conecte-se conosco


Camisa 10

MP denuncia ex-presidente do Fla por incêndio no Ninho do Urubu

Publicado

Além de Bandeira de Mello, outras 10 pessoas são acusadas pela prática de ‘condutas delituosas’ na tragédia que matou 10 atletas

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) denunciou, nesta sexta-feira (15), o ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello e mais 10 pessoas pelo crime de incêndio culposo resultando em morte na investigação sobre o a tragédia no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu.

“Havia o conhecimento de uma série de precariedades na instalação. O CT foi autuado pela prefeitura. O Ministério Público do Rio de Janeiro tentou fazer um termo de ajustamento de conduta para melhorar as inatalações, mas foi rejeitado pelo então diretor”, disse o promotor Décio Alonso.

Incêndio no Ninho matou 10 jovens jogadoresA tragédia, ocorrida em fevereiro de 2019, tirou a vida de 10 jogadores das categorias de base do clube. Todos dormiam no momento em que o fogo tomou conta das instalações.

Além de Bandeira de Mello, presidente do Flamengo entre 2013-2015 e entre 2016-2018, também foram denunciados Antonio Marcio Mongelli Garotti, Carlos Renato Mamede Noval, Claudia Pereira Rodrigues, Danilo da Silva Duarte, Edson Colman da Silva, Fabio Hilario da Silva, Luiz Felipe de Almeida Pondé, Marcelo Maia de Sá, Marcus Vinícius Medeiros e Weslley Gimenes.

Com base na investigação do Gaedest (Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor) o MP-RJ argumenta que “de 2015 até fevereiro do ano de 2019 [data do incêndio], os denunciados, consciente e voluntariamente, praticaram condutas comissivas e/ou omissivas, isolada e/ou conjuntamente, por imperícia, negligência e/ou imprudência penalmente relevantes”.

Em seguida, a Promotoria destaca que “as condutas dos denunciados ao longo do tempo foram a causa única e eficiente para a ocorrência do incêndio de grandes proporções que resultou direta e consequentemente na morte dos dez adolescentes e ferimentos graves em outros três, todos atletas da categoria de base do futebol da referida Agremiação Esportiva, não tendo concorrido para o evento nenhuma condição de caso fortuito ou força maior a afastar a responsabilidade penal na hipótese”.

Ainda segundo o MP, o Flamengo descumpriu sanções administrativas e normas técnicas regulamentares para a fiscalização correta do Corpo de Bombeiros Militar do Rio. Mais do que isso, a contratação de contêineres para dormitório de atletas das categorias de base vai contra as regras de engenharia e arquitetura. “A estrutura de contêiner nunca foi comunicada a nenhum órgão de fiscalização e controle”, afirma Alonso.

O incêndio no Ninho do Urubu, em 8 de fevereiro de 2019, fez dez vítimas fatais. Os atletas Arthur Vinicius de Barros Silva (14 anos), Athila de Souza Paixão (14), Bernardo Augusto Manzke Pisetta (14), Christian Esmerio Candido (15), Gedson Corgosinho Beltrão dos Santos (14), Jorge Eduardo Santos Pereira Dias Sacramento (15), Pablo Henrique da Silva Matos (14), Rykelmo de Souza Viana (16), Samuel Thomas de Souza Rosa (15) e Vitor Isaias Coelho da Silva (15), que dormiam nas instalações improvisadas, morreram

O incêndio no Ninho do Urubu, em 8 de fevereiro de 2019, fez dez vítimas fatais. Os atletas Arthur Vinicius de Barros Silva (14 anos), Athila de Souza Paixão (14), Bernardo Augusto Manzke Pisetta (14), Christian Esmerio Candido (15), Gedson Corgosinho Beltrão dos Santos (14), Jorge Eduardo Santos Pereira Dias Sacramento (15), Pablo Henrique da Silva Matos (14), Rykelmo de Souza Viana (16), Samuel Thomas de Souza Rosa (15) e Vitor Isaias Coelho da Silva (15), que dormiam nas instalações improvisadas, morreram

Histórico do processo

No final de 2020, a investigação sobre o incêndio mudou de mãos. O promotor Luiz Ayres se licenciou do cargo por motivos de saúde e Décio Luiz Alonso Gomes assumiu a denúncia. O novo promotor de Justiça, membro do Gaedest (Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor), já tinha em mãos os últimos relatórios da Polícia Civil do Rio.

O incêndio no Centro de Treinamento George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, aconteceu em 8 de fevereiro de 2019, por volta das 5h. Na ocasião, 22 garotos dormiam em instalações improvisadas dentro dos muros do Flamengo. Uma curto-circuito no ar-condicionado teria sido a causa do incêndio que matou 10 jogadores.

Leia mais:  Nova proposta de Majeski cria Lei de Incentivo ao Esporte R$ 50 milhões poderão ser investidos já em 2020
publicidade

Camisa 10

Olympique oferece R$ 160 milhões ao Flamengo para contratar Gérson

Publicado

Técnico argentino Sampaoli definiu o volante convocado para a seleção olímpica como uma das prioridades no mercado. Diretoria negocia aditivos e deseja permanecer com percentual do volante

Unanimidade pelo Flamengo, convocado pela seleção olímpica e agora também assediado oficialmente pelo mercado europeu. Novidade na última lista do Brasil antes da relação definitiva para os Jogos Olímpicos de Tóquio, Gerson está na mira do Olympique de Marselha a pedido de Jorge Sampaoli, e os franceses já formalizaram uma oferta de 25 milhões de euros (R$ 160 mi na cotação atual) mais aditivos por metas. A diretoria rubro-negra ficou de avaliar.

Gerson Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Esta é a segunda investida do clube de Marselha pelo volante. A primeira foi considerada baixa e o Flamengo sequer abriu conversas, mas, ciente das pretensões rubro-negras no mercado, o Olympique enviou o ex-atacante Túlio de Mello e um sócio francês para intensificar as tratativas. A dupla foi responsável pela negociação de Thuler com o Montpellier recentemente e tem bom diálogo com a diretoria.

O Flamengo não descarta avançar na negociação, mas trabalha por cláusulas de bônus que façam com que o montante possa chegar aos 30 milhões de euros, além de exigir a manutenção de percentual de Gérson para venda futura. Marcos Braz e Bruno Spindel já se reuniram com Marcão, pai de Gérson, e os dois representantes do Olympique.

A situação contratual de Gérson, por sinal, é prioridade no Flamengo. O volante tem um dos menores salários entre os titulares e o clube entende que um reajuste é emergencial. A promessa era de que o aumento aconteceria até o fim de 2020, mas a pandemia fez com que os planos fossem adiados.

O Flamengo sabe que Gérson é o jogador do elenco com maior potencial de mercado e a dúvida agora está em esticar a corda nas negociações com o Olympique de Marselha ou aguardar a abertura da janela na expectativa por ofertas de clubes de maior expressão. O tema é tratado com paciência nos bastidores.

O volante rubro-negro volta ao time no Fla-Flu deste sábado, após duas semanas se recuperando de uma lesão muscular. Gérson é um desejo antigo de Sampaoli, que o indicou assim que chegou ao Olympique, em março, como informou na época o jornalista Giuliano Cossenza.

Gérson teve 100% dos direitos econômicos comprados ao Roma em julho de 2019 por € 11,8 milhões (cerca de R$ 49,7 milhões na época). Desde então, o volante conquistou sete títulos pelo clube, participou de 100 jogos e marcou sete gols.

Leia mais:  'Zombavam de mim na escola', diz goleira campeã brasileira
Continue lendo

Camisa 10

Tite anuncia convocados para partidas contra Equador e Paraguai

Publicado

Rodadas das Eliminatórias da Copa de 2022 serão disputadas nos dias 4 e 8 de junho, em Porto Alegre e em Assunção

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (14) os convocados para as partidas contra Equador e Paraguai, válidas pela Eliminatórias da Copa 2022. Os nomes selecionados para os jogos muito provavelmente já são uma base da seleção que vai disputar a Copa América deste ano.

A primeira partida, contra o Equador, acontece no dia 4 de junho, em Porto Alegre. Já o confronto diante do Paraguai será realizado em Assunção, no dia 8 de junho. 

Entre os jogadores convocados, vale destacar Gabigol, que vive ótima fase pelo Flamengo, as voltas de Daniel Alves, que se reencontrou como ala direito no São Paulo, e Thiago Silva, que está na final da Liga dos Campeões com o Chelsea. Lucas Veríssimo, atualmente no Benfica, foi uma das surpresas, não pelo desempenho, mas por nunca ter sido chamado anteriormente. 

Vale lembrar que, por conta da pandemia, a rodada que aconteceria em março, com jogos contra Colômbia e Argentina, foi adiada. Apesar do apoio da Conmebol em realizar as partidas, os clubes europeus não liberaram seus atletas sul-americano, o que inviabilizou os confrontos.

A convocação para a Copa América, segundo Juninho Paulista, coordenador de Futebol da CBF, será um dia após o confronto contra o Paraguai, no dia 9 de junho.

Veja a lista completa

Goleiros

Ederson (Manchester City – Inglaterra)
Alisso (Liverpool – Inglaterra)
Weverton (Palmeiras – Brasil)

Defensores

Thiago Silva (Chelsea – Inglaterra)
Marquinhos (PSG – França)
Lucas Verissimo (Benfica – Portugal)
Éder Militão (Real Madrid – Espanha)
Dani Alves (São Paulo – Brasil)
Danilo (Juventus – Itália)
Alex Sandro (Juventus – Itália)
Renan Lodi (Atlético de Madrid – Espanha)

Meio-campistas

Casemiro (Real Madrid – Espanha)
Douglas Luiz* (Aston Villa – Inglaterra)
Fabinho (Liverpool – Inglaterra)
Everton Ribeiro (Flamengo – Brasil)
Fred (Manchester United – Inglaterra)
Lucas Paquetá (Lyon – França)

Atacantes

Neymar Jr (PSG – França)
Vinícius Jr (Real Madrid – Espanha)
Everton (Benfica – Portugal)
Roberto Firmino (Liverpool – Inglaterra)
Gabigol (Flamengo – Brasil)
Gabriel Jesus (Manchester City – Inglaterra)
Richarlison (Everton – Inglaterra)

*Douglas Luiz está suspenso e não enfrenta o Equador, no dia 4. Por conta disso, a convocação desta sexta-feira tem 24 nomes, ao invés dos tradicionais 23 convocados.

Leia mais:  Governo confirma vacinação de 1,8 mil atletas a partir desta quarta
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana