conecte-se conosco


Entretenimento

Marcos Pitombo irá à Justiça após boato de caso com ex de Pugliesi

Publicado

Defesa do ator já acionou judicialmente perfil da web que envolveu o nome dele no término do casal e entrará com ações nas esferas cível e criminal

O ator Marcos Pitombo negou e repudiou todos os boatos que envolveram seu nome após o anúncio do fim do casamento da influenciadora digital Gabriela Pugliesi e do modelo Erasmo Viana. Além de desmentir os rumores de que teria um caso com Erasmo e de que seria pivô do término da relação do ex-casal, o Felipe de Haja Coração confirmou à Quem nesta terça (23), por meio de sua assessoria de imprensa, que sua defesa já notificou judicialmente o perfil de Instagram que espalhou inverdades a seu respeito. 

“A advogada Mariana Zonenschein, do escritório Asseff Zonenschein, já notificou judicialmente o perfil no Instagram que envolveu o nome do ator na separação do casal e entrará com ações nas esferas cível e criminal contra quem insistir em propagar essa notícia sem qualquer fundamento ou amparo na realidade. O site lançou mão de uma notícia falsa para criar factoides, gerar cliques e monetizar a pseudo informação caluniosa”, diz o comunicado da assessoria de Marcos Pitombo.

A assessoria de Gabriela Pugliesi afirmou que a influenciadora digital “já falou tudo o que tinha para falar a respeito do fim de seu relacionamento pelo IGTV e também não irá se pronunciar sobre boatos”. Também procurada, a assessoria de Erasmo não retornou o contato da reportagem até o fechamento desta publicação.

SEPARAÇÃO

Erasmo contou no domingo (21), no Instagram, que não estava mais com a influencer e que havia cometido um erro grave. Na manhã desta segunda (22), Gabriela também se pronunciou sobre o término em um vídeo publicado na rede social.

Gabriela Pugliesi e Erasmo Viana (Foto: Reprodução/Instagram)

“Não dá para ficar fazendo a blasé e fingir que nada aconteceu. Terminei meu casamento, sim, fiquei na merda por dois dias, mas já levantei a cabeça. Erasmo errou comigo”, afirmou.

“Sou uma mulher muito decidida e prática. Na mesma intensidade que eu amo, eu desapego quando sei que é um sentimento que não me faz bem. Gosto de falar sobre como encaro situações inesperadas na minha vida. Sempre falei que o que mais acredito é que nada acontece nessa vida por acaso. Eu me sinto à vontade para ser vulnerável”, disse ela.

Gabriela disse que 2020 foi um ano difícil. No início da pandemia, ela recebeu duras críticas por aglomerar pessoas em festa na sua casa, chegando a perder contratos e a desativar o Instagram. Ela também foi um das primeiras famosas a ser diagnosticada com o coronavírus no país. “Queria aproveitar esse vídeo para contextualizar, porque não quero que seja um vídeo inútil sobre um término de casamento. Cada vez mais me sinto a vontade de ser vulnerável aqui, faz bem pra mim, tirar isso de dentro. 2020 foi um ano duro pra mim, mas foi necessário, porque foi importante para me impulsionar. Eu amadureci demais. Eu também tinha minhas questões pessoais que eu tinha que lidar. Agora que estou separada, posso falar para vocês que tentei engravidar durante um ano e três meses.”

A influencer contou que tentou diferentes métodos. “Com tratamento, fiz inseminação, usei muitos hormônios para induzir ovulação, fiz FIV, foram muitas tentativas. Todas frustradas. Toda mulher sabe o quão doloroso são essas tentativas. Meu corpo mudou completamente, fiquei com celulite até o joelho, minha cabeça pirou. Tinha dias que eu tava com depressão e outros tava radiante. São muitos picos hormonais. É como se fosse uma TPM eterna. Vivia cada dia pensando no próximo dia, quando teria resultados. Eu me anulei. Eu não dividi nada disso com a minha mãe porque era um sonho pra ela também. Eu vivi tudo isso sozinha e com o Erasmo, que também queria muito ter um filho. Os dois queriam muito. Ele tava tanto do meu lado, que esse mês agora teve um acontecimento e eu terminei meu casamento. Eu estou resumindo muito”, completou.

Leia mais:  Fernando Pires é internado após acidente doméstico
publicidade

Entretenimento

Morre José Luiz Gobbi, personalidades do ES lamentam a morte do artista 

Publicado

José estava intubado por complicações a partir de uma insuficiência respiratória e morreu na noite de quinta-feira (13), na Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí

Após a notícia da morte do ator, produtor e diretor teatral José Luiz Gobbi,  personalidades capixabas usaram as redes sociais para lamentar a perda do artista, que ficou eternizado pelo papel de Marly, na peça “Hello Creuzodette”. 

José estava intubado por complicações a partir de uma insuficiência respiratória e morreu na noite de quinta-feira (13), na Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí, no sul do Espírito Santo. O governador do Estado, Renato Casagrande, foi um dos primeiros a comentar a morte do artista, destacando que “a cultura está em luto”. 

O secretário de Cultura do Espírito Santo, Fabrício Noronha, também se pronunciou nas redes sociais. “A nossa cultura e o nosso teatro em luto com a partida do querido José Luiz Gobbi”.

A vereadora de Vitória, Karla Coser, afirmou que o artista foi muito importante para a cultura capixaba, além de um amigo de sua família. “Com o teatro tocou minha vida e minha formação.”

Sobre o artista
Aos 66 anos, o artista, servidor público aposentado pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TC-ES) se mudou de Vitória e morava, desde 2020, em Patrimônio da Penha, na região do Alto Caparaó, em Divino São Lourenço. 

Gobbi encarnou a personagem Marly pela primeira vez no espetáculo “Hello Creuzodete” em 1992. A personagem é uma mulher que vive sozinha em seu apartamento e que não consegue arranjar um namorado, e passa o tempo falando com a amiga Creuzodete pelo telefone.

Ela foi criada em 1973 pelo jornalista, ator, escritor, poeta e cartunista Milson Henriques (1938-2016). Originalmente, Marly existia apenas nas tiras de quadrinhos, publicadas no extinto jornal impresso “A Gazeta”, até ganhar vida através de Gobbi nos palcos. A personagem é reverenciada como ícone da cultura capixaba.

“Hello Creuzodete” foi sucesso absoluto, com 133 apresentações ininterruptas ao longo de um ano e meio. Outros três espetáculos foram criados. O último deles apresentado em 2007. Gobbi fazia performances com a personagem em eventos privativos. 

Leia mais:  Fernando Pires é internado após acidente doméstico
Continue lendo

Entretenimento

Comediante da personagem Marly está intubado em UTI no ES

Publicado

O ator José Luiz Gobbi dá vida ao personagem mais famoso do cartunista Milson Henriques, falecido em 2016

O ator e produtor diretor teatral José Luiz Gobbi, intérprete da eterna solteirona Marly da peça “Hello Creuzodette”, foi intubado por complicações a partir de uma insuficiência respiratória e está numa UTI na Santa Casa de Misericórdia, de Guaçuí, no sul do Espírito Santo.  

A notícia foi dada pela irmã do artista, a médica Penha Gobbi Fraga. Em uma publicação nas redes sociais, ela pede orações para o irmão. Foi descartada infecção por covid-19.

Aos 66 anos, o artista, servidor público aposentado pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TC-ES) se mudou de Vitória e mora, desde 2020, em Patrimônio da Penha, na região do Alto Caparaó, em Divino São Lourenço. 

Sucesso teatral

Gobbi encarnou a personagem Marly pela primeira vez no espetáculo “Hello Creuzodete” em 1992. A personagem é uma mulher que vive sozinha em seu apartamento e que não consegue arranjar um namorado, e passa o tempo falando com a amiga Creuzodete pelo telefone. 

Ela foi criada em 1973 pelo jornalista, ator, escritor, poeta e cartunista Milson Henriques (1938-2016). Originalmente, Marly existia apenas nas tiras de quadrinhos, publicadas no extinto jornal impresso “A Gazeta”, até ganhar vida através de Gobbi nos palcos. A personagem é reverenciada como ícone da cultura capixaba.

“Hello Creuzodete” foi sucesso absoluto, com 133 apresentações ininterruptas ao longo de um ano e meio. Outros três espetáculos foram criados. O último deles apresentado em 2007. Gobbi fazia performances com a personagem em eventos privativos. 

Leia mais:  Prefeitura de SP pede penhora de bens de Roberto Carlos
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana