conecte-se conosco


Cidades

Jaguaré recebe árbitro internacional de karate neste final de semana

Publicado

Sensei Celso Rodrigues, 8º dan de karate e diretor de arbitragem da Confederação Brasileira, traz conhecimentos teóricos e práticos sábado e domingo; profissionais do Estado são esperados para o curso de arbitragem de karate, esporte que tem muitos adeptos em Jaguaré

O sensei Celso Rodrigues, 8º dan de karate e árbitro da WKF – Federação Mundial de Karate, estará em Jaguaré amanhã e no domingo, 14 e 15, para ministrar o Curso de Arbitragem e Aprimoramento Técnico. O curso é realizado pela Askaje – Associação de Karate de Jaguaré e é destinado a todos os membros de associações e clubes do Estado filiados à FEK – Federação Estadual de Karate.

Celso Rodrigues também é diretor de arbitragem da CBK – Confederação Brasileira de Karate e membro da Comissão de Arbitragem Panamericana Karate Federation. O sensei vai oferecer conhecimentos teóricos e práticos aos alunos. O curso será realizado no sábado e no domingo, no auditório da Prefeitura de Jaguaré e no ginásio de esportes Paschoal Brioschi, anexo à Prefeitura.

Equilíbrio físico e mental

O prefeito de Jaguaré, Marcos Guerra, 5º dan em karate destaca a importância para o município receber uma personalidade importante da modalidade, que oferece benefícios para corpo e mente.

“É com muita satisfação que recebemos o professor sensei Celso Rodrigues, uma pessoa que tem seu nome gravado na história do karate em nível mundial! Da nossa parte incentivamos com muita satisfação a prática e o aprendizado desse esporte que é um divisor de águas para todas as pessoas oferecendo melhor preparação física e equilíbrio mental. O karate tem a condição de fazer mudanças em quem se dedica a esse esporte, que também é uma arte que permite o desenvolvimento da disciplina, mantendo o foco e aprimoramento do caráter”, esclarece o prefeito.

Para o curso com Celso rodrigues, são esperados profissionais de vários municípios do Estado. O sensei já foi responsável técnico pelos cursos de arbitragem no Espírito Santo e participou inúmeras vezes da formação dos árbitros no Estado. Os alunos acima de 14 anos de idade da Askaje, além de alunos da escolinha da Secretaria de Esportes do Município também vão participar do curso.

Programação
O curso será dividido em aulas teóricas e práticas. No sábado, 14, as aulas teóricas serão realizadas no auditório da Prefeitura, entre 8h30 e 11h. Na parte da tarde, entre 13h30 e 14h30, será realizada prática de arbitragem no ginásio Paschoal Brioschi. No domingo, a programação terá início às 8h30 e terminará às 11h com atividades práticas de Kata (luta imaginária) e Kumite (combate).

Leia mais:  Fundo Desenvolve Rio Doce reduz ainda mais os juros e oferece condições especiais

Conheça mais o karate
Corpo, mente e espírito saudáveis estão na base da filosofia do karate. Com foco no desenvolvimento pessoal e na vida saudável, chegou ao Brasil em 1908 com os imigrantes japoneses. Inspirado em uma luta chinesa, essa arte marcial conquistou os brasileiros e a técnica se desenvolveu e ganhou inúmeros adeptos.

O karate pode ser praticado de diversas maneiras, como arte, autodefesa ou esporte, dependendo do estilo, podem ser ensinados as manobras de lançamentos, bloqueios de articulações e golpes em partes vitais. Todos os golpes são sempre realizados com movimentos precisos e harmônicos – por isso é também arte e não somente luta. As principais modalidades são:

Kumite
Em tradução livre, a palavra Kumite significa ‘encontro de mãos’ e faz parte das modalidades modernas das artes marciais, sendo um componente de competição, ou seja, a luta propriamente dita. Há três tipos de prática com luta:

Jyu Kumite – Que é o combate livre com controle;

ShiaiKumite – Que é o combate semilivre voltado para competições e com extremo controle dos ataques;

Kihon Kumite – Que é o combate combinado entre os tipos anteriores.

Kata
No Kata, os alunos aprendem a arte do karate de forma aprofundada e, ao mesmo tempo, a experiência da luta, com sequências de técnicas de defesa e de ataque. Cada faceta do treinamento do Kata possui um elemento psicológico, além do treinamento físico, preparando o carateca para o combate real.

As faixas
Faixa Branca (Shiro Obi) – Sem graduação (Mu Kyu)
Essa é a cor do desprendimento. O branco reflete todas as cores. A própria cor dessa faixa indica que o seu portador ainda possui a ingenuidade e deve procurar manter a mente limpa. Entretanto, ele tem em potencial, todas as cores das demais faixas posteriores e, assim como o fogo está na pedra, cabe a ele, fazê-lo brotar através da fricção do treino árduo.

A Faixa Amarela (Kiiro Obi) – 6º Kyu (Rokku Kyu)
Assim como um sol que desponta todos os dias, ela significa que é um iniciante ou um recém-nascido no karate, que com o tempo irá crescendo e fortalecendo-se, até chegar à maturidade que corresponde a faixa preta.

Leia mais:  Cancelamento do carnaval pode ajudar na recuperação dos prejuízos causados pelas chuvas

A Faixa Vermelha (Aka Obi) – 5º Kyu (Go Kyu)
A cor vermelha sugere motivação, atividade e vontade. Ela atrai vida nova e pontos de partida inéditos. Essa é a cor do fogo, da paixão, do entusiasmo e dos impulsos. É a cor mais quente, ativa e estimulante. Ainda é uma cor primária que não pode ser formada pela mistura de outras cores, mostrando assim, que o praticante ainda deverá manter-se puro e fiel ao estilo de karate que elegeu.

A Faixa Laranja (Daidaiiro obi) – 4º Kyu (Yon Kyu)
Esta cor é a mistura do vermelho com o amarelo, representado que o conhecimento dos graus anteriores deve estar contido nesta graduação e trazendo as qualidades dessas duas cores. Nos diz que devemos procurar o sucesso no treino diário, agilidade, adaptabilidade, estimulação, atração e plenitude.

A Faixa Verde (Midori Obi) – 3º Kyu (Sankyu)
O verde é uma cor que representa esperança e fé. É a cor mais harmoniosa e calmante de todas. Ela simboliza harmonia e equilíbrio. Essa cor, que nos chega depois das cores quentes iniciais, nos dá a impressão de que chegamos a um oásis, depois de atravessar um árduo deserto, mas devemos saber que ainda há mais deserto a vencer.

A Faixa Roxa ou Violeta (Murasaki Obi) – 2º Kyu (Nikyu)
O roxo é uma mistura das cores azul e vermelho. Essa é a cor usada pelos sacerdotes católicos para refletir santidade e humildade. Ela gera sentimentos como respeito próprio, dignidade e autoestima.

A Faixa Marrom (Chairo Obi)– 1º Kyu (Ichi Kyu)
É a cor da solidificação. Representa a constância, a disciplina, a uniformidade adquirida e a observação das regras mantidas até aqui. Representa a conexão do praticante com o patrono do estilo que lhe foi passado, representado por seus mestres.

A Faixa Preta (Kuro Obi) – 1º Dan (Sho Dan)
É a junção de todas as cores. Enfim o corpo e a mente chegaram ao final de uma jornada e ao início de outra mais elevada. A faixa na cor preta, representa humildade, autocontrole, maturidade, serenidade, disciplina, responsabilidade, dignidade e conhecimento. É a cor do poder, induz a sensação de elegância e sobriedade. Onde o que está fora não entra e o que está dentro não sai. Essa cor também nos dá uma noção de tradição e responsabilidade. É a ausência de vibração da “não cor” que dá a sensação de proteção ou afastamento. (karate.org.br)

publicidade

Cidades

Parceria da Suzano e Detran-ES ilumina o Buda de Ibiraçu nas cores do Maio Amarelo

Publicado

O Buda gigante, segundo maior do mundo, não foi o único a receber a iluminação amarela; os portais da cidade de Aracruz também participam da ação pela redução de acidentes no trânsito

O Grande Buda de Ibiraçu e os portais da cidade de Aracruz agora brilham nas cores do Maio Amarelo. A iluminação é uma ação desenvolvida por meio da parceria entre o Detran ES, a Suzano, o Mosteiro Zen Morro da Vargem e as prefeituras municipais de Ibiraçu e Aracruz para conscientizar os motoristas e motociclistas que cruzam a BR-101, ES-445 e ES-010 na região norte do Espírito Santo.

Na solenidade, aos pés da segunda maior estátua de Buda do mundo, estiveram alguns representantes dos órgãos responsáveis. Em seu discurso, Leonardo José Toscano Conde, Relações Corporativas da Suzano, destacou a consonância da campanha com os valores da companhia.

“Para nós da Suzano, a segurança no trânsito é um valor inegociável e uma regra de ouro. Precisamos ter a consciência de que segurança no trânsito depende de todos nós. Esperamos que essa iniciativa possa contribuir com a reflexão dos motoristas sobre o seu papel de protagonismo na construção de um trânsito mais seguro”, defendeu Leonardo.

Leia mais:  Defesa Civil do ES recebe equipamentos para fortalecer ações de contingência

O Gerente de Logística da Suzano, Lucas Bozolan, também participou da organização dessa parceria e destacou a estratégia da ação.“A segurança é um valor que preserva vidas. Durante todo ano reforçamos as ações de comportamento seguro com nossos colaboradores. O mês de maio é momento oportuno para levar esse tema também para toda a sociedade”, explicou.

Já Harlen da Silva, diretor geral do Detran, salientou que a parceria com a Suzano já vem de um longo tempo e aproveitou a oportunidade para falar sobre o desenvolvimento das ações. “Trabalhamos durante todo ano com a questão da segurança viária, mas esse mês, o Maio Amarelo, é o eleito para reforçarmos atitudes que trazem paz e harmonia para o trânsito”, disse.

A cerimônia também serviu para celebrar o diálogo inter-religioso e contou com a presença do Bispo Emérito da Diocese de Colatina, Dom Décio Zandonade. O sacerdote católico, ao lado do abade do Mosteiro Zen Cristiano, Daiju Bitti, comentou a importância da campanha. “Essa iniciativa de iluminar para o Maio Amarelo faz com que eduquemos para uma nova mentalidade no trânsito, de respeitar, de ajudar os outros”, disse Dom Décio.

Leia mais:  Cancelamento do carnaval pode ajudar na recuperação dos prejuízos causados pelas chuvas

Autoridades dos poderes municipais das duas cidades estiveram presentes no evento. O prefeito municipal de Ibiraçu, Diego Krentz, ressaltou a necessidade da campanha e lembrou de ações em conjunto com a Suzano. “A Suzano nos apoia em diversas outras [ações], seja com os idosos, seja com os adolescentes em Ibiraçu. Temos uma gratidão muito grande pelo que a Suzano vem fazendo”, defendeu.

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. As atividades realizadas neste mês no Espírito Santo e em todo o mundo têm o objetivo principal de alertar e mostrar a dimensão e o impacto que os acidentes têm no cotidiano.

O tema deste ano, “Juntos salvamos vidas”, foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e pretende mostrar à sociedade que todos nós, independente do nosso ofício, podemos salvar vidas, conhecendo e cumprindo as regras.

Continue lendo

Cidades

Detran realiza ações do Maio Amarelo com estudantes em Guarapari e Vila Velha

Publicado

A equipe de educação para o trânsito do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) participa de ações educativas que fazem parte da programação do movimento Maio Amarelo, destinadas aos alunos da Rede Municipal de Educação de Guarapari e também aos estudantes da Universidade Vila Velha (UVV).  

O evento de Guarapari é organizado pela Secretaria de Postura e Trânsito (Septran) do município, reunindo vários órgãos nestas quinta-feira (19) e sexta-feira (20), no Complexo Esportivo, em Muquiçaba, como o Detran|ES, a Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), o Corpo de Bombeiros Militar (CBMES), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Eco101.  

O diretor geral do Detran|ES, Harlen da Silva, reforçou a importância da ação educativa com os estudantes. “O Detran acredita que ações integradas como essas têm um efeito mais amplo na sociedade. Estamos reforçando nossas ações educativas neste mês, em virtude do Maio Amarelo, nas vias de todo o Estado, em empresas, promovendo parcerias para a iluminação de espaços de amarelo”, destacou.   

Harlen da Silva ressaltou que o objetivo é chamar a atenção de condutores, motociclistas, ciclistas e pedestres para a conscientização e responsabilidade de cada um na construção de um trânsito seguro. “A educação, principalmente das crianças e adolescentes, sobre esse tema é essencial para mudar o comportamento no trânsito. Por isso, estamos intensificando a educação para o trânsito, que é o que já fazemos durante todo o ano com as ações do Detranzinho”, acrescentou. 

O secretário de Postura e Trânsito de Guarapari, Luiz Cardoso, destacou a integração dos órgãos. “A ação visa divulgar o Maio Amarelo, que é uma campanha nacional do trânsito. O município, com o Detran, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Eco101, está unindo forças para poder transmitir às crianças a importância da sinalização, do uso do cinto de segurança, entre outras ações, e também para passar aos pais a questão da segurança no trânsito. Como o tema deste ano é ‘Juntos salvamos vidas’, achamos importante juntar as várias instituições envolvidas para transmitir esse recado para as crianças levarem para casa”, disse Cardoso. 

Leia mais:  Nuvem impressionante chama atenção em Aracruz

“Gostei do jogo. Achei muito legal. É uma brincadeira que ensina ações importantes para a segurança no trânsito”, disse a estudante Sofia, de 8 anos. Kesly, de 11 anos, também elogiou as atividades. “Gostei bastante porque ajuda a gente a aprender as regras de trânsito e não causar acidentes”, comentou. 

Brunela é mãe do Samuel, de 8 anos, do 3º ano da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Ana Rocha Lyra, e acredita que essas ações são importantes para as crianças. “É gratificante ver como essas parcerias de vários órgãos de trânsito ensinam sobre a sinalização para as crianças, em forma de brincadeiras educativas. Vale a penas trazer os alunos”, elogiou.  

Vila Velha 

O Detran|ES, em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), também promove, nesta quinta-feira (19), ações educativas com estudantes da Universidade Vila Velha (UVV) sobre pontos importantes para essa faixa etária.  

Nas ações, que já aconteceram pela manhã e também serão realizadas com as turmas da noite, os agentes fazem demonstração do teste do etilômetro e com o simulador de impacto. O objetivo é conscientizar os jovens para a necessidade de adotar comportamentos seguros no trânsito, principalmente em relação aos riscos da mistura de bebida e direção, e de também não respeitar os limites de velocidade. 

Leia mais:  Cancelamento do carnaval pode ajudar na recuperação dos prejuízos causados pelas chuvas

Programação 

Durante todo o Maio Amarelo, o Detran|ES está desenvolvendo ações educativas e atividades, em parceria com outros órgãos de trânsito e instituições públicas e privadas, com os propósitos de chamar a atenção da sociedade para o alto número de acidentes e reforçar a importância da participação de todos, visando à construção de um trânsito mais gentil e seguro em todos os 78 municípios capixabas. 

Confira a programação do Movimento Maio Amarelo aqui.  

Maio Amarelo 

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. As atividades realizadas neste mês no Espírito Santo e em todo o mundo têm o objetivo principal de alertar e mostrar a dimensão e o impacto que os acidentes têm no cotidiano. 

O tema deste ano, “Juntos salvamos vidas”, foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e pretende mostrar à sociedade que todos nós, independente do nosso ofício, podemos salvar vidas, conhecendo e cumprindo as regras. 

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana