conecte-se conosco


Brasil

Núbia Oliver é investigada por suposto esquema de prostituição internacional

Publicado

Na última terça-feira, dia 27 de abril, seis pessoas foram presas no Brasil, Espanha e Portugal durante a operação Harém BR

Uma investigação da Polícia Federal, divulgada em reportagem do SBT News, aponta o suposto envolvimento de empresários e famosos em uma rede de prostituição internacional. Segundo a matéria, a exploração sexual de brasileiras teria ramificações em 15 países, de diferentes continentes.

A modelo Núbia Oliiver, 47, seria uma das pessoas investigadas pela Polícia Federal. Ela teria sido agenciada por Rodrigo Otávio Cotait, que, de acordo com a PF, lidera um complexo esquema de exploração sexual. Na última terça-feira, dia 27 de abril, seis integrantes da quadrilha foram presos no Brasil, Espanha e Portugal durante a operação Harém BR.

De acordo com a reportagem, em mensagens obtidas durante a investigação, Nubia teria enviado fotos sensuais de outras mulheres ao agenciador e estaria combinando um programa sexual com uma delas em troca de uma comissão de R$ 1.000.

Procurada pela reportagem, o advogado de Núbia, Rodrigo Carneiro Maia Bandieri, afirma que “como os autos tramitam em sigilo”, por ora, a defesa vai manifestar sobre a apuração.

A cantora MC Mirella chegou a ser intimada e ouvida na condição de vítima/ testemunha. Segundo o SB News, ela  chegou a ser acusada de aliciar uma adolescente de 17 anos, porém foi descoberto que ela também teria sido vítima da quadrilha quando era adolescente.

A rede de prostituição seria, de acordo com a Polícia Federal, liderada por Rodrigo Otávio Cotait. A defesa do empresário do setor de cosméticos alega que o cliente “foi alvo de ilegal e que prisão preventiva contra ele decretada viola a Constituição Federal e o Código de Processo Penal”.

Leia mais:  Rio de Janeiro ganha monumento em homenagem a Ayrton Senna
publicidade

Brasil

Voos internacionais partindo do Aeroporto de Vitória sem previsão de decolar

Publicado

Voo direto para Buenos Aires, na Argentina, não tem data para começar a operar, segundo a companhia aérea Gol

O sonho dos capixabas de terem voos internacionais partindo do Aeroporto de Vitória ficou para mais tarde. A companhia aérea Gol, que inicialmente iria operar os voos diretos para Buenos Aires, na Argentina, informou que não há uma nova previsão para a oferta internacional a partir da capital capixaba.

Segundo a Gol, o cenário atual que envolve a pandemia foi um dos motivos para o adiamento e, por isso, no momento não há previsão para inclusão da oferta internacional no Espírito Santo.

“Os mercados internacionais ainda estão com várias medidas restritivas de circulação de viajantes e com fronteiras fechadas, alterando drasticamente a demanda por esse tipo de serviço. Mesmo frente ao desafio sanitário, a Gol trabalha em conjunto com o governo do Espírito Santo para viabilizar a plena retomada do transporte aéreo no estado o mais breve possível”, disse a empresa por meio de nota.

A Gol já havia adiado o início dos voos internacionais outras vezes. A última previsão era de começar a operar o voo direto de Vitória para Buenos Aires em meados de 2020, mas adiou por questões estratégicas.

Aeroporto de Vitória foi internacionalizado em 2019

Desde o dia 5 de novembro de 2019, o Aeroporto de Vitória Eurico de Aguiar Salles passou a ser internacional. Naquela data, foi publicado no Diário Oficial da União a homologação da internacionalização do terminal.

Os voos internacionais são um sonho antigo dos capixabas e usuários do maior aeroporto do Espírito Santo. Desde que foi inaugurado – em março de 2018, o terminal já passou por reformas e alterações para a adaptação das estruturas para salas de embarque e desembarque internacionais.

Na nova estrutura, o embarque internacional fica nos fundos do saguão doméstico. Já a sala de desembarque é próxima à área das esteiras de bagagens, no térreo. Hoje, o aeroporto movimenta diariamente uma média de 10 mil passageiros em 80 voos. Em 2020, recebeu mais de 3 milhões de passageiros.

Leia mais:  Câmara deve votar aumento da validade e de pontos da CNH
Continue lendo

Brasil

Criança de dois anos fica com cabeça presa em panela de pressão e pais fazem alerta

Publicado

O episódio aconteceu na tarde desse sábado (18) e só foi solucionado após ajuda da UPA.

Uma criança de dois anos precisou ser levada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade de Granja, no Ceará, após ficar com a cabeça presa em uma panela de pressão.

O episódio curioso aconteceu na tarde desse sábado (18) e deixou os pais do menino bem aflitos.

Segundo relatos de Keciane Silva, mãe da criança, o pequeno João Pedro estava brincando de “bumba meu boi’ quando colocou a panela de pressão na cabeça e não conseguiu mais retirá-la. Nesse momento começou o desespero, tanto dos pais quanto da criança. 

A cabeça da criança começou a ficar inchada com as tentativas de retirar a panela, levando o pequeno a ficar desesperado com cada nova tentativa. Sem alternativa, os pais levaram João Pedro até a UPA da cidade para conseguir ajuda

O médico José William, que atendeu a criança, afirmou que os pais chegaram na unidade com a criança muito agitada e que não conseguiram retirar a panela de imediato, sendo necessário aplicar duas medicações para evitar qualquer edema.

Além disso, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não conseguiu acalmar a criança.

A remoção da panela de pressão só foi possível após os pais conseguirem acalmar a criança, que acabou dormindo e o edema diminuiu. Após isso, os pais conseguiram remover a panela da cabeça da criança. 

Pais de João Pedro fazem alerta

Mais calma após o susto, a mãe da criança agradeceu o trabalho do Corpo de Bombeiros e da UPA da cidade e aproveitou para alertar os pais, buscando evitar acidentes como esse. Keciane pediu para terem mais atenção com seus filhos e ressaltou que, um momento de descuido, virou um grande desespero.

Leia mais:  Câmara deve votar aumento da validade e de pontos da CNH
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana