conecte-se conosco


São Mateus

Nillis é pré-candidato a prefeito e diz estar preparado para o desafio

Publicado

São Mateus – Com as eleições municipais se aproximando e, principalmente, o prazo final para definir pré-candidaturas dos partidos que apresentarão os concorrentes a vereança e ao cargo majoritário de prefeito, nomes conhecidos e importantes surgem como opção para o eleitorado mateense.

O pastor Nillis Castberg, do Partido Liberal de São Mateus é o nome escolhido como pré-candidato a prefeito de São Mateus. O partido também está com a lista de pré-candidaturas a vereador praticamente fechada. De acordo com Nillis, que é o presidente do partido, a sua legenda procurou convidar um grupo de pessoas capazes de dignificar seus mandatos e que tenham a capacidade e compromisso com as demandas da sociedade.

Ele enfatiza que faz tempo vem amadurecendo a sua pré-candidatura, conversando com vários segmentos do município, ouvindo o cidadão comum e tudo isso serviu como incentivou a pleitear a oportunidade de uma pré-candidatura a prefeito. Discutiu questões relacionadas à cidade, apresentou soluções para muitos dos seus problemas demonstrando vontade política em participar do resgate da autoestima do povo mateense. Diz se achar preparado para enfrentar os desafios que se apresentam e tem a experiência e conhecimento do funcionamento da máquina administrativa e do Legislativo, afinal foi vereador e também secretário municipal, quando apresentou projetos, desenvolveu ações em benefício da sociedade. Ocupou cargos de destaque, foi suplente do senador Magno Malta e conhece bem os trâmites de Brasília, onde poderá estar buscando o apoio e recursos necessários para contribuir com o desenvolvimento do município de São Mateus.

Nillis enfatiza que a mulher terá papel importante no partido e a escolha dessas mulheres para compor a chapa de vereador e disputar as eleições foi muito pensada e elaborada, levando em conta a capacidade de luta e participação efetiva dessas pré-candidatas junto à população.

Para Nillis Castberg, natural de São Mateus, de família evangélica, conhecedor das demandas da população e com serviços prestados a sociedade, nada mais natural do que se colocar como pré-candidato pelo PL a prefeito de São Mateus nas próximas eleições municipais que acontecem em outubro.

Leia mais:  VEJA A COLETIVA: Tio confessa que tinha relações com menina de 10 anos desde 2019
publicidade

São Mateus

Prefeitura não paga o aluguel social e moradores ficam ao Deus dará

Publicado

São Mateus – A Prefeitura de São Mateus suspendeu o pagamento do aluguel social das pessoas que tiveram suas casas demolidas devido a situação de risco de desabarem. Como se isso não bastasse, o repasse para a empresa que constrói as novas casas também ficou sem receber e as obras foram paralisadas.

Diante dessa situação, os moradores do bairro Vitória, que estão nesse programa social, podem ser despejados, uma vez que, sem o repasse, o aluguel social não vem sendo pago.

As casas dessas pessoas foram demolidas e a Prefeitura, em contrapartida, assumiu o compromisso de construir novas casas para essas famílias. Como a municipalidade não vem fazendo o repasse para pagar a empresa construtora das casas, as obras foram paralisadas. O repasse, segundo fontes ouvidas pelo JN, para o pagamento do aluguel social dessas famílias também foram suspensos pelo prefeito Ailton Cafeu e esses moradores podem ficar desamparados porque correm o risco de serem despejados por falta de pagamento desses aluguéis.

Uma moradora, que faz parte do grupo do bairro Vitória que recebe o Auxílio Moradia, disse que o repasse está atrasado há dois meses e os proprietários das casas alugadas sem receber pelo aluguel podem despejar os moradores. “Estamos tirando dinheiro de onde não temos para cobrir o aluguel, mas vai chegar uma hora em que não vamos conseguir pagar e o dono dos imóveis podem nos colocar para fora da casa”, relata a moradora.

Famílias vêm recebendo a visita de assistentes sociais da municipalidade dizendo que nova análise está sendo feita para elaboração de uma nova relação para recebimento do aluguel social.

Procurada para se posicionar sobre essa questão, a Prefeitura de São Mateus não se pronunciou. Enquanto isso os moradores que estão nessa situação, seguem na incerteza e correndo o risco de ficarem ao “Deus dará”.

Leia mais:  Paulo Fundão conclama norte capixaba à luta por universidade independente
Continue lendo

São Mateus

Nesta sexta-feira (26) tem vacinação contra Covid-19 no bairro Boa Vista, Nestor Gomes e KM 23

Publicado

São Mateus – Nesta sexta-feira (26) as equipes de vacinação seguem com a aplicação da 1ª dose (D1) contra Covid para maiores de 12 anos e a imunização da 2ª dose (D2) com as vacinas Coronavac e Pfizer. Também tem a 3ª dose (D3 – dose de reforço) para trabalhadores da Saúde, pessoas imunossuprimidas e maiores de 18 anos. A imunização domiciliar para os acamados também segue no cronograma.

ASTRAZENECA

O Município recebeu algumas doses da vacina AstraZeneca, as pessoas que tomaram a 1ª dose (D1) do imunizante e não tomaram a D2 da vacina Pfizer, por não querer fazer a intercambialidade das vacinas, basta procurar a quadra de esportes do 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM), localizado na Avenida João XXIII, nº 1544, Bairro Boa Vista. A entrada para a vacinação deve ser feita pelo portão lateral do 13º BPM. O local fica aberto de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h. Para ser imunizado, basta levar um documento com foto, Cartão de Vacinação, Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) ou CPF.

CRONOGRAMA: SEXTA-FEIRA – 26/11

Localidade: Bairro Boa Vista

Horário: 8h às 12h / 13h às 15h

Local: 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM)

Público-alvo:

*D1 para maiores de 12 anos

*D2 Coronavac 

*D2 Pfizer (incluindo quem tomou a D1 da AstraZeneca. Prazo: 56 dias após a D1)

*D3 para maiores de 18 anos (prazo: 5 meses após a D2 no cartão)

*D3 para idosos acima de 60 anos (prazo: 3 meses após a D2 no cartão)

*D3 para imunossuprimidos (prazo: 28 dias após a D2 no cartão) 

*D3 para trabalhadores da saúde (prazo: 5 meses após a D2 no cartão)

Localidade: KM 23

Horário: 8h às 11h30

Local: Unidade Básica de Saúde (UBS)

Público-alvo:

*D1 para maiores de 12 anos

*D2 Coronavac 

*D2 Pfizer (incluindo quem tomou a D1 da AstraZeneca. Prazo: 56 dias após a D1)

*D3 para maiores de 18 anos (prazo: 5 meses após a D2 no cartão)

*D3 para idosos acima de 60 anos (prazo: 3 meses após a D2 no cartão)

Localidade: Nestor Gomes (KM 41)

Horário: 9h às 14h

Local: Unidade Básica de Saúde (UBS)

Público-alvo:

*D1 para maiores de 12 anos

*D2 Pfizer (incluindo quem tomou a D1 da AstraZeneca. Prazo: 56 dias após a D1)

*D3 para maiores de 18 anos (prazo: 5 meses após a D2 no cartão)

*D3 para idosos acima de 60 anos (prazo: 3 meses após a D2 no cartão)

VACINA EM CASA

Equipes vão vacinar os idosos em suas residências com a dose de reforço para idosos acima de 60 anos (prazo de 3 meses após a D2 no cartão).

Leia mais:  VEJA A COLETIVA: Tio confessa que tinha relações com menina de 10 anos desde 2019
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana