conecte-se conosco


Cidades

Linhares recebe mais de R$ 2,6 milhões para apoio às ações de assistência social

Publicado

Recurso vai reforçar o atendimento a famílias vulneráveis do município, com veículos, contratação e capacitação de profissionais

O município de Linhares assinou o Termo de Cooperação Técnica e Financeira com a Fundação Renova para receber mais de R$ 2,6 milhões em investimentos na área de assistência social. Ao todo, prefeituras de 24 municípios mineiros e capixabas poderão, por meio do termo, receber um repasse total de R$ 27 milhões e 35 veículos da Fundação Renova para fortalecer seus serviços públicos de proteção e assistência social.

Os recursos são destinados a ampliar o atendimento a mais de 14 mil famílias vulneráveis que residem nas localidades atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa faz parte do Programa de Proteção Social da Fundação Renova que visa promover a proteção social, por meio de ações socioassistenciais, incluindo ações socioculturais e apoio psicossocial, acompanhando as famílias e os indivíduos vulneráveis impactadas.

“Com essa parceria, o município de Linhares fortalecerá e ampliará os serviços de assistência social já existentes, já que o termo possibilitará a oferta de capacitações das equipes, repasse de recursos financeiros para contratação de 14 profissionais, aquisição de insumos, equipamentos e disponibilização de três veículos com motorista e combustível”, informa a especialista do Programa de Proteção Social da Fundação Renova Maria Albanita Roberta de Lima.

Após a assinatura do termo, que tem duração de dois anos, e dos demais trâmites necessários, a Fundação Renova iniciará o repasse do recurso em quatro parcelas. As ações devem ser iniciadas a partir do mês de agosto, segundo previsão no Plano de Reparação em Proteção Social, construído com as equipes do município de Linhares.  

A população será diretamente beneficiada com o recebimento dos recursos, pois o município disponibilizará assistência social e psicólogas para ampliar o atendimento, assim como insumos para as atividades nos serviços do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Dnit libera R$ 70,9 milhões para obras no Espírito Santo
publicidade

Cidades

Homem morre e sete pessoas ficam feridas em grave acidente na BR-101

Publicado

Uma das pistas precisou ser interditada e o tráfego está seguindo em sistema pare e siga

Um homem morreu e outras setes pessoas ficaram feridas após se envolverem em um grave acidente, no início da tarde deste sábado (23). A colisão envolvendo dois veículos de passeio, ocorreu na altura do km 232,3 da BR 101, em Fundão

De acordo com o Centro de Controle Operacional da Eco101, concessionária responsável pela administração da via, a vítima fatal era motorista de um dos veículos envolvidos no acidente. O homem morreu no local.  

Dentre os feridos, três pessoas foram encaminhadas para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, uma para o Hospital Infantil, também na capital, e outras três para o Hospital São Camilo, em Aracruz. 

Ambulâncias, viatura de inspeção e guincho da Eco 101, além da Polícia Rodoviária Federal, Samu, Corpo de Bombeiros, perícia da Polícia Civil e IML foram acionados para dar apoio a ocorrência. 

Ainda não há informações sobre como o acidente ocorreu. Uma das pistas precisou ser interditada e o tráfego está seguindo em sistema pare e siga.

Leia mais:  Fundação Renova abre 1.400 vagas para 75 cursos de aprimoramento profissional
Continue lendo

Cidades

Navio encalhado é retirado de Porto em Aracruz

Publicado

A operação aconteceu na noite de sexta-feira (22); a embarcação, carregada de celulose, seguia para Singapura

O navio mercante Saga Morus, carregado de celulose e que havia encalhado ao tentar uma manobra de saída do Porto de Barra do Riacho, em Aracruz, foi retirado do local na noite de sexta-feira (22). 

A embarcação seguia para Singapura e, segundo a Capitania dos Portos do Espírito Santo, assim que houve o anúncio do encalhe, foram deslocadas duas equipes até o local, sendo uma por terra e outra por via marítima. 

A análise da Capitania concluiu que o navio não oferece risco à navegação. Também não foram encontrados indícios de danos estruturais ou vazamento de resíduos poluentes. Os tripulantes passam bem.

Em razão do acidente, foi instaurado inquérito administrativo para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do ocorrido. 

Segundo o site Marine Traffic, o navio tem bandeira de Hong Kong e atracou em Portocel na última quarta-feira (20), vindo do Porto de Vila do Condé, no Pará.

Leia mais:  Samu abre inscrições para processo seletivo com salários de até R$ 8 mil. Saiba mais!
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana