conecte-se conosco


Cidades

Obras para reduzir alagamentos serão realizadas em sete bairros de Vitória

Publicado

Os recorrentes alagamentos afetam a saúde, o bem-estar da população e a mobilidade, além de provocar a destruição de propriedades e benfeitorias

Os bairros Mário Cypreste, Santo Antônio, Inhanguetá, Estrelinha, Grande Vitória e Universitário, em Vitória, vão receber obras de macrodrenagem que prometem reduzir alagamentos na região. Os impactos podem beneficiar cerca de 22 mil moradores da Capital.

O edital para a contratação da empresa para realizar as obras nos bairros foi lançado na terça-feira (31), pela Prefeitura de Vitória. O valor estimado da contratação é de R$ 144 milhões.

O prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, autorizou a Secretaria de Obras (Semob) a fazer a contratação integrada de empresa especializada em elaboração de projetos básicos e executivos de engenharia, execução das obras e operação assistida do sistema de macrodrenagem de 18 bacias de drenagem.

As bacias beneficiadas com obras têm origem em ocupações irregulares sobre manguezais aterrados a partir do final da década dos anos 80 até o início dos anos 2000. Assim, sofrem grande influência da maré, apresentando alagamentos mesmo em período de estiagem, aumentando o risco de alagamentos durante chuvas fortes.

Leia mais:  Moradores de BSF agradecem prefeitura por ações de infraestrutura e pavimentação

Os recorrentes alagamentos afetam a saúde e o bem-estar da população, a mobilidade e provocam a destruição de propriedades e benfeitorias. Os sistemas de drenagem existentes estão subdimensionados e não atendem aos novos conceitos do manejo das águas urbanas, como o controle das águas na fonte.

O prazo de execução do empreendimento é de 1.080 dias. Sendo 180 dias (seis meses) para execução dos projetos, 720 dias (dois anos) para a execução das obras e 180 dias (seis meses) para operação assistida, contados a partir da data da assinatura da Ordem de Serviço do contrato.

“A contratação integrada vai permitir que a empresa vencedora da licitação tão logo conclua os projetos para determinado trecho as obras tenham início. Vamos buscar a melhor solução para reduzir os históricos e constantes alagamentos na região”, explicou o secretário de Obras, Gustavo Perin.

O empreendimento faz parte do Plano Vitória, com investimentos de R$ 1 bilhão, até 2024, anunciado pelo prefeito Lorenzo Pazolini em setembro. O Plano Vitória prevê ações em educação, saúde, infraestrutura, mobilidade, urbanização, habitação, equipamentos esportivos e culturais e tecnologia.

Leia mais:  470 anos: Semana de aniversário da capital segue repleta de comemorações

O anteprojeto propõe uma técnica mista com galerias, reservatórios para controle de cheias e sistema de bombeamento. Estão previstas a ampliação da capacidade de transporte de águas das chuvas de quatro quilômetros de galerias, a construção de dois reservatórios de contenção com bombas para retirar as águas das chuvas, além de duas estações de bombeamento.

publicidade

Cidades

Jaguaré dá início a obras de equipamentos da Assistência Social

Publicado

Obras de reforma do Creas no bairro já foram iniciadas; construção do Cras começa em poucos dias

A Prefeitura de Jaguaré, por meio da Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Segurança Pública, iniciou obras de reforma do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social e vai iniciar, em breve, a construção da nova sede do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, no Bairro Seac.

As obras do Creas já estão em andamento e a construção do Cras começa nos próximos dias. Elas estão avaliadas em 2.200.0000 (dois milhões e duzentos mil reais) e, ao final das intervenções, os equipamentos atenderão aproximadamente 10.000 (dez mil) pessoas englobando os bairros Seac, Novo Tempo, Novo Horizonte, Irmã Tereza, Residencial Seac, Trevisan, Clubinho e as comunidades da Japira e do Córrego da Abóbora.

O objetivo é promover a organização e articulação das unidades da rede socioassistencial e de outras políticas. Assim, o município vai possibilitar o acesso da população aos serviços, benefícios e projetos de assistência social, se tornando uma referência para a população local e para os serviços setoriais.

Leia mais:  Motorista que pagar IPVA em cota única vai ter 15% de desconto

O Cras e o Creas auxiliam famílias e indivíduos em situação grave de proteção, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família/Auxílio Brasil e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Continue lendo

Cidades

Ranking Internacional: Vila Velha é a mais transparente da Grande Vitória

Publicado

Vila Velha é a cidade líder da Grande Vitória em transparência pública e governabilidade. O dado é da ONG Transparência Internacional, que avaliou todos os 78 municípios do Espírito Santo no Ranking Capixaba de Transparência e Governança Pública 2022, lançado nesta terça (5).

Vila Velha é o 2º lugar geral no Espírito Santo com 95,73 pontos. O município está entre os poucos com nota considerada ótima.

O objetivo é estimular essas prefeituras a melhorarem suas agendas de transparência, participação cidadã, abertura de dados, transformação digital, acesso à informação e combate à corrupção.

A escala do ranking vai de 0 a 100 pontos. A nota 0 (péssimo) significa que a prefeitura é avaliada como fechada à participação da sociedade e 100 (ótimo) indica que ela oferece alto grau de transparência e participação social.

Para se chegar ao resultado, foram avaliados os portais de transparência e sites oficiais das prefeituras capixabas, usando metodologia da Transparência Internacional – Brasil, com o objetivo de oferecer um instrumento adicional para que a sociedade, a imprensa e os próprios órgãos de controle tenham acesso à informação e monitorem as ações do poder público na promoção da transparência, da participação social e no combate à corrupção.

Leia mais:  Comércio poderá funcionar normalmente no Carnaval, informa Fecomércio-ES

O prefeito Arnaldinho Borgo disse que o município deu um salto em transparência pública e isso mostra o nível de comprometimento e respeito não só com os recursos, mas mostra para os munícipes e órgãos de controle como esses recursos voltam à sociedade. 

“Em 2020 estávamos em 23º lugar, chegamos ao 3º em 2021 e já estamos melhor colocados na avaliação da Transparência Internacional. Ou seja, Vila Velha bem avaliada por órgão internacional, se destacando e caminhando para a 1ª colocação na avaliação oficial do Tribunal de Contas, previsto para ser divulgado no próximo mês de agosto. Esse dado é muito importante, fruto de muito trabalho da nossa equipe qualificada”, avalia o prefeito Arnaldinho Borgo. 

O secretário de Controle e Transparência, Otávio Postay, ressalta que “o resultado positivo reflete o conjunto de várias ações internas voltadas para o desenvolvimento de uma gestão pública transparente, que oferece informações à sociedade, permitindo ao cidadão colaborar no controle das ações do governo e se os recursos públicos estão sendo usados como deveriam”.

Leia mais:  Agenda Mulher oferece capacitação gratuita em seu terceiro ciclo para empoderar mulheres

Confira aqui o ranking completo com as notas dos municípios capixabas.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana