conta com forte documental, contrato jurídico e Cédula de Produtos Rural (CPR).

Segundo Eduardo Bortolini, sócio-diretor do Conta Café, a robusta relação de parcerias da startup potencializou, de forma segura, a oferta de insumos agrícolas a todos os produtores capixabas.

Leia mais:  Ex-passista morre após realizar cirurgia de lipoaspiração e prótese nos seios em casa; médico estava com licença cassada
Continue lendo

Entretenimento

SBT bate recorde e tem maior ibope em 17 anos com final da Libertadores

Publicado

Nem mesmo a crise de audiência vivida pelo SBT foi capaz de frear o interesse dos telespectadores pela final da Copa Libertadores. O triunfo do Palmeiras diante do Flamengo fez com que o canal de Silvio Santos atingisse picos de 30,6 pontos na Grande São Paulo e se tornou responsável pela maior audiência dentre todos os programas veiculados na televisão nesta semana, superando até mesmo o Jornal Nacional e as novelas da Globo. Foi o melhor desempenho da emissora desde 2004, ano em que a rede atravessava uma de suas melhores fases, com ibope alto em vários horários.

De acordo com o levantamento obtido pela reportagem do TV Pop com fontes do mercado, a boa audiência do SBT começou antes mesmo da bola rolar no Estádio Centenário. A emissora cravou média de 8,5 pontos durante a exibição do especial A Grande Final, entre 15h30 e 16h59. A atração comandada por Benjamin Back, que contou com a transmissão de um show da cantora Anitta, ocupou a primeira colocação na principal metrópole do país durante 21 minutos não consecutivos e, em seu último minuto no ar, marcou pico de 17,6 pontos, contra apenas 9,5 da Globo.

Jogador do Palmeiras comemora gol na final da Libertadores

Triunfo do Palmeiras fez SBT ter maior audiência desde 2004 (foto: Divulgação/Palmeiras).

A emissora de Silvio Santos não perdeu a liderança de ibope em momento algum depois do apito inicial do árbitro Néstor Pitana. Enquanto a bola rolava, das 17h às 19h37, o triunfo palmeirense em território uruguaio garantiu média de 26,4 pontos para o SBT, índice que representa a sintonia de cinco milhões e 421 mil telespectadores apenas na Grande São Paulo. A cada 100 televisores ligados na região, 45 estavam acompanhando o desfecho do mais importante torneio futebolístico da América do Sul.

Leia mais:  Dani Calabresa se pronuncia sobre acusação de assédio a Marcius Melhem: 'tudo é muito difícil'

Durante o embate com o desfecho da Libertadores, a Globo caiu para a segunda colocação: o Caldeirão, a novela Nos Tempos do Imperador e o telejornal SP2 deram para a habitual líder média de 9,3 pontos. A Record, com o Cine Aventura e o Cidade Alerta, pontuou 3,4, seguida pelo 1,9 ponto da Band, com o Brasil Urgente, e por 0,7 da Cultura, que transmitia programas infantis e uma edição do programa de entrevistas Cultura Livre, que asseguraram a quinta colocação na faixa horária. Nem mesmo a soma de todas as outras emissoras abertas (16,5) superou o SBT.

Em janeiro, também com a transmissão de outro título do Palmeiras, a emissora de Silvio Santos havia marcado média de 25,2 pontos na Grande São Paulo, com um pico de 32,1. A partida havia sido responsável pela primeira derrota de uma novela das 18h da Globo em dois anos — naquela época, o folhetim em exibição era a edição especial de Flor do Caribe, que perdeu para o jogo por 14,1 a 26,3. Hoje, com Nos Tempos do Imperador, a dramaturgia sofreu uma derrota ainda mais acachapante: de acordo com os dados prévios, a trama pontuou 9,1 contra 27,3 do futebol.

Leia mais:  Estrela da Disney, atriz Nikita Waligwa morre aos 15 anos

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana