conecte-se conosco


Entretenimento

Morre aos 62 anos o jornalista Octávio Tostes

Publicado

Comunicador, que iniciou carreira em 1981, trabalhava na Record TV desde 2011 e exercia a função de editor executivo do Jornal da Record

O jornalista Octávio Tostes, da Record TV, morreu neste sábado (31), aos 62 anos de idade, no Rio de Janeiro.

Talentoso, colega de trabalho admirado e amigo para todas as horas, Tostes não resistiu a uma parada cardíaca hoje de manhã.

O comunicador era editor executivo do Jornal da Record.

Sólida carreira

Nascido no Rio de Janeiro em 7 de julho de 1958, Tostes se formou em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) em 1980.

Ainda no primeiro semestre da faculdade, começou a trabalhar no jornal Bip Jornal. Também passou pelo jornal Hora do Povo e pela COOPIM (Cooperativa dos Profissionais de Imprensa do Rio de Janeiro).

Depois de formado, Tostes começou a carreira com rápida passagem na reportagem da TV Bandeirantes do Rio de Janeiro. Em 1981, ingressou no jornal O Globo, ao exercer a função de copidesque da editoria de Esportes. Ficou no jornal até 1986, quando se transferiu para a revista Isto É, onde ficou de dezembro de 1986 até maio de 1987.

Em maio de 1987, Tostes ingressou na TV Globo, onde cumpriu as funções de chefe de reportagem da editoria Rio de Janeiro, além de editor do Jornal da Globo, Jornal Nacional e Globo Repórter.

Tostes tem no currículo a participação em grandes coberturas, como as eleições presidenciais de 1989, a Guerra do Golfo e a Eco-92.

Também colaborou com a emissora americana CNN, na produção de um programa internacional em 1994. Depois de se desligar Globo, trabalhou na Copa do Mundo de 1994 como freelancer, e nas TVs SENAC e Cultura.

De 1997 a 1999, passou a trabalhar na CBS Telenotícias do Brasil, um canal em português montado pela CBS e com contrato de prestação de serviço com o SBT.

Em 1999, voltou ao Brasil assumiu a coordenação do Jornal Nacional em São Paulo.

No início dos anos 2000, passou a exercer o cargo de gerente de conteúdo da Globo.com, onde permaneceu até junho de 2001. Também passou por empresas como TV Gazeta, AOL Brasil, Rede Amazônica – afiliada da Rede Globo que transmite para os estados do Amapá, Acre, Rondônia, Roraima e Amazonas. 

Entre 2007 e 2009, tornou-se consultor da editora Conteúdo Editorial, de São Paulo, especializada em Tecnologia da Informação.

Desde 2011, trabalhava como coordenador e editor de telejornais da Record TV.

O corpo de Octávio Tostes será cremado, no Rio de Janeiro, neste domingo em cerimônia reservada para a família.

Leia mais:  Huck prepara o aviso: renova com a Globo e desiste de candidatura
publicidade

Entretenimento

Band planeja substituir ‘Show da Fé’ de RR Soares por Fausto Silva

Publicado

Fausto Silva deixou a Globo antes do fim do contrato e já se acertou com a Band. Agora, a emissora quer escalar o apresentador em um programa no horário do Show da Fé, e tenta convencer o missionário R. R. Soares a aceitar um espaço na madrugada.

Band planeja colocar no ar um programa diário de Fausto Silva, no horário nobre, para lutar contra suas concorrentes pela audiência de maneira mais firme. Reformas nos estúdios na sede da emissora, no Morumbi, já foram iniciadas com esse propósito.

Para isso, precisa convencer o fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus a abrir mão do espaço atualmente ocupado.

Show da Fé é exibido na Band há 18 anos, sempre numa faixa de destaque na programação. O contrato milionário rende um valor significativo, e a direção da emissora não pretende abrir mão dessa fonte de receita.

Para isso, mesmo que tenha que reduzir o valor cobrado, tenta convencer R. R. Soares a ocupar o horário entre 01h30 e 03h45, para que Faustão possa entrar no ar depois do Jornal da Band, às 20h30, esticando o futuro programa até 22h00.

De acordo com informações do Uol, o horário da madrugada vem sendo ocupado por reprises jornalísticas. Até 2019, a Igreja Universal do Reino de Deus alugava essa faixa e desde então concentra o investimento na Rede 21, que pertence ao Grupo Bandeirantes.

“R.R. Soares tem boa relação com a direção da Band e sempre foi um pagador em dia. Em alguns anos mais apertados, o dinheiro vindo da Igreja Internacional da Graça de Deus, da qual Soares é líder, sempre ajudou a Band a fechar as contas”, informaram os jornalistas Daniel Castro e Gabriel Vaquer.

Se o missionário aceitar a oferta da Band, a Igreja Internacional da Graça ocupará a madrugada em duas emissoras, já que desde 2009 ele aluga essa faixa de horário na RedeTV!, além de tocar sua própria emissora, a Rede Internacional de Televisão (RIT TV).

Leia mais:  Panqueca fit de banana e aveia de microondas
Continue lendo

Entretenimento

Justiça não aceita ação da mãe de Gabriel Medina contra nora

Publicado

A Justiça julgou como improcedente o processo aberto por Simone Medina, mãe de Gabriel Medina, contra Bruna – sua nora e esposa de Felipe, seu outro filho -, nesta semana.

De acordo com o colunista Leo Dias, o magistrado avaliou a ação como um conflito familiar, não um caso para ser avaliado pelo judiciário

“Pela análise das provas produzidas, evidencia-se que não houve lesão aos direitos da personalidade da autora, uma vez que não foram proferidas ofensas em seu desfavor pela requerida, sendo que sequer o nome da autora fora mencionado, circunscrevendo-se a sua fala em típica manifestação do pensamento livre em sociedade democrática, inexistindo danos morais capazes de ensejar uma condenação, não tendo o descontentamento manifestado pela requerida na rede social ultrapassado os parâmetros da razoabilidade”, definiu o juiz.

E destacou: “De igual modo, no que tange ao pedido de retratação, uma vez que as publicações já foram excluídas e datam de meses atrás, é certo que eventual retratação só reavivaria e daria maior, tardia e inoportuna publicidade às postagens debatidas nesta ação, razões pelas quais também deixo de acolher tal pedido”.

A matriarca havia procurado a Justiça para que Bruna fosse obrigada a se retratar publicamente por ter dito que foi expulsa da casa em que morava – que pertence a Simone -, além de exigir uma indenização da nora. Ambas as solicitações foram negadas.

Além da animosidade com o filho Felipe e Bruna, Simone Medina também está com relações cortadas com Gabriel Medina e Yasmin Brunet, esposa do herdeiro.

Leia mais:  Huck prepara o aviso: renova com a Globo e desiste de candidatura
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana