conecte-se conosco


Segurança

MPES deflagra Operação Bate-Estaca em Fundão

Publicado

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Fundão, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Central), deflagrou na quinta-feira (23/01) a Operação Bate-Estaca. O objetivo é apurar irregularidades graves e fraudes na contratação e execução de serviços/peças destinados à manutenção preventiva e corretiva de máquinas e veículos pertencentes ao município de Fundão, com suposto direcionamento e superfaturamento em favor da empresa envolvida no esquema.

Durante a operação, cinco pessoas foram presas temporariamente: o secretário municipal de Transportes e Serviços Urbanos de Fundão, três servidores municipais e um empresário. A Justiça também acatou o pedido cautelar do MPES e determinou a suspensão do exercício da função pública do secretário e dos três servidores municipais.

Os quatros homens presos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Aracruz (CDPA) e a mulher para o Centro Prisional Feminino de Colatina.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da Prefeitura de Fundão e repartições públicas ligadas à Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Urbanos e nas sedes da empresa envolvida na fraude, localizadas nos municípios de Cariacica e Serra. Caberá à Promotoria de Justiça de Fundão analisar os documentos e equipamentos apreendidos, além de ouvir os depoimentos dos presos.

Leia mais:  ​Vila Velha: Frota da Guarda Municipal é renovada para atender melhor a população

Esquema

As investigações apontam possível esquema fraudulento montado na Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Urbanos de Fundão, entre os anos de 2018 e 2019, com envolvimento de servidores públicos e particulares privilegiando indevidamente uma empresa, com aprovação de orçamentos, emissão de notas fiscais e pagamentos por serviços e peças não fornecidos ou fornecidos em desconformidade com o declarado, gerando prejuízo aos cofres públicos e enriquecimento indevido. As apurações iniciais indicam que entre dezembro de 2018 e março de 2019 a empresa envolvida no esquema recebeu R$ 476.927,06 da prefeitura. Mas ainda estão sendo levantados os valores do prejuízo aos cofres públicos.

A operação recebeu o nome de “Bate-Estaca” porque a empresa envolvida no esquema foi constituída para atuar na construção de prédios. A Prefeitura de Fundão, entretanto, fez contrato com essa empresa para a execução de serviços e peças destinados à manutenção preventiva e corretiva de máquinas e veículos pertencentes ao município.

publicidade

Segurança

Sem CNH e bêbado, motociclista armado cai em vala e acaba preso no interior do ES

Publicado

Polícia recebeu denúncias de que o homem estava andando armado e tinha envolvimento com o tráfico de drogas

Um motociclista embriagado foi preso após cair em uma vala da estrada que liga Ecoporanga à zona rural do município. Contra o suspeito, segundo a polícia, havia denúncias de que ele estava andando armado e que tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

A Polícia Militar foi acionada na madrugada nesta madrugada e esteve no local do acidente. Com o suspeito, os militares encontram uma garrucha calibre 22 com uma munição intacta na cintura do rapaz.

Um motociclista embriagado foi preso após cair em uma vala da estrada que liga Ecoporanga à zona rural do município. Contra o suspeito, segundo a polícia, havia denúncias de que ele estava andando armado e que tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

A Polícia Militar foi acionada na madrugada de segunda-feira (16) e esteve no local do acidente. Com o suspeito, os militares encontram uma garrucha calibre 22 com uma munição intacta na cintura do rapaz.

Leia mais:  Casagrande descarta mudar comando da Sesp e da PM

A Polícia Civil informou que o suspeito, de 39 anos, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e, como não pagou a fiança arbitrada pelo delegado de plantão, foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de São Domingos do Norte.

Continue lendo

Segurança

Sargento da PM é baleado durante tentativa de assalto

Publicado

O sargento foi socorrido para um hospital de Vitória. Ele precisou passar por uma cirurgia, já que o tiro atingiu a artéria femoral

Um sargento da Polícia Militar de 49 anos ficou ferido ao reagir a um assalto, na rua Valdemar Versoza Pitanga, em Itapoã, Vila Velha. Ele seguia para a academia com a esposa, quando foi abordado por um suspeito de bicicleta.

O crime aconteceu por volta das 6h15 desta segunda-feira (16). O suspeito abordou o casal no meio da rua. O militar teria reagido, abaixando a arma do suspeito, e foi baleado pelo criminoso.

O sargento foi socorrido em uma ambulância para um hospital de Vitória. Ele precisou passar por uma cirurgia, já que o tiro atingiu a artéria femoral, mas passa bem. 

Após disparar contra o policial, o suspeito, que utilizava uma pistola ponto 40, fugiu do local. Em nota, a Polícia Civil informou que ocorrência está em andamento no plantão vigente do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

“Somente após a finalização das diligências, que ainda estão em andamento, teremos informações do caso e se há detidos”, diz a nota. 

Leia mais:  SEP conclui Transferência de Metodologia em Gestão Estratégica para a Polícia Civil

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana