conecte-se conosco


Cidades

Obras de rebaixamento dos enrocamentos na ensecadeira são executadas em Linhares

Publicado

Intervenções de proteção no rio Pequeno começam no dia 12 de maio e devem durar cerca de 20 dias

As obras de rebaixamento dos enrocamentos próximos à ensecadeira de proteção do rio Pequeno, em Linhares (ES), serão iniciadas no dia 12 de maio. As intervenções devem durar cerca de 20 dias. O objetivo da intervenção é contribuir para o melhor escoamento da água existente no local.

Enrocamento é uma estrutura composta por pedras e outros materiais que foram lançados durante a construção da ensecadeira de proteção. Esse conjunto atua na contenção do fluxo de água que passa pelo local.

Em acordo com a Aecom, que atua como perito judicial da 12ª Vara Federal de Belo Horizonte (MG), o rebaixamento deverá ser feito nos enrocamentos que estão localizados acima (a montante) e abaixo (a jusante) da atual ensecadeira de proteção. Assim, os enrocamentos que estão próximos à cota 7 metros de altura serão rebaixados até a cota 6 metros. 

Medidas preventivas de saúde e segurança

A atividade obedecerá a medidas preventivas para garantir a segurança e a preservação da saúde e bem-estar de colaboradores e da sociedade, em meio ao avanço do novo coronavírus.

Ao todo, serão envolvidos 10 trabalhadores locais e de áreas essenciais à execução das atividades. Com base nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), não serão escalados os colaboradores pertencentes aos grupos de risco.

Serão adotadas ações como fácil acesso a álcool gel e a pontos de higienização com sabão; uso obrigatório de máscaras, óculos protetores e distância mínima de 1,5 metro entre os trabalhadores; refeições servidas em marmitex, com talheres descartáveis, e ocupação reduzida nos transportes dos trabalhadores, a fim de garantir mais espaço entre os passageiros. 

 

Leia mais:  ES Solidário entrega doações de roupas para pessoas em situação de rua

Sobre a ensecadeira

A ensecadeira é uma estrutura provisória construída para impedir o contato das águas do rio Doce com a lagoa Juparanã. Em caso de aumento do nível do rio, a ensecadeira poderá ser alteada (elevada). A estrutura foi construída, na cota de 6 metros de altura, em cumprimento à decisão judicial proferida pela 12ª Vara Federal de Belo Horizonte (MG).

O nível de água do rio Pequeno acima da ensecadeira de proteção, na segunda-feira (11), estava em 7,45 metros. Já o nível do rio, localizado abaixo da ensecadeira, encontrava-se em 5,51 metros. 

A Fundação Renova segue com os trabalhos de monitoramento dos níveis de água do rio Doce.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Câmaras temáticas apontam desafios e oportunidades da microrregião litoral sul
publicidade

Cidades

Antônio Joaquim de Souza Neto ‘Toninho’ completa 50 anos de cooperado da COOABRIEL

Publicado

Natural de Cachoeiro de Itapemirim-ES, Antônio Joaquim de Souza Neto é filho de Romeu Joaquim de Souza (in memoriam) e de Erlita Duarte de Souza (in memoriam). Nasceu aos dois dias do mês de novembro de 1942. Mudou-se para São Gabriel da Palha quando contava com aproximadamente dez anos. 

Casou-se com Leontina Maria Stein de Souza em 25 de maio de 1962 com quem tem cinco filhos: Marco Antônio, Sandra Mara, Júlio César, Cláudia Valéria e Romeu Joaquim. É avô de onze netos e de dois bisnetos.

Antônio Joaquim é agropecuarista. Trabalhou com Auxiliar de Veterinário da GECOFA (hoje IDAF) no período de maio de 1973 a maio de 1974. No período de julho de 1977 a setembro de 1984 foi Gerente do Posto de Resfriamento de Leite “João Venturim”, no Bairro Cachoeira da Onça, Município de São Gabriel da Palha.

Sua história com a COOABRIEL – Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel teve início nos idos de 1980, quando foi Conselheiro Administrativo suplente no período de abril daquele ano a setembro de 1982. Em outubro do mesmo ano atuou como Secretário da Cooperativa, onde permaneceu até o mês de março de 1984, quando foi eleito e empossado seu Presidente. A partir de então, passou a dedicar-se com muito afinco à COOABRIEL, que se expandiu significativamente durante a sua gestão, alcançando resultados extraordinários e conquistando definitivamente o mercado cafeeiro. A comercialização de sacas de café saltou de 88.000, no início de seu mandato, para expressivas 1.670.000 sacas de café, ao término daquele. Dada à solidez e ao respeito conquistados, Antônio Joaquim de Souza Neto ocupou o posto por vários mandatos consecutivos (09 anos entre 26/03/1984 a 31/03/1993 e 17 anos no período compreendido entre 01/03/2002 a 31/03/2019). Encerrado este ciclo, certo de que sua missão à frente da COOABRIEL estava concluída, absteve-se de concorrer à Presidência e foi empossado Vice-Presidente da cooperativa, cargo em que se mantém até a presente data.

Com inegável perfil de liderança, importa destacar que o homenageado foi o fundador e primeiro Presidente do Sicoob Norte Capixaba. Atuou, também, dentre outros, nos seguintes cargos: Presidente do Sindicato Rural de São Gabriel da Palha, por oito anos; membro da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras); membro do Centro do Comércio de Café; membro do Conselho Diretor do CNC – Conselho Nacional do Café e representante do Estado do Espírito Santo no Conselho Deliberativo da Política do Café.  

Em reconhecimento ao seu comprometimento com a causa cooperativista e à sua contribuição ímpar para a construção da história da COOABRIEL, Antônio Joaquim já foi agraciado com diversas honrarias, dentre elas: Título de Cidadão Gabrielense; Título de Cidadão Valeriense; Título de Cidadão Aguiabranquense; Título de Cidadão Veneciano; Comenda “Rubem Braga”, conferida pelo Governo Municipal de Cachoeiro de Itapemirim; Comenda do Mérito Agrícola “Dário Martinelli”, concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo; “Medalha do Mérito Cafeeiro”, concedida pela Fundação Procafé, de Serra Negra-SP. Dentre as inúmeras homenagens que lhe foram prestadas pela própria COOABRIEL, o homenageado foi contemplado com o “Troféu Iluminação”, em 2019. Trata-se do prêmio máximo conferido pela cooperativa a personalidades que contribuíram com a história do café conilon e do cooperativismo. Neste ano de 2021, sua honrosa trajetória lhe rendeu uma singela, mas valiosa homenagem pelos 50 anos como sócio da maior cooperativa de café conilon do Brasil, a COOABRIEL, que é motivo de grande orgulho para Antônio Joaquim de Souza Neto, para o Município de São Gabriel da Palha, para o Estado do Espírito Santo, sendo referência em nível nacional e mundial. Eis que a pequena cooperativa fundada em 1963 por 38 cafeicultores se consolidou, tornando-se uma potência com sete mil sócios, distribuídos na Sede, nas dez filiais instaladas no Estado do Espírito Santo e nas três unidades situadas no Estado da Bahia.  

Leia mais:  Suzano patrocina maior evento literário da América Latina
Continue lendo

Cidades

Detran lança canal de atendimento com área de Habilitação

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) lançou um novo canal de atendimento on-line para os serviços voltados para os condutores. O ‘Fale com a Habilitação’ vai facilitar o contato com o órgão para esclarecer dúvidas dos cidadãos relacionadas à área.

Para fazer o contato e esclarecer a sua dúvida, o cidadão deverá acessar o serviço ‘Fale com a Habilitação’ na área de Habilitação e enviar uma mensagem por meio do aplicativo Telegram, que pode ser baixado gratuitamente no celular ou no computador. Ele receberá uma mensagem automática com os serviços disponíveis e, após selecionar a opção desejada, receberá outra mensagem com orientações e o link para o serviço on-line ou o contato da área específica que poderá atendê-lo.

O diretor de Habilitação, Veículos e Fiscalização do Detran|ES, Marcus Perozini, explica que a maioria dos serviços pode ser feita pelo condutor de forma on-line e o novo canal de atendimento pode ser utilizado para o cidadão esclarecer suas dúvidas. “Nós oferecemos diversos serviços on-line que o cidadão pode realizar direto no site de forma fácil e rápida. O ‘Fale com a Habilitação’ vem para facilitar a vida do condutor. É uma forma de atender o usuário de maneira mais próxima e orientá-lo a como realizar um serviço ou direcioná-lo para a área responsável pelo atendimento”, disse.

O Detran|ES oferece cerca de 25 serviços on-line da área de Habilitação como 2ª via de CNH, CNH definitiva, abertura de processo de Renovação, alteração de endereço, agendamento de exames teóricos, certidão de prontuário, consulta de pontuação, Permissão Internacional para Dirigir (PID), emissão de Nada Consta, credencial de estacionamento, entre outros. O site também disponibiliza serviços on-line de Veículos e Infrações, totalizando cerca de 60 serviços digitais que podem ser feitos sem a necessidade de se dirigir a uma unidade presencialmente.

Leia mais:  COVID-19: Mapa de Risco aponta apenas uma cidade em risco moderado
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana