conecte-se conosco


Camisa 10

Marechal Floriano recebe etapa do Campeonato Estadual de Ciclismo

Publicado

Mais de 200 atletas capixabas vão disputar, no domingo (16), o Campeonato Estadual MTB XCM de Ciclismo. Organizada pela Federação Espirito Santense de Ciclismo (FESC), a competição conta com o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), por meio do programa Chamamento Público para Eventos.

A prova será realizada em dois percursos distintos: um de 69 quilômetros, para os atletas profissionais, e outra de 49 quilômetros, para os ciclistas amadores. A largada das duas provas acontecerá às 8 horas, em frente ao campo Bom de Bola do município.

Válida ainda como a última etapa do campeonato de 2021, a prova contará com mais de 20 categorias, entre Elite, Master e Pessoa com Deficiência (PCD).

O evento contará com um investimento de, cerca de, R$ 66 mil por parte da Sesport. Esse apoio, segundo Marcos Duarte, o presidente da FESC, foi fundamental para a realização da competição.

“O apoio do Governo do Estado é muito importante para o fomento do esporte. Os custos para a realização de um evento como esse são muito altos, afinal temos que arcar com toda a estrutura. Vale frisar também a importância de competições como essa para o alto rendimento, mas também para o lado social, afinal o ciclismo é um esporte democrático, que pode começar a ser praticado por pessoas de todas as idades”, contou.

Congresso técnico

Antes da prova, que será realizada no domingo, o Campeonato Estadual de Ciclismo promoverá, com os atletas inscritos, um congresso técnico virtual. A ação está prevista para ser realizada, nesta sexta-feira (14), às 20 horas, pela página da Federação no Instagram (@fesc_ciclismo).

Leia mais:  Edição 2021 dos Jogos Escolares do Espírito Santo (JEES) não será mais realizada
publicidade

Camisa 10

Ainda sem reforços, Flamengo de Paulo Sousa inicia ano com 24 remanescentes do grupo de 2021

Publicado

“Emprestados” para o começo do estadual, Ramon e João Gomes estão à disposição de Fábio Matias, enquanto Lázaro e Matheus França vêm trabalhando sob orientação do português

O Flamengo vai se reforçar, e Paulo Sousa deixou isso claro em suas primeiras entrevistas. Ele entende que é preciso qualificar o plantel. Mas, além de melhorar o nível, é preciso também encorpar o grupo. O treinador deu o start em 2022 com um plantel enxuto, composto por apenas 24 remanescentes do grupo que encerrou a temporada passada.

São dois goleiros: Diego Alves e Hugo Souza
Seis laterais: Isla, Matheuzinho, Rodinei, Filipe Luís, Renê e Ramon*
Quatro zagueiros: Rodrigo Caio (indisponível), Léo Pereira, Gustavo Henrique e David Luiz
Quatro volantes: Willian Arão, Thiago Maia, Andreas e João Gomes*
Três meias: Arrascaeta, Everton Ribeiro e Diego
Cinco atacantes: Gabigol, Bruno Henrique, Pedro, Michael e Vitinho

Por questões de ordem médica e planejamento, o número cai para 22 atletas. Rodrigo Caio, em recuperação de nova cirurgia, e Matheuzinho, que testou positivo para Covid-19, não se reapresentaram na última segunda-feira. O lateral-direito, porém, se junta ao grupo no próximo dia 17.

Além disso, João Gomes e Ramon, que já integravam o elenco profissional, foram “emprestados” para o grupo designado para disputar as primeiras rodadas do Carioca. Fábio Matias, técnico do sub-20, é quem vem tocando a preparação para o estadual desde a saída de Maurício Souza. Em compensação, Lázaro e Matheus França vêm treinando com Paulo Sousa. A “promoção”, porém, não impede que a dupla atue no estadual.

Do grupo que terminou a temporada passada, saíram nos últimos dias o goleiro César, o atacante Kenedy e o volante Piris da Motta. Gabriel Batista, fora dos planos da comissão técnica, treina à parte e deixará o Flamengo tão logo que chegue uma proposta interessante para as duas partes. Gabriel tinha situação encaminhada para o futebol europeu, mas esta acabou dando para trás. Apesar da mudança de panorama, o jogador de 23 anos não seguirá na Gávea.

Enquanto Paulo Sousa aguarda peças para encorpar seu elenco, a equipe dirigida por Fábio Matias faz seu primeiro jogo-treino neste sábado, às 16h, contra o Nova Iguaçu, no Ninho do Urubu.

Leia mais:  Diretoria do Vasco estaria cogitando demissão de Ramon Menezes
Continue lendo

Camisa 10

Renan Lodi ‘perdeu chance’ na seleção por não ter se vacinado

Publicado

Segundo Tite, lateral tomou a primeira dose no dia 10, o que impediria sua entrada no Equador para o primeiro jogo da seleção

Entre as ausências na lista de convocação do técnico Tite, uma chamou mais atenção que as demais: Renan Lodi. O lateral-esquerdo do Atlético de Madrid foi titular durante boa parte do ciclo para a Copa do Mundo do Catar, mas, segundo o treinador, o atleta “perdeu a oportunidade de concorrer” por não ter se vacinado contra a Covid-19.

“O que posso antecipar é que o Renan Lodi não pôde ser convocado pela não vacinação. Ele perdeu a oportunidade de concorrer”, afirmou Tite. “Eu, particularmente, entendo que a vacinação é uma responsabilidade social. Eu trago comigo. Eu e minha família. Eu e meus netos. Queria ter meus pais, não tenho. Mas queria poder protegê-los”, justificou. 

Tite ainda complementou sua resposta argumentando que a decisão se deu também considerando o contexto de outros países, que exigem o “passaporte” de vacinação. “Segundo aspecto é respeitando a parte das autoridades sanitárias de cada país. Renan Lodi não poderia entrar no Equador. Ele teve a primeira dose da vacina no dia 10. Não estaria apto para estar com a delegação”, disse o técnico.

Apesar da fala de Tite, César Sampaio, auxiliar fixo da seleção brasileira, argumentou que a comissão técnica não obrigou nenhum atleta a se vacinar. 

Tite ainda lembrou que o mesmo não foi considerado pela Argentina, e lembrou o episódio na Neo Química Arena, em que a Anvisa interveio e interrompeu a partida por conta da entrada de jogadores não vacinados e que teriam mentido em documentos no desembarque no Brasil.

“Respeitamos as leis deste país. Diferente do que aconteceu quando a Argentina veio e entrou com atletas sem autorização. Fizemos a nossa parte, entramos em campo. Ninguém vem aqui e faz o que quer. A Anvisa e a Polícia Federal fizeram o que tinham que fazer. Estou na expectativa da decisão final da Fifa. Pois em termos esportivos e termos legais fizemos tudo corretamente”, completou Tite. 

Leia mais:  Vitor Belfort revela luta com Holyfield e quer revanche com Spider no boxe
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana