conecte-se conosco


Camisa 10

Montevidéu será palco das finais da Libertadores e da Sul-Americana em 2021

Publicado

Conmebol bate martelo sobre locais da decisão dos principais torneios de clubes do continente e escolhe estádio que não estava em lista inicial. Brasília sediará final da Sul-Americana em 2022

Estádio Centenário, em Montevidéu, será o palco das finais dos dois principais torneios de clubes da América do Sul em 2021, a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, durante reunião do Conselho da Conmebol, realizada de maneira virtual. A confederação também determinou que o Monumental de Guayaquil, no Equador, será a sede da final da Libertadores em 2022, e o Mané Garrincha, em Brasília abrigará a decisão da Sul-Americana no ano que vem.

A final da Libertadores 2021 será realizada no dia 20 de novembro, um sábado, em horário a ser definido. A decisão da Copa Sul-Americana será no dia 6 de novembro, duas semanas antes.

Intermediação de vacinas tem peso na escolha

Ao escolher a capital do Uruguai para a decisão da Libertadores, a Conmebol rasgou seu próprio processo de seleção da final da Libertadores. Em 19 de fevereiro, a entidade publicou uma lista com os estádios candidatos a receber as finais do torneio. Ali não constava o Uruguai como possível sede.

A situação mudou radicalmente nas últimas semanas, quando o governo do Uruguai atuou como intermediário para a obtenção de 50 mil vacinas contra a Covid-19 do laboratório chinês Sinovac. Na ocasião, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, agradeceu ao governo uruguaio pela ajuda “desinteressada” na negociação pelas vacinas – que já começaram a ser aplicadas em clubes do continente.

Também pesou a favor do Uruguai o ritmo de vacinação da população, mais alto do que de todos os países do continente – com exceção do Chile. Até o dia 12 de maio, 36% da população já havia tomado pelo menos a primeira dose de alguma vacina. O governo do Uruguai garantiu à Conmebol que conseguirá fazer os jogos com portões abertos e presença de público.

Oficialmente, em comunicado nesta quarta, a Conmebol destacou que pesou a favor do lendário estádio a situação sanitária no Uruguai com relação à pandemia da Covid-19.

– A boa situação de saúde projetada para novembro no Uruguai, país que planeja vacinar um alto percentual de sua população em julho, foi decisiva para a decisão em um ano excepcional condicionado pela pandemia – diz a nota.

Durante a reunião do Conselho desta quinta-feira, representantes da AUF (Associação Uruguaia de Futebol) prometeram um investimento milionário para modernizar o estádio Centenário para as finais da Sul-Americana e da Libertadores.

O governo uruguaio, desta forma, vinha demonstrando otimismo nas últimas semanas em levar a melhor na disputa para receber a final da Copa Libertadores neste ano. O secretário nacional do Esporte do país, Sebastián Bauzá, declarou no fim do mês passado que tinha “muitas esperanças” após a inspeção da Conmebol no local, que foi palco da final da Copa do Mundo de 1930, a primeira da história.

– Além disso, as únicas finais servirão como uma espécie de relançamento do estádio Centenário, no marco da candidatura sul-americana para a Copa do Mundo de 2030. Com efeito, a Federação Uruguaia de Futebol traçou um plano de investimentos em seu principal recinto esportivo, com a meta de chegar a 2030 com uma renovação radical. Ainda no que diz respeito à capacidade hoteleira e operação aeroportuária, Montevidéu obteve uma classificação elevada – completa o comunicado da Conmebol.

Esta será a oitava vez que o jogo da disputa do título da Libertadores vai ser no Centenário. A final da competição não é realizada lá desde 1988, quando o campeão foi o Nacional, último uruguaio a levantar a taça.

Leia mais:  Ganso, do Fluminense, é diagnosticado com apendicite e será submetido a cirurgia
publicidade

Camisa 10

Globo coloca jogo do Flamengo para ‘barrar’ crescimento do SBT com Seleção Brasileira na Copa América

Publicado

O Flamengo foi peça chave na manobra da Globo para travar o crescimento do SBT com a transmissão do jogo da Seleção Brasileira contra a Venezuela, domingo, às 18h, pela abertura da Copa América. O confronto entre Fluminense e Bragantino, marcado anteriormente para às 16h do mesmo dia, sofreu alterações. Agora, a Globo irá transmitir Flamengo x América-MG no mesmo horário, enquanto o duelo do rival carioca passou para às 20h30.

Assim, para impedir que a emissora de Silvio Santos assuma a liderança em audiência com o jogo da Seleção pela competição sul-americana sediada no Brasil, o Grupo Globo espera criar larga vantagem ao assumir praças no Rio de Janeiro, Distrito Federal e estados da região Norte e Nordeste.

Já para o confronto entre Atlético-MG e São Paulo, às 16h, a Globo reservou os estados de São Paulo e Minas Gerais para exibir ao vivo o duelo. Grêmio x Athletico-PR vai ao ar para o Rio Grande do Sul.

Com a Seleção Brasileira entrando em campo próximo às 18h, a expectativa da rede carioca é diminuir a migração de audiência de torcedores que acompanhavam as partidas do Brasileirão para o SBT.

Leia mais:  Governador participa de visita à delegação do Botafogo
Continue lendo

Camisa 10

Ex-atacante de Flamengo e Santos morre em acidente

Publicado

Segundo informações da Polícia Militar, o ex-jogador Diogo perdeu controle de sua moto e bateu em um poste. Ele iniciou sua carreira no Santos e passou pelo Flamengo em 2004. Seu último time foi o Grêmio Maringá

O ex-jogador Diogo, 38 anos, que teve passagem pelo Flamengo e pela base do Santos, morreu na noite desta quarta-feira, em um acidente de moto, na cidade de Maringá, no norte do Paraná.

Segundo informações da Polícia Militar de Maringá, Diogo estava dirigindo uma moto, quando perdeu o controle e bateu em um poste de energia elétrica. Ele teve traumatismo craniano, não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Diogo jogou pelo Teófilo Otoni, de Minas Gerais — Foto: Divulgação

A morte do jogador foi lamentada pelo Flamengo, em suas redes oficiais. O ex-jogador atuou pelo time em 2004 e é lembrado pela torcida flamenguista por conta de seu primeiro jogo vestindo a camisa rubro-negra, contra o CRB, pela Copa do Brasil. Ele começou nas categorias de base Santos e não chegou a jogar pelo profissional. Depois passou por diversos clubes do Brasil e seu último time foi o Grêmio Maringá, em 2017.

Leia mais:  Suárez chora após título espanhol: 'Atlético me abriu as portas'
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana