conecte-se conosco


Brasil

Nutricionista viraliza nas redes sociais ao escapar de tentativa de golpe do Pix

Publicado

Jéssica Rodriguez virou piada ao mostrar uma montagem pouco convincente de um comprovante de pagamento

A nutricionista Jéssica Rodriguez viralizou nas redes sociais ao escapar de uma tentativa de golpe por Pix. A jovem compartilhou uma montagem pouco convincente de um comprovante de pagamento que recebeu do golpista e virou piada na internet.

Jéssica é dona de uma loja de roupas e foi abordada por um golpista que desejava comprar um total de R$ 3.200 em mercadorias. Quando pediu a ele que enviasse o comprovante de pagamento, ela recebeu a montagem que viralizou nas redes.

“Cliente falou que já tinha feito o Pix, pedi o comprovante. O comprovante que ele me manda, rindo de nervoso”, escreveu a jovem na publicação.

No Instagram, Jéssica Rodriguez explicou o que aconteceu. “Por ser um valor alto, o cliente não queria pagar antes de receber e eu também não entregaria o produto antes do pagamento. A gente combinou que, assim que eu despachasse, ele faria o pagamento”, disse.

Leia mais:  Com pandemia, Brasil fecha 860 mil postos de trabalho em abril

Ela pediu ao suposto cliente que enviasse o comprovante quando o motorista já estava na metade do caminho até o destino da entrega. Nesse momento, o golpista começou a dar desculpas de que estava tendo problemas com o aplicativo do banco e que o celular não estava enviando a foto, até que mandou a montagem malfeita.

Quando percebeu que estava sendo vítima de um golpe, Jéssica pediu ao motorista para voltar com as mercadorias. A jovem explicou que quem a contatou foi o perfil de uma loja que queria comprar seus produtos, mas que essa loja sumiu das redes sociais após a história viralizar.

publicidade

Brasil

Bebê passa mal e família morre em acidente de carro ao tentar socorrê-lo

Publicado

A mãe, de 32 anos, chegou a ser socorrida e levada na ambulância do município para uma unidade de saúde, mas também não resistiu aos ferimentos

O capotamento de um carro deixou três pessoas da mesma família mortas em Jaraguari (MS) – a 55 km de Campo Grande, na tarde da última quinta-feira (30). Entre as vítimas, havia uma bebê de 3 meses, segundo a Polícia Civil.

A família estava a caminho do posto de saúde da cidade, quando o motorista perdeu o controle do veículo na MS-244. De acordo com a Polícia Civil, a família estava na cidade há cerca de três meses, onde o casal trabalha em uma fazenda.

Conforme apurado, enquanto o pai trabalhava, o recém-nascido começou a passar mal. Desesperados, o casal saiu correndo a caminho de uma unidade de saúde. No caminho, o condutor perdeu o controle da direção e o carro acabou capotando.

A polícia informou que com o impacto da batida o bebê acabou arremessado pela janela traseira. Ele e o pai, de 34 anos, morreram no local do acidente.

Leia mais:  Frente fria chega hoje e pode nevar no sudeste

A mãe, de 32 anos, chegou a ser socorrida e levada na ambulância do município para uma unidade de saúde, mas também não resistiu aos ferimentos.

Dinâmica do acidente está sendo investigada — Foto: Reprodução

Além do bebê, as vítimas do acidente também possuem uma filha, de 12 anos. A menina estava na escola, no momento da capotagem, por isso não estava no veículo.

Segundo apurado pela reportagem, ela ficará com parentes, em Rio Verde de Mato Grosso.

Perícia foi acionada e a dinâmica do acidente está sendo investigada.

Continue lendo

Brasil

Preço médio da gasolina cai 3,5% nos postos com efeito do ICMS

Publicado

Segundo a ANP, litro do combustível foi de R$ 7,390 para R$ 7,127; já o diesel tele leve queda, de R$ 7,568 para R$ 7,554

Os preços dos combustíveis registraram queda nos postos na semana, segundo levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), divulgado nesta sexta-feira (1º). Os valores já refletem a redução de tributos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nos estados.

O valor médio da gasolina caiu 3,5%, de R$ 7,390 para R$ 7,127. O etanol recuou 3,07%, passando de R$ 4,873 para R$ 4,723. Já o preço médio do diesel teve leve queda, de R$ 7,568 para R$ 7,554 (0,18%). 

Na semana anterior, os combustíveis havia registrado aumento, com o diesel superando o preço da gasolina pela primeira vez, após reajuste nas refinarias, de 5,2% na gasolina e de 14,2% no diesel, no último o dia 17. 

Numa tentativa de abaixar os preços nos posto, os impostos federais foram zerados, e o ICMS (tributo estadual) passou a ser limitado a 18%. Lei sancionada no dia 23 de junho pelo presidente Jair Bolsonaro fixou um teto para a cobrança do imposto sobre combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e transporte urbano. 

Leia mais:  Frente fria chega hoje e pode nevar no sudeste

Alguns estados constestaram, alegando que a lei federal prejudica o orçamento estadual, dada a importância do ICMS para a arrecadação, e por isso esperam reverter a determinação no STF. Outros já anunciaram a redução, como São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana