conecte-se conosco


Cidades

Pescadores de Patrimônio da Lagoa receberão atendimento remoto de indenização

Publicado

Medida que visa dar continuidade à reparação durante a pandemia teve início esta semana

Os pescadores profissionais e não-regularizados da comunidade de Patrimônio da Lagoa, em Sooretama, começaram a receber nesta semana o atendimento remoto para indenização.

A política indenizatória do Programa de Indenização Mediada (PIM) da Fundação Renova foi apresentada e aprovada pela comunidade em fevereiro deste ano (2020). Todo o processo de acordo coletivo vem sendo acompanhado e mediado pela Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo (DPES) e com ciência da Câmara Técnica de Organização Social (CTOS).

Em meio ao avanço do novo coronavírus no país, desde o dia 16 de março, a Fundação Renova suspendeu temporariamente os atendimentos presenciais e Centros de Indenização Mediada para proteger colaboradores e comunidades.

A partir da experiência de acordos firmados em Minas Gerais e no Espírito Santo, a Fundação decidiu usar o atendimento remoto para dar continuidade aos acordos de indenização.

Atendimento

O novo fluxo de atendimento aos pescadores profissionais embarcados se dá, inicialmente, por meio de contato telefônico para agendamento do atendimento remoto, seja por videoconferência ou ligação telefônica. Para quem é representado por um advogado, todos os contatos serão feitos diretamente com o profissional.

As ferramentas de e-mail e WhatsApp serão utilizadas como auxiliares para o envio da documentação necessária ao protocolo de análise da elegibilidade. Além disso, um aplicativo foi especialmente desenvolvido para facilitar o envio de informações de marcações de embarcação.

Caso a pessoa queira se certificar de que a ligação recebida é de um representante da Fundação Renova, ela pode entrar em contato com o analista de diálogo que acompanha a sua família ou ainda com os  Canais de Relacionamento da Fundação, no telefone 0800 031 2303.

Durante a reunião de apresentação da proposta, todos os itens que compõem a indenização são detalhadamente explicados aos atingidos, que contam também com o apoio de um representante da equipe de mediação. No momento do atendimento, o atingido pode aceitar ou não a proposta de indenização.

O valor pago pela Fundação Renova em indenização e auxílio financeiro emergencial aos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão chegou a R$ 2,5 bilhões em maio de 2020. Cerca de 321 mil pessoas em toda região impactada, em Minas Gerais e no Espírito Santo, receberam indenização por danos materiais, morais e lucros cessantes, além do pagamento de Auxílio Financeiro Emergencial.

No Espírito Santo, cerca de 6,3 mil pescadores foram reconhecidos como elegíveis aos programas de Auxílio Financeiro Emergencial (AFE) e Indenização Mediada (PIM) até maio deste ano. Ao todo, foram desembolsados cerca R$ 1,07 bilhões entre indenizações e auxílio financeiro para essa categoria no Estado.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Seag entrega veículo para Associação de Vila Valério
publicidade

Cidades

Previsão é de chuva forte e temporais nesta semana no ES

Publicado

A chuva também vem acompanhada por fortes rajadas de vento e descargas elétricas, que podem ocasionar queda de árvores

Após um fim de semana de sol e calor – o que era muito esperado por grande parte dos capixabas – a previsão é de que o tempo volte a ficar instável nos próximos dias no Espírito Santo. Chuva forte e temporais são previstos para o estado.

De acordo com o Climatempo, um sistema de baixa pressão que se forma na costa do Sudeste do Brasil pode evoluir a um ciclone subtropical. Isso vai favorecer a formação de nuvens carregadas e espalhar chuva forte e temporais no estado capixaba.

A previsão é de que a semana comece com chuva no estado e sobre a região da capital, com grandes volumes acumulados e alto risco para transtornos como alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de encostas.

A chuva também vem acompanhada por fortes rajadas de vento e descargas elétricas, que podem ocasionar queda de árvores.

Para esta segunda-feira (06), pancadas devem se concentrar nos períodos da tarde e da noite, mas não são esperados grande volumes. Já na terça-feira (07), a chuva ganha força e pode ocorrer a qualquer hora do dia, em todo o estado.

Para a quarta-feira (08) são esperados fortes temporais, inclusive na Grande Vitória, já no início do dia. A chuva vai persistir até o fim da semana, de forma expressiva. 

Leia mais:  Detran redefine procedimentos de trânsito para a quarentena
Continue lendo

Cidades

Sesport faz entrega da reforma de campo society no bairro Barcelona, na Serra

Publicado

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, esteve na noite desta sexta-feira (03), na Serra, onde fez a entrega da reforma de campo society do bairro Barcelona. A obra, orçada em R$ 324.404,14, é fruto de um convênio entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), e a Prefeitura Municipal da Serra.

O equipamento ocupa um espaço de 1837,44 metros quadrados e recebeu drenagem e substituição de grama natural por grama sintética, com altura mínima de 44 milímetros, com estabilizantes de cor e proteção ultravioleta, inclusive grama branca para linhas demarcatórias. O campo também recebeu a instalação de novas traves em tubo de aço galvanizado com rede, dois bancos de reservas com cobertura de policarbonato em formato de arco e calçada.

Localizado na praça do bairro Barcelona, a obra substitui o antigo campo, que era de grama natural, mas já estava “careca”, ou seja, com uma série de falhas. Com a reforma, o gramado vai atender às exigências da Confederação Brasileira da modalidade 7 Society, podendo receber até mesmo competições da modalidade.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, comentou a importância da intervenção. “Durante a pandemia, em nenhum momento o Governo do Estado, por meio da Sesport, deixou de investir em infraestrutura esportiva. E este campo é mais uma prova disso. Uma obra que vai beneficiar toda essa região, proporcionando esporte, saúde e lazer para os moradores, afastando também crianças e adolescentes das drogas e da violência e os aproximando do esporte”, destacou.

Leia mais:  Transações via Pix no Banestes tem início a partir da próxima semana
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana