conecte-se conosco


Camisa 10

Libertadores deve retornar ainda em 2020, mas com jogos sem torcida

Publicado

Um total de 76 das principais equipes do continente ainda está envolvido nas competições, que estão programadas para terminar em novembro

O presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), Alejandro Domínguez, disse que a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana não serão descartadas este ano e está otimista quanto ao retorno do futebol, mesmo que isso signifique disputar jogos sem torcida.

Os torneios foram suspensos no mês passado devido à aceleração do surto de coronavírus na América do Sul.

“A Libertadores pode recomeçar quando os campeonatos locais recomeçarem, embora a questão de transporte também seja importante, tendo em vista que a maioria dos países fechou suas fronteiras”, afirmou Domínguez à Reuters.

Um total de 76 das principais equipes do continente ainda está envolvido nas competições, que estão programadas para terminar em novembro.

Questionado quando ele pensa que o futebol poderia recomeçar e como ficaria o esporte após o reinício, o paraguaio disse: “Acho difícil fazer qualquer análise porque, no momento, ainda estamos chocados”.

“Acho que as coisas voltarão ao normal, mas isso vai levar tempo. E é claro que quero ver estádios cheios, mas se a maneira de recuperar o futebol é jogar sem torcedores, é assim que vamos jogar.”

Os casos globais de coronavírus ultrapassaram 1 milhão na quinta-feira, com mais de 52.000 mortes, de acordo com uma contagem da Reuters baseada em dados país a país.

Leia mais:  Ex-goleiro Chilavert será candidato à presidência do Paraguai em 2023
publicidade

Camisa 10

Flamengo ultrapassa Palmeiras e é o líder do ranking dos clubes da CBF

Publicado

Tabela foi divulgada pela entidade que dirige o futebol nacional, nesta segunda-feira, antes da definição da Copa do Brasil, da qual o alviverde é um dos finalistas

A conquista recente do título brasileiro colocou o Flamengo na liderança do ranking de clubes da CBF, ultrapassando o Palmeiras. A tabela foi divulgada pela entidade que dirige o futebol nacional, nesta segunda-feira, antes da definição da Copa do Brasil.

O time da Gávea soma 16.768 pontos, enquanto o alviverde paulista, campeão da Copa Libertadores, acumula 16.110. O Grêmio, adversário do Palmeiras na final da Copa do Brasil, é o terceiro colocado, com 15.180.

Vice-campeão brasileiro, o Internacional pulou do nono para o quarto lugar (13.310 pontos), seguido pelo Athletico-PR, que tem 12.968. Já o Cruzeiro, que atuou o ano de 2020 na Série B do Brasileiro e não conseguiu o acesso, caiu do quarto para o décimo posto, com 11.768 pontos.

Outros três times paulistas estão entre os dez primeiros. Finalista da Libertadores, o Santos é o sexto colocado (12.776 pontos), à frente do Corinthians, que tem 12.032. O oitavo colocado é o São Paulo (11.870), seguido pelo Atlético-MG, com 11.789 pontos.

O ranking de clubes da CBF, além de posicionar os times com melhor campanha na temporada, também serve para classificar times menores nas várias competições nacionais.

Uma nova versão será divulgada na semana que vem, após a definição da Copa do Brasil, com o segundo jogo entre Palmeiras e Grêmio, no Allianz Parque, domingo.

Leia mais:  Com liderança do Brasileirão, Ramon Menezes rasga elogios ao elenco do Vasco
Continue lendo

Camisa 10

Brasileirão: R$ 27 milhões de prejuízo com portões fechados; veja a renda líquida negativa de cada clube

Publicado

20) Sport – prejuízo de R$ 144,40 em 19 partidas em casa. O clube pernambucano não divulga o borderô completo, somente os valores do seguro-torcedor.

18) Atlético-GO – prejuízo de R$ 796.613,80 em 18 partidas em casa.

17) Athletico-PR – prejuízo de R$ 858.465,61 em 18 partidas em casa.

17) Athletico-PR - prejuízo de R$ 858.465,61 em 18 partidas em casa.

16) Red Bull Bragantino – prejuízo de R$ 960.923,66 em 18 partidas em casa.

15) Coritiba – prejuízo de R$ 1.111.454,86 em 19 partidas em casa.

14) Internacional – prejuízo de R$ 1.138.320,86 em 18 partidas em casa.

12) Corinthians – prejuízo de R$ 1.150.352,26 em 19 partidas em casa.

7) Bahia - prejuízo de R$ 1.227.866,67 em 18 partidas em casa.

11) Santos – prejuízo de R$ 1.165.632,23 em 19 partidas em casa.

10) Fortaleza – prejuízo de R$ 1.168.619,23 em 19 partidas em casa.

7) Bahia – prejuízo de R$ 1.227.866,67 em 18 partidas em casa.

5) Palmeiras – prejuízo de R$ 1.588.166,49.

4) Botafogo – prejuízo de R$ 1.804.113,33 em 19 partidas em casa, sendo que o borderô de uma delas (contra o São Paulo) ainda não foi divulgado.

2) Flamengo - prejuízo de R$ 3.234.340,85 em 19 partidas em casa, sendo que os borderôs de duas delas (contra Corinthians e Internacional) ainda não foram divulgados.

2) Flamengo – prejuízo de R$ 3.234.340,85 em 19 partidas em casa, sendo que os borderôs de duas delas (contra Corinthians e Internacional) ainda não foram divulgados.

1) Fluminense – prejuízo de R$ 3.355.612,27 em 18 partidas em casa.

Leia mais:  Maradona defende Ronaldinho: 'Não é delinquente; seu erro é ser ídolo'
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana