conecte-se conosco


Cidades

Mapa e Anater lançam cartilha com medidas de higiene para o período de colheita

Publicado

A necessidade de assegurar o abastecimento e a segurança alimentar dos brasileiros durante a pandemia do Coronavirus intensificou a adoção de cuidados de higiene em toda a cadeia de agrícola, incluindo a atividade de colheita no campo.

Para isso, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) elaboraram uma cartilha com recomendações gerais, durante a colheita, no transporte e no alojamento dos trabalhadores.

O documento reúne 35 orientações visando a segurança das pessoas envolvidas na colheita de produtos vegetais e estão alinhadas com as diretrizes do Ministério da Saúde.

São sugestões que englobam desde conceitos básicos como lavar as mãos com água corrente e sabão líquido; orientar os funcionários em relação aos cuidados com higiene pessoal e uso de equipamentos de proteção individual e outros mais específicos ligados à atividade.

Entre eles, ampliar o período de colheita, quando possível, separar os colhedores por carreiras, fazer revezamento de turnos no transporte dos trabalhadores do campo.

O documento ressalta que, por se tratar de recomendações, “não impõe regras e visa unicamente consolidar diretrizes já estabelecidas e o incremento de higienização durante atividade de colheita de produtos vegetais”.

Lembra ainda, que como o coronavírus pode persistir por horas ou dias, a depender da superfície, da temperatura e da umidade do ambiente, uma das estratégias mais importantes para evitar a exposição é redobrar os cuidados com a higiene.

Destaca, ainda, que todas as atividades devem considerar rigorosamente as diretrizes de segurança mínima estabelecidas para conter o avanço da Covid-19 apresentadas pelo Ministério da Saúde, bem como as prescrições previstas no Regulamento Sanitário Internacional anexo ao Decreto 10.212/2020, definidos na 58ª Assembleia Mundial de Saúde.

Calendário agrícola

A possibilidade de realizar colheita de diversas culturas praticamente durante todo o ano nas diferentes regiões, conferindo ao Brasil o calendário agrícola mais dinâmico do mundo, faz do campo um dos maiores empregadores de mão de obra do país.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a dimensão territorial nacional permite a realização de até três safras de grãos no mesmo ano agrícola (setembro a agosto).

Neste período do outono, segundo o calendário da Conab, estão em colheita culturas como algodão, arroz, feijão ( em algumas regiões logo já começa a 2º safra), milho (1º safra); soja, entre outras. Há regiões do país, dependendo da cultura, estão em fases diferentes da colheita.

A cartilha está disponível no link a seguir:

https://www.evairdemelo.com.br/files/publicacoes/publicacao-25.pdf

*Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

Leia mais:  Sedu divulga novos conteúdos de apoio à preparação para o Enem
publicidade

Cidades

VÍDEO | Casa fica destruída após celular explodir em Viana

Publicado

De acordo com uma testemunha, o incêndio teria começado após faíscas saírem de um celular

Na tarde desta quinta-feira (21), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência de incêndio no bairro Ipanema, em Viana. Os agentes conseguiram apagar as chamas que tiveram início em um dos quartos da casa e ninguém ficou ferido. 

Diversos cômodos foram atingidos pelas chamas que, de acordo com a moradora da residência, teriam iniciado no momento em que uma amiga da família estava em um dos quartos da casa mexendo no celular.

Na residência moram uma mãe com quatro filhos. Quando tudo aconteceu ela estava com três filhos na casa de parentes e não viu quando o fogo começou. 

A testemunha, que usava o aparelho, contou que o celular não estava carregando e que teria começado a soltar faíscas. Com medo, ela contou que jogou o celular pra cima e saiu correndo. Neste momento, o aparelho teria batido em um dos filhos da proprietária da casa que também estava no quarto, um adolescente de 16 anos, mas por sorte causou apenas ferimentos leves. Depois disso, o celular teria pegado fogo e as chamas se espalharam pelos cômodos.

Ainda de acordo com a testemunha, o aparelho nunca apresentou sinais de defeito, nem mesmo aumento de temperatura ou algum outro sinal de que pudesse explodir.

Ao chegar na casa e se deparar com tudo em chamas, Biala de Oliveira, mãe dos quatro filhos chegou a desmaiar. “Foi uma cena horrível que eu não vou esquecer nunca na minha vida, eu tenho 32 anos e nunca esperei passar por isso, praticamente vou começar do zero, uma cosa e que eu tanto lutei e corri atrás, e você ver o fogo acabar com tudo em minutos é muito triste”, contou a proprietária da casa em prantos. 

Atualmente Biala está desempregada, ela já estava passando por momentos difíceis e agora não sabe como vai recomeçar. Mesmo com tanto prejuízo, a família conseguiu separar o pouco que restou depois do fogo, apenas alguns objetos de cozinha e roupas

“Quem puder estar me ajudando eu agradeço pois no momento estou desempregada e agora eu não sei nem por onde começar. Por enquanto vou ficar na casa da minha irmã até conseguir me erguer”, disse.

O Corpo de Bombeiros não apresentou dados que comprovem a real origem das chamas. Todos os moradores da casa conseguiram sair do local a tempo e a família vai solicitar perícia.

Leia mais:  Vítima fatal da covid-19 no ES era hipertenso e obeso
Continue lendo

Cidades

Operação “Salvamar” já atendeu mais de 750 ocorrências nas praias de Linhares neste Verão

Publicado

Resgates, atendimentos hospitalares e abordagens preventivas estão entre as 750 ocorrências atendidas pela Operação “Salvamar” realizada desde o início do Verão nos balneários de Pontal do Ipiranga, Regência e Povoação. Até o momento, os profissionais do Corpo de Bombeiros não registraram nenhuma ocorrência com vítima fatal.

O trabalho conjunto, realizado pela Prefeitura de Linhares, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, em parceria com o Corpo de Bombeiros, segue no litoral do Município até o fim do Verão 2021, com a proposta de garantir mais segurança aos banhistas.

“Graças a Deus até o momento não registramos nenhuma ocorrência com vítima fatal. Vale reforçar que é sempre importante que os banhistas procurem os pontos protegidos pelos nossos guarda-vidas para entrarem na água. Com isso, as chances de continuarmos salvando vidas são maiores”, destacou o sargento do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Linhares e supervisor dos guarda-vidas, Gustavo Freitas Pires.

A Operação “Salvamar” conta com 33 guarda-vidas atuando diariamente nas três praias. Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, os profissionais também reforçam as orientações em relação às medidas de combate e enfrentamento ao vírus.

Dicas para aproveitar o verão de forma segura nas praias de Linhares:

– Evitar ficar aglomerados;

– Mantenha sempre o distanciamento social;

– Faça sempre o uso da máscara de proteção facial;

– Faça sempre a higienização das mãos com álcool em gel;

– As crianças não devem ficar longe do raio de visão. Os pais ou responsáveis devem ficar atentos a elas;

– Evitar colocar bóias em crianças e deixá-la sozinha no mar;

– Não cometer excessos na alimentação. Aguardar duas horas, no mínimo, para banhar-se;

– Ter em mente que bebida alcoólica não combina com banho de mar;

– Nadar apenas em áreas supervisionadas por salva-vidas;

– Nadar sempre em companhia de outras pessoas. Evite nadar sozinho;

– Evitar deslocar-se muito para o fundo, tendo a água na altura da cintura;

– Respeitar o limite para banhistas;

– Ter cuidado com depressões e bancos de areia.

Leia mais:  Feiras livres são suspensas novamente em Vitória por descumprimento de regras
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana