conecte-se conosco


Internacional

Nuvem de gafanhotos perde velocidade e continua na Argentina

Publicado

Por causa das más condições no clima na região, os pesquisadores ainda não conseguiram definir a localização exata do grupo de insetos

O engenheiro agrônomo e coordenador do Programa Nacional de Gafanhotos do Senasa (Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar), Héctor Medina, informou nesta sexta-feira (26) que a nuvem de gafanhotos se encontra nos arredores de Sauce, na província de Corrientes, na Argentina.

“A baixa temperatura dos últimos dias não permitiu um movimento de grandes dimensões da praga. Ontem recebemos um aviso de produtores da zona rural de Curuzu Cuatiá que avistaram a nuvem próximo deste região, que é na verdade a mesma região onde já estávamos monitorando”, disse o engenheiro agrônomo.

Pontos vermelhos (nuvens) no mapa estão na Argentina

A nuvem de gafanhotos vem sendo monitorada pelos governos da Argentina, Brasil e Uruguai nesta última semana. Estima-se que a nuvem tenha aproximadamente 20km² de extensão e dependendo das condições do vento, poderia percorrer até 150km em um dia.

Contudo, as baixas temperaturas da região onde está a nuvem fez com que seu deslocamento fosse reduzido. De acordo com Medina, o Senasa ainda aguarda uma melhora das condições do tempo para poder utilizar um avião e detectar a localização exata da praga.

Leia mais:  Morre o príncipe Philip, militar que se adaptou ao papel de coadjuvante da rainha da Inglaterra

publicidade

Internacional

Hotel voador para 5 mil hóspedes pode ficar anos sem pousar

Publicado

Um projeto ousado apresentou o Sky Cruise, “um hotel futurista acima das nuvens”, capaz de comportar 5 mil hóspedes sem ter que pousar por vários anos.

Trata-se de um misto de megaembarcação de cruzeiro e estação espacial. O enorme veículo “nunca ficaria sem combustível”, permanecendo no ar por anos a fio, conforme explicam os criadores.

Pilotado por inteligência artificial (IA), o gigantesco hotel voador teria sua própria torre de observação (também enorme) em forma de disco. Nela, os passageiros poderiam ver as paisagens ao redor, nas alturas, “acima das nuvens”, como explica um vídeo publicado pelo cientista Hashem Al-Ghaili, um dos autores do projeto, no YouTube.

O vídeo acrescenta que o Sky Cruise teria 20 motores elétricos, responsáveis pela propulsão da estrutura, alimentados apenas por um “pequeno reator nuclear” trabalhando sob reação de fusão altamente controlada. Qualquer turbulência ou outro tipo de problema durante os voos seriam previstos e analisados pela IA do veículo futurista. Assista:

“Graças à energia nuclear, o hotel nunca fica sem combustível e pode permanecer suspenso no ar por vários anos sem nunca tocar o solo”, afirmam os criadores do veículo revolucionário.

Leia mais:  Paciente transplantada morre de covid-19 após receber pulmões infectados

Os hóspedes voariam para o hotel nas alturas em jatos comerciais ou particulares e deixariam o local da mesma forma – e todos os reparos do veículo seriam feitos no ar.

Sky Cruise

Hóspedes desembarcaria no Sky Cruise via jatos comerciais

Perguntado pelo “Daily Star” sobre quantos pilotos seriam necessários para voar no Sky Cruise, chamado também de “o epítome do luxo”, Hashem respondeu:

“Toda essa tecnologia e você ainda quer pilotos? Acredito que será totalmente autônomo.”

Continue lendo

Internacional

EUA: Suprema Corte derruba direito legal ao aborto

Publicado

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu nesta sexta-feira (24), por seis votos a três, derrubar a decisão que garantia o direito das mulheres a abortar no país, revertendo a decisão Roe contra Wade, de 1973

A decisão é uma importante vitória aos republicanos e conservadores religiosos que querem limitar ou proibir o procedimento.

O país reconhecia o direito constitucional da mulher ao aborto e legalizava o procedimento em todo o país há quase 50 anos.

O entendimento da histórica decisão da Corte foi que a Roe contra Wade foi decidida erroneamente, uma vez que a Constituição dos Estados Unidos não faz menções específicas sobre o aborto.

Uma versão preliminar da decisão escrita pelo juiz conservador Samuel Alito, indicando que o tribunal provavelmente derrubaria o direito ao aborto no país, vazou em maio.

Grupos de pessoas protestam do lado de fora da Suprema Corte, em Washington, depois que o tribunal derrubou Roe contra Wade. Imagens e vídeos que circulam nas redes sociais mostraram manifestantes segurando cartazes e cantando nos megafones.

“É uma traição comovente de metade do país”, disse a ex-promotora federal Jennifer Rodgers à CNN Internacional.

Leia mais:  China estuda derrubar satélites de Elon Musk

No Twitter, o ex-presidente Barack Obama criticou a decisão. “Hoje, a Suprema Corte não apenas reverteu quase 50 anos de precedente, mas relegou a decisão mais intensamente pessoal que alguém pode tomar aos caprichos de políticos e ideólogos – atacar as liberdades essenciais de milhões de americanos”, declarou.

Já a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, chamou a decisão de “hipocrisia que causará danos sem fim”.

“A hipocrisia está aumentando, mas o dano é infinito. O que isso significa para as mulheres é um insulto. É um tapa na cara das mulheres sobre usar seu próprio julgamento para tomar suas próprias decisões sobre sua liberdade reprodutiva”, afirmou.

A decisão restaura a capacidade dos estados de aprovar leis que proíbem o aborto. Vinte e seis estados são vistos como certos ou propensos a proibir o aborto a partir de agora.

O aborto provavelmente permanecerá legal em estados liberais. Atualmente, mais de uma dúzia de estados têm leis que protegem o direito ao aborto.

*Com informações da Reuters e da CNN Internacional

Leia mais:  Presidente ucraniano compara Rússia com Alemanha nazista
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana