conecte-se conosco


São Mateus

Multirão de vacinação contra Covid no Boa Vista, Guriri e Zona Rural de São Mateus

Publicado

Nesta sexta-feira (17) as equipes de vacinação continuam a aplicação da 1ª dose para os adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente, com comorbidades, gestantes, puérperas, lactantes e privados de liberdade. Também recebem a 1ª dose os jovens de 15 a 17 anos sem comorbidades. 

LAUDO E ORIENTAÇÕES

Os adolescentes com comorbidades devem apresentar laudo médico. As equipes pedem que, se possível, os menores de idade estejam acompanhados dos pais ou responsáveis. Para ser imunizado, basta levar um documento com foto, Cartão de Vacinação, Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) ou CPF.

DOSE DE REFORÇO

A 3ª dose (dose de reforço) é aplicada nos idosos acima de 60 anos com 5 meses de intervalo da 2ª dose. A vacinação de pessoas imunossuprimidas também continua no cronograma de imunização. O público-alvo acamado ou com dificuldades para locomoção vai receber a aplicação das vacinas em casa. 

CRONOGRAMA: SEXTA-FEIRA – 17/09

Localidade: Bairro Boa Vista

Horário: 8h às 15h

Local: Assembleia de Deus

Público-alvo:

*1ª dose: adolescentes de 12 anos a 17 anos (com comorbidades)

*1ª dose: adolescentes de 15 a 17 anos (sem comorbidades)

*2ª dose da vacina Coronavac

*2ª dose da vacina Pfizer (prazo de 70 dias após a 1ª dose no cartão)

*Dose de reforço: idosos acima de 60 anos (prazo de 5 meses após a 2ª dose no cartão)

*Dose de reforço: imunossuprimidos (prazo de 28 dias após a segunda dose) 

 

Leia mais:  José Roberto: “Esta Câmara é um templo da democracia e deve ser defendida por todos”

Localidade: Guriri Sul

Horário: 8h às 11h

Local: Centro de Vivência do Idoso

Público-alvo:

*1ª dose: adolescentes de 12 anos a 14 anos (com comorbidades)

*1ª dose: adolescentes de 15 a 17 anos (sem comorbidades)

 

Localidade: Guriri Sul

Horário: 13h às 15h30

Local: Igreja São Daniel Comboni

Público-alvo:

*1ª dose: adolescentes de 12 anos a 14 anos (com comorbidades)

*1ª dose: adolescentes de 15 a 17 anos (sem comorbidades)

 

Localidade: Clínica de Hemodiálise

Horário: 10h às 12h – 15h às 16h30

Local: Hospital Roberto Silvares

Público-alvo:

*Dose de reforço: imunossuprimidos (prazo de 28 dias após a segunda dose) 

 

Localidade: Nestor Gomes (KM 41)

Horário: 8h às 14h

Local: Aprung (atrás do Posto de Saúde)

Público-alvo:

*1ª dose para maiores de 20 anos

*2ª dose de Coronavac

 

Localidade: Nova Aymorés (KM 35)

Horário: 9h às 12h

Local: Unidade Básica de Saúde (UBS)

Público-alvo:

*2ª dose de Coronavac

 

Localidade: KM 23

Horário: 9h às 12h

Local: Unidade Básica de Saúde (UBS)

Público-alvo:

*2ª dose de Coronavac

 

Leia mais:  Entrevista / Keydson Quaresma

Localidade: KM 29

Horário: 9h às 12h

Local: Unidade Básica de Saúde (UBS)

Público-alvo:

*2ª dose de Coronavac

publicidade

São Mateus

Partidos protocolam impeachment de Daniel e esperam que a Câmara cumpra o seu papel

Publicado

Jeziel (advogado), Nillis (PL), Eliezer (PRTB) e Eguinado (PCdoB).

PRTB, PP, PCdoB e PL foram os únicos que defendem a cassação do prefeito e estranham omissão de lideranças e entidades

Numa ação de respeito e responsabilidade com o destino do município de São Mateus, apenas quatro partidos políticos de São Mateus protocolaram o pedido de impeachment do prefeito afastado, Daniel Santana, na Câmara de Vereadores. O fato aconteceu nesta segunda-feira (25) e os partidos PRTB, PL, PCdoB e PP, juntamente com o advogado Jeziel Oliveira de Almeida estiveram representados pelos seus presidentes municipais. Outro pedido de impeachment foi protocolado semana passada.

O que fato que vem causando estranheza para a população mateense é a omissão de lideranças e entidades em favor dos interesses do município, uma vez que o fato que gerou o afastamento do prefeito foi gravíssimo e levou a Polícia Federal a dar voz de prisão, não só ao chefe do Executivo como a vários de seus assessores.

“Por onde andam o deputado e os outros candidatos nessa hora? ”, questionou José Maurício dos Santos, aposentado, morador do bairro Santo Antônio. “Nos causa indignação também que a justiça, a OAB, Ministério Público do Estado, outros partidos políticos e até mesmo o Tribunal de Contas deram às costas para São Mateus”, completou.

Eliezer Nardoto (PRTB), Nillis Castberg (PL), Cassio Caldeira (PP) e Eguinaldo Santana (PCdoB) foram os únicos que se apresentaram em defesa do município e fizeram valer o papel político de seus partidos que desejam cumprir o seu papel em sintonia com a maioria da população mateense. “Agora esperamos que a Câmara de Vereadores cumpra o seu papel”, disse Eliezer, acreditando que o Legislativo saberá fazer o que todos esperam que faça, “que é ser justo com a nossa demanda apresentada nesta segunda-feira”, enfatizou.

Podemos justifica ausência

De acordo com os presidentes dos partidos que protocolaram o pedido de impeachment na Câmara Municipal, o presidente do Podemos, Valdemir Andrade de Santana, não esteve presente e não assinou o documento por estar fora da sede do município e no lugar que se encontrava, Nova Lima, a comunicação por celular foi o empecilho para avisá-lo do horário, em que todos estariam dando entrada no documento pedindo a cassação do prefeito afastado Daniel da Açaí.

Leia mais:  Prefeito de São Mateus é preso em operação da Polícia Federal
Continue lendo

São Mateus

Câmara define apoio para ONG de proteção a pets em São Mateus

Publicado

São Mateus – A Câmara Municipal integrará a parceria firmada entre a Prefeitura de São Mateus e a organização não-governamental Voluntários Independentes pelo Amigo (Vipa) na proteção animal. O apoio foi oficializado na última quinta-feira (21) numa reunião entre o prefeito em exercício Ailton Caffeu, o presidente da Câmara Municipal Paulo Fundão e dirigentes do Vipa, no Centro Administrativo da Prefeitura, no Bairro Carapina.

Em mensagem publicada na rede social Instagram, após a reunião com os representantes dos poderes Executivo e Legislativo, a presidente da ONG de proteção animal que tem sede em Guriri, Maria da Conceição Gonçalves Felizardo, conhecida como Ceiça, compartilhou confiança na parceria.

“Saímos com boas notícias e com esperança de que o apoio virá através da união do Município (Prefeitura) e da Câmara. Na reunião ficou combinado que o Vipa apresentará um plano de trabalho detalhando as necessidades e o mesmo será enviado para análise da Prefeitura e aprovação da Câmara. Uma luz de esperança se acende. Todos pela causa animal” – escreveu Ceiça.

Em mensagem na sexta-feira (22), o presidente Paulo Fundão reiterou a parceria. “Coloquei-me à disposição para ajudar e a Câmara Municipal contribuirá com 50 mil reais, transferindo à Prefeitura para ajudar o Vipa” – destaca o vereador.

Nas redes sociais, internautas elogiaram a iniciativa que une Vipa, Prefeitura e Câmara Municipal. Muitos conclamaram ajuda para o socorro a animais abandonados à própria sorte pelas ruas, “machucados, maltratados e com fome”.

Houve quem inclusive lançou preces a Deus e pedido de intercessão também a São Francisco de Assis, considerado protetor dos animais. Entre tantos comentários, muitos parabéns para os voluntários do Vipa, principalmente à presidente Ceiça, por não desanimar diante da crueldade que atinge animais em São Mateus. Há relatos de abandonos recorrentes em bairros mais afastados do Centro, para evitar que os animais retornem à casa dos donos.

Na repercussão da reunião entre a ONG e os chefes dos poderes Executivo e Legislativo de São Mateus foi conclamada ainda a implantação de um centro de controle de zoonoses no Município.

HOSPITAL VETERINÁRIO
Esta semana, a Câmara Municipal aprovou por unanimidade a Indicação n° 726/2021, que requer a implantação de um hospital veterinário público em São Mateus. A proposta partiu do presidente do Legislativo Municipal, vereador Paulo Fundão, e foi aprovada na sessão da última terça-feira (19).

Leia mais:  Prefeito de São Mateus é preso em operação da Polícia Federal
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana