conecte-se conosco


Política e Governo

“O TCE deve ser uma instituição que gera valor para a sociedade”, diz novo Secretário-Geral de Controle Externo

Publicado

Reconhecendo as medidas já realizadas para tornar o Tribunal de Contas do Estado (TCE-ES) uma instituição inovadora, e prometendo buscar continuar sendo referência, o auditor Donato Volkers Moutinho tomou posse como novo Secretário-Geral de Controle Externo (Segex), a cerimonia aconteceu no último dia 30, na sede da Corte de Contas.

Cerca de 200 pessoas participaram virtualmente do evento, transmitido por videoconferência. Donato, que é auditor desde 2004 e doutor em Direito Econômico e Financeiro pela USP, fazia parte do Núcleo de Métodos e Suporte, e agora assume a função que foi exercida pelo auditor Rodrigo Lubiana, nos últimos seis anos.

Em seu primeiro discurso na função, Donato apresentou a visão que possui para o Tribunal como instituição, nos próximos anos.

“Vejo um tribunal que contribua para o aperfeiçoamento das políticas públicas estaduais e municipais, apoiando os jurisdicionados no emprego de uma gestão pública baseada em desempenho, orientada a resultados, na construção de uma boa governança, para que os objetivos de desenvolvimento sustentável sejam alcançados no Espírito Santo, em benefício da população. E atuar em conjunto das demais instituições”, declarou.

Ele destacou alguns desafios dos próximos meses, como o processo de planejamento estratégico do Tribunal, que será feito no 2º semestre de 2021. “Nos últimos ciclos, o Tribunal tem sido uma instituição inovadora, com diversos projetos que pavimentaram o caminho para sermos referência para outros Tribunais de Contas. E talvez um desafio maior do que virar referência, é continuar a ser. Para isso, é necessário que a gente possa reforçar a capacidade de inovação, fomentar uma mentalidade inovadora e experimental.”

Nesse sentido, Donato também avalia que a Corte deve aprofundar a profissionalização do auditor de controle externo, desenvolvendo as habilidades e competências exigidas do “auditor do futuro”, para que possam dominar as normas brasileiras, desenvolver uma mentalidade estratégica, com orientação por metas, pensamento sistêmico, priorização de atividades baseada em risco e relevância para a sociedade.

“E que o Tribunal se aproprie dos avanços tecnológicos para aperfeiçoar o controle externo. Precisamos formar auditores adaptados à era do Big Data, capazes de trabalhar com análise de dados, ferramentas de inteligência artificial, métodos avançados de análise qualitativa e quantitativa, sempre para ampliar a produtividade das fiscalizações, e aumentar a relevância dos resultados de nossos trabalhos”, defende.

Ele colocou como três eixos do papel do controle externo do TCE-ES, que os auditores possam examinar as contas públicas com zelo, e comunicar a situação das finanças à população, parlamentares e a todos os interessados de forma tempestiva; que também identifiquem os principais riscos à sustentabilidade fiscal, conscientizando os governantes acerca da necessidade de gerenciá-los, e até mesmo fornecendo recomendações sobre como eles podem ser mitigados; e ainda que assegurem a eficiência e lisura das aquisições governamentais, considerando que nesse campo, nesses próximos anos, as administrações enfrentarão o desafio da transição devido à nova Lei de Licitações e Contratos, em que o TCE-ES terá atuação fundamental.

Reconhecimento

Ao anunciar a chegada de Donato ao novo cargo, o presidente do TCE-ES, conselheiro Rodrigo Chamoun, explicou o contexto de mudança e da continuidade que haverá na Segex.

“Donato e Rodrigo Lubiana são da mesma geração, prestaram o mesmo concurso público, são servidores valorosos no campo da ética e da competência técnica, do empenho, comprometimento com o Tribunal e com a sociedade. É importante dizer que esse ato tem muita maturidade institucional, Rodrigo tem todo nosso respeito e gratidão, e a mudança é da natureza de uma gestão; mas a sua participação foi fundamental para inovação das nossas ferramentas de controle, e isso está registrado na história do Tribunal”, destacou.

O conselheiro Sérgio Aboudib cumprimentou o novo secretário da Segex.

“Gostaria de dar as boas-vindas ao Donato, não só desejar sucesso mas afirmar a certeza de que sua gestão será coroada de êxito. Durante o período em que eu estava à frente da presidência, você saiu para fazer um mestrado e voltou com doutorado, e agora inicia nesta função. Tenho certeza absoluta que dará certo, seu discurso indica isso”.

Em seguida, o conselheiro Rodrigo Coelho também enalteceu os atributos do auditor.

“Quero lhe desejar todo sucesso. Completarei três anos no tribunal, e sempre que tivemos oportunidade, você foi disposto, solícito, contributivo com todas nossas necessidades. Demonstra ter todas as características necessárias para a função. Não vou falar das qualidades técnicas, porque seu currículo fala por mim. Vou falar das características pessoais, que imagino terem sido importantes para o presidente confiar a você a liderança de uma equipe tão produtiva e desafiadora, pela sua qualidade”, afirmou.

O conselheiro Domingos Taufner também elogiou a formação do novo secretário. “Parabenizo o novo secretário, acompanho o trabalho de Donato há algum tempo, formado na área de exatas e na área de Direito, e realmente é importante pessoas com esse conhecimento em Direito Financeiro, que é o principal ramo executado pelo Tribunal, e já enalteço suas palavras de frisar o nosso compromisso com os princípios da responsabilidade fiscal”, disse.

Durante o evento da posse, também foi lida uma carta assinada pelo auditor Luiz Guilherme Vieira, presidente do Sindace. “O Sindicato dos Auditores de Controle Externo do Tribunal de Contas do Espírito Santo vem, publicamente, felicitar a escolha do novo secretário-geral de controle externo, Donato Wolkers, desejando sucesso na gestão de tão relevante cargo na estrutura administrativa do TCE. E também agradecer aos relevantes serviços prestados pelo auditor Rodrigo Lubiana, que deixa o cargo. Incentivamos a prática de transmissão de cargos de forma transparente, republicana, seguindo critérios técnicos e pessoais para o desempenho”, declarou.

Veja os principais pontos do currículo do novo secretário da Segex, Donato Volkers Moutinho:

– Doutor em Direito Econômico e Financeiro pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP);
– Especialista em Direito Público pela Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo;
– Bacharel em Direito e em Engenharia Elétrica, ambos pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

No TCE-ES desde 2004, como auditor de controle externo, exerceu diversas funções:

– Atuou em auditorias de obras públicas e de serviços de engenharia e em auditorias em concessões de serviços públicos entre 2004 e 2014;
– Atuou na instrução de recursos processuais entre 2008 e 2009;
– Coordenou unidade técnica com atuação na fiscalização e prestação de contas de órgãos estaduais entre 2010 e 2011;
– Coordenou a unidade responsável pelo planejamento, pelos projetos e pela elaboração do orçamento do TCE-ES entre 2012 e 2013;
– De 2014 até o momento, atuava como especialista no desenvolvimento e na sistematização de métodos de controle externo, elaborando instrumentos normativos, manuais e pronunciamentos profissionais que orientam e estabelecem requisitos para a atuação dos auditores de controle externo no exercício das auditorias e demais fiscalizações e na instrução processual.

Outros destaques:

Em suas atividades de pesquisa, foi estudante visitante no European University Institute (Florença, 2019), pesquisador convidado na Universidade de Chicago (2018) e investigador visitante no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) da Universidade de Lisboa (2018).

Desde 2016, é pesquisador nos grupos de pesquisa USP-CNPq: Orçamentos Públicos: planejamento, gestão e fiscalização; e Federalismo Fiscal.

É professor em cursos de pós-graduação de disciplinas relacionadas com o direito financeiro, em especial, com a receita pública, as despesas públicas, o planejamento e o orçamento público, a dívida pública, o financiamento de políticas públicas e a fiscalização financeira e orçamentária.

É autor do livro “Contas dos governantes: apreciação das contas dos chefes de Poder Executivo pelos tribunais de contas do Brasil”, de capítulos de livros e artigos publicados em revistas científicas, sempre com temas relacionados ao direito financeiro.

Leia mais:  Lei permite concessão da exploração de rochas ornamentais
publicidade

Política e Governo

E-commerce de móveis e decoração anuncia implantação de centro de distribuição no Estado

Publicado

O governador de Estado, Renato Casagrande, se reuniu, nesta sexta-feira (23), por meio de videoconferência, com representantes da MadeiraMadeira, maior loja on-line de móveis e decoração da América Latina. A empresa anunciou investimento da ordem de R$ 10 milhões na construção de um centro de distribuição, no TIM´s, no município da Serra.

A empresa tem planos de expansão da malha logística pelo Brasil e escolheu o Estado para instalar sua operação. O investimento se trata de um Fullfillment com área de 17.700 metros quadrados, que é um centro de distribuição com maior proporção. A estimativa é a geração de 120 vagas de empregos diretos e outras 100 de forma indireta.

Para o governador Casagrande, a notícia da chegada da empresa é bem-vinda para os capixabas e para o Governo. “Estamos felizes com os planos da MadeiraMadeira em investir no Estado com o centro de distribuição. Desejo que a empresa se sinta acolhida pelos capixabas e pelo Governo do Estado também. O Espírito Santo é um estado que tem condições institucionais boas, temos capacidade de investimento e para receber investimento também. Temos o prazer de receber quem tem interesse em se instalar e expandir negócios aqui. Inovação é um assunto que nos interessa muito e estamos criando todas as condições para que tenhamos um ambiente favorável no Estado”, disse.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, destacou que o Governo vem investindo em inovação e que a MadeiraMadeira pode futuramente contribuir e compartilhar sua expertise com os capixabas.

“A notícia da implantação do centro de distribuição confirma que estamos no caminho certo e a geração de empregos para os capixabas é extremamente importante para nós. O investimento está intimamente ligado à inovação, porque a MadeiraMadeira surgiu no mercado como uma startup e hoje é um case de sucesso. Trabalhamos firmemente sob o comando responsável do governador Renato Casagrande para que pudéssemos superar os desafios da pandemia, amenizando seus efeitos sobre a economia e conseguimos. Agora, nossa meta é apostar na inovação, olhar para frente e trilhar o caminho do desenvolvimento sempre com ações planejadas, como temos feito”, afirmou Hoffmann.

Segundo o co-fundador da MadeiraMadeira, Marcelo Scandia, além do fullfillment a empresa possui as guideshop, loja física com uma unidade aberta em Vila Velha, e que até o mês agosto será inaugurada outra unidade também no município. “Somos um e-commerce e marketingplace, trabalhamos com um modelo híbrido para oferecer melhores e mais opções produtos para os clientes. Com a instalação de um centro de distribuição no Estado, nossa intenção é estar mais próximo do público consumidor e atender parte de Minas Gerais e do Nordeste. A operação de instalação no TIM´s deve ter duração de dois meses”, explicou.

Sobre a empresa

Ao longo de 2020, a MadeiraMadeira, criada há cerca de 10 anos, triplicou o número de centros de distribuição, para os 15 atuais. Entre eles, um em Jundiaí (SP), com o qual faz entregas com prazo de um dia na Grande São Paulo. Outros centros deverão ser abertos ao longo deste ano.

A plataforma pretende ampliar a prateleira de produtos de marca própria, hoje com cerca de 400 itens, expandir a rede de lojas físicas. Atualmente, a empresa tem cerca de dois mil funcionários.

Leia mais:  Combate à desinformação dará tônica das eleições
Continue lendo

Política e Governo

Desenvolvimento das regiões norte e noroeste capixaba foi tema de evento com empresários e lideranças locais em Colatina

Publicado

A promoção do desenvolvimento em todas as regiões do território capixaba é um dos pilares do Governo do Estado, que, por meio da Secretaria de Estado de Inovação e Desenvolvimento (Sectides), coloca em prática um modelo de atração de investimentos, investe em qualificação profissional e na oferta de crédito para empreendedores, entre outros programas. Esses foram alguns dos assuntos tratados nessa quinta-feira (22), no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Colatina, por representantes da Sectides, durante evento com empresários e lideranças locais das regiões norte e noroeste.

No encontro, o secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, salientou o trabalho intenso do Governo do Estado para amenizar os impactos da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), de modo a preservar vidas e não prejudicar o desenvolvimento. 

“Vimos cenas em outros estados e em outros países de pessoas perdendo a vida, devido à falta de respiradores. Mas, aqui, fizemos um trabalho de enfrentamento muito relevante, muito importante para os capixabas, para que pudéssemos superar dias difíceis e ultrapassarmos este momento. Espero que de agora em diante possamos só olhar para frente e retomar as atividades econômicas. E por que digo isso? Porque o Estado é, sem sombra de dúvida, o com o melhor ambiente de negócios do Brasil. Conseguimos reunir o poder público, instituições representativas do setor privado, academia e setor empresarial para discutirmos os problemas, as soluções e as oportunidades de maneira republicana e, juntos, fazer o Estado ir para frente. Seguimos esta orientação do governador Renato Casagrande para que os capixabas tenham um Estado forte e equilibrado”, pontuou o secretário.

O diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Munir Abud de Oliveira, frisou a importância da concessão de crédito com condições facilitadas para a manutenção de empregos e apoio aos empreendedores para evitar maiores prejuízos à economia e ao desenvolvimento. “Estamos a conceder o crédito da forma mais simples possível, para que se possa atingir o maior número de empresas e, de fato, chegar à ponta daquele empreendedor que precise. Isso foi premissa máxima a nortear o trabalho do Bandes e entendemos que é crucial para fomentar a recuperação econômica do nosso Estado”, frisou.

“Temos aqui uma missão muito ampla que vamos trabalhar para a retomada econômica pós-pandemia. O Governo do Estado é o braço forte junto aos nossos municípios e junto às nossas instituições. Quanto ao desenvolvimento, temos uma dificuldade no País e no nosso Estado. Não é diferente com relação à qualificação profissional. Enquanto eu for parlamentar, quero trabalhar para encurtar esta distância entre os municípios e as instituições para ampliar a capacitação profissional. Este é o primeiro passo para a retomada econômica”, disse o deputado federal Josias Da Vitória.

Leia mais:  Arnaldinho Borgo participa de lançamento do programa Agenda do Prefeito + Brasil
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana