conecte-se conosco


Entretenimento

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Publicado

Paciente ficou 14 dias internado em um hospital particular de Goiânia. Velório e enterro serão restritos à família e ocorrem no Cemitério Jardim das Palmeiras.

Pai de Zezé di Camargo e Luciano, Francisco José de Camargo, de 83 anos, morreu na noite de segunda feira (23), após 14 dias internado em um hospital particular em Goiânia. A informação foi confirmada pela assessoria da dupla na manhã desta terça-feira (24).

Por meio de nota, o Hospital Órion, onde Francisco estava internado, informou que o paciente morreu às 23h05 por causa de uma parada cardiorrespiratória e uma “instabilidade hemodinâmica”.

O velório está previsto para começar às 10h, no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. O sepultamento está marcado para as 17h. Porém, as cerimônias serão restritas à família para evitar a disseminação do coronavírus.

Também de acordo com a assessoria, Zezé já está na capital goiana. Luciano, que mora em São Paulo, testou positivo para Covid-19 e está em isolamento em casa.

Seu Francisco estava internado desde o último dia 10 de novembro, quando sentiu dores no intestino. Quatro dias depois, ele precisou passar por uma cirurgia de emergência para estancar um sangramento no órgão. No dia, Zezé e Luciano estavam em Goiânia para acompanhar de perto a evolução do quadro.

Francisco Camargo com esposa, filhos e netos; publicada em 24 de novembro de 2020 em redes sociais — Foto: Reprodução/Instagram

Apesar dos filhos famosos, ele só ficou conhecido nacionalmente em 2005, após o lançamento do filme “Dois Filhos de Francisco”, que contou a história dele e de sua família.

Francisco Camargo deixa a esposa, Helena Siqueira de Camargo, de 75 anos, e oito filhos: Mirosmar José de Camargo (Zezé), Marlene José de Camargo, Wellintgton Camargo, Emanoel Camargo, Luciele de Camargo, Welson David de Camargo (Luciano), Wesley José de Camargo e Walter José de Camargo. Outro filho do patriarca da família, Emival Camargo, que foi a primeira dupla com Zezé, morreu em 1975 em um acidente de carro.

Ele também tinha dez netos, incluindo a cantora Wanessa Camargo – filha de Zezé -, e bisnetos.

Internações

Nos últimos anos, Seu Francisco convivia rotineiramente com problemas de saúde e internações. Em março de 2018, ele ficou mais de um mês no hospital devido a uma pneumonia.

Já em fevereiro deste ano, Seu Francisco chegou a ser internado para tratar uma infecção decorrente de um enfisema pulmonar. Ele ficou oito dias no hospital e chegou a ocupar um leito de UTI.

Francisco Camargo com os filhos Zezé e Luciano, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

2 Filhos de Francisco

O filme “2 Filhos de Francisco” foi lançado em 2005 nos cinemas brasileiros e contou a história de vida da dupla Zezé di Camargo e Luciano e o esforço do pai para tornar a dupla famosa no mundo da música sertaneja. O ator Ângelo Antônio foi o responsável por viver o papel de Francisco. Já a atriz Dira Paes foi a responsável por viver a esposa dele, Helena.

Segundo sites especializados em cinema, o longa foi assistido por cerca de 6 milhões de pessoas e arrecadou aproximadamente R$ 34 milhões.

Leia mais:  Vera Fischer faz declaração polêmica sobre Xuxa: “Nem olhou na minha cara”
publicidade

Entretenimento

Morre José Luiz Gobbi, personalidades do ES lamentam a morte do artista 

Publicado

José estava intubado por complicações a partir de uma insuficiência respiratória e morreu na noite de quinta-feira (13), na Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí

Após a notícia da morte do ator, produtor e diretor teatral José Luiz Gobbi,  personalidades capixabas usaram as redes sociais para lamentar a perda do artista, que ficou eternizado pelo papel de Marly, na peça “Hello Creuzodette”. 

José estava intubado por complicações a partir de uma insuficiência respiratória e morreu na noite de quinta-feira (13), na Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí, no sul do Espírito Santo. O governador do Estado, Renato Casagrande, foi um dos primeiros a comentar a morte do artista, destacando que “a cultura está em luto”. 

O secretário de Cultura do Espírito Santo, Fabrício Noronha, também se pronunciou nas redes sociais. “A nossa cultura e o nosso teatro em luto com a partida do querido José Luiz Gobbi”.

A vereadora de Vitória, Karla Coser, afirmou que o artista foi muito importante para a cultura capixaba, além de um amigo de sua família. “Com o teatro tocou minha vida e minha formação.”

Sobre o artista
Aos 66 anos, o artista, servidor público aposentado pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TC-ES) se mudou de Vitória e morava, desde 2020, em Patrimônio da Penha, na região do Alto Caparaó, em Divino São Lourenço. 

Gobbi encarnou a personagem Marly pela primeira vez no espetáculo “Hello Creuzodete” em 1992. A personagem é uma mulher que vive sozinha em seu apartamento e que não consegue arranjar um namorado, e passa o tempo falando com a amiga Creuzodete pelo telefone.

Ela foi criada em 1973 pelo jornalista, ator, escritor, poeta e cartunista Milson Henriques (1938-2016). Originalmente, Marly existia apenas nas tiras de quadrinhos, publicadas no extinto jornal impresso “A Gazeta”, até ganhar vida através de Gobbi nos palcos. A personagem é reverenciada como ícone da cultura capixaba.

“Hello Creuzodete” foi sucesso absoluto, com 133 apresentações ininterruptas ao longo de um ano e meio. Outros três espetáculos foram criados. O último deles apresentado em 2007. Gobbi fazia performances com a personagem em eventos privativos. 

Leia mais:  Xand Avião é acusado por internautas de fingir que contraiu Coronavírus: 'Não minto'
Continue lendo

Entretenimento

Comediante da personagem Marly está intubado em UTI no ES

Publicado

O ator José Luiz Gobbi dá vida ao personagem mais famoso do cartunista Milson Henriques, falecido em 2016

O ator e produtor diretor teatral José Luiz Gobbi, intérprete da eterna solteirona Marly da peça “Hello Creuzodette”, foi intubado por complicações a partir de uma insuficiência respiratória e está numa UTI na Santa Casa de Misericórdia, de Guaçuí, no sul do Espírito Santo.  

A notícia foi dada pela irmã do artista, a médica Penha Gobbi Fraga. Em uma publicação nas redes sociais, ela pede orações para o irmão. Foi descartada infecção por covid-19.

Aos 66 anos, o artista, servidor público aposentado pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TC-ES) se mudou de Vitória e mora, desde 2020, em Patrimônio da Penha, na região do Alto Caparaó, em Divino São Lourenço. 

Sucesso teatral

Gobbi encarnou a personagem Marly pela primeira vez no espetáculo “Hello Creuzodete” em 1992. A personagem é uma mulher que vive sozinha em seu apartamento e que não consegue arranjar um namorado, e passa o tempo falando com a amiga Creuzodete pelo telefone. 

Ela foi criada em 1973 pelo jornalista, ator, escritor, poeta e cartunista Milson Henriques (1938-2016). Originalmente, Marly existia apenas nas tiras de quadrinhos, publicadas no extinto jornal impresso “A Gazeta”, até ganhar vida através de Gobbi nos palcos. A personagem é reverenciada como ícone da cultura capixaba.

“Hello Creuzodete” foi sucesso absoluto, com 133 apresentações ininterruptas ao longo de um ano e meio. Outros três espetáculos foram criados. O último deles apresentado em 2007. Gobbi fazia performances com a personagem em eventos privativos. 

Leia mais:  Coluna Social
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana