conecte-se conosco


Cidades

Pesquisa ajuda a criar plano de atendimento para empreendedores em vilas de Linhares

Publicado

Comerciantes de Regência e Povoação podem responder o questionário on-line até 12 de maio

Os comerciantes das vilas de Regência e Povoação, em Linhares (ES), foram convidados a participarem de uma pesquisa on-line para mapear as atividades dos empreendedores nessas regiões, diante do atual cenário de isolamento social devido à pandemia do coronavírus no país. 

A pesquisa, realizada pelo Programa de Economia e Inovação da Fundação Renova, tem como objetivo ajudar a implementar ferramentas necessárias para que os comerciantes consigam minimizar os efeitos da pandemia da doença nos negócios locais.  

O questionário da pesquisa está disponível para preenchimento dos interessados até o dia 12 de maio e pode ser acessado clicando aqui

Após a coleta das informações, a Fundação Renova vai trabalhar na criação de um plano de atendimento aos empreendedores locais, em que serão apresentadas ações que possam melhorar e facilitar a realização da prestação de serviços neste período de crise. 

“A proposta visa implementar ações para os comerciantes a fim de fortalecer o processo de corresponsabilidade na implementação das soluções de atendimento aos negócios impactados”, diz o analista do Programa de Economia e Inovação Kadio Serge Aristide. 

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Disputa acirrada para a Prefeitura de Aracruz
publicidade

Cidades

Abrigo de animais na Serra é interditado durante operação conjunta

Publicado

O abrigo interditado é mantido pelos pais da moradora de um apartamento localizado em Vila Velha, onde diversos animais foram encontrados mortos e em situações de maus tratos, em 08 de janeiro

Uma operação conjunta resgatou 34 animais e interditou um abrigo localizado no município da Serra, na manhã desta quarta-feira (20). A ação contou com a participação da Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA),  CPI dos Maus Tratos da Assembleia Legislativa e Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). 

A polícia foi até o local para cumprimento de mandado de busca e apreensão e  interdição do estabelecimento após uma investigação, ainda em andamento, sobre possível abandono e maus-tratos com os animais. 

O abrigo interditado é mantido pelos pais da moradora de um apartamento localizado em Vila Velha, onde diversos animais foram encontrados mortos e em situações de maus tratos, em 08 de janeiro. 

“O inquérito policial está em andamento. As suspeitas são de que os animais encontrados no apartamento teriam sido recolhidos pela mãe, dona do abrigo, e entregues à filha, para ajudar nos cuidados dos animais. O apartamento seria, então, uma extensão do abrigo. Tanto a moradora do apartamento quanto a mãe, faziam pedidos de doação de forma conjunta, o que reforça a suspeita de que a arrecadação e os cuidados eram comuns às duas”, afirmou o titular da DPMA, delegado Eduardo Passamani.

O local onde os animais estavam aparentava pouca salubridade. Apesar disso, os fiscais do CRMV informaram que os cães não apresentavam sinais de maus tratos. Os animais foram recolhidos pela equipe da CPI dos maus tratos, que os encaminhará para avaliação médica e lar adotivo provisório.

“Os donos da instituição também foram cientificados para a apresentação da filha, investigada pela DPMA, para que seja interrogada. Ela se encontra em local ignorado, sob alegação de tratamento médico. Eles também foram informados que estão proibidos de solicitar doações para o abrigo e devem retirar as páginas da entidade das redes sociais”, disse o delegado.

Leia mais:  Disputa acirrada para a Prefeitura de Aracruz
Continue lendo

Cidades

Jaguaré recebe primeira remessa de doses da Vacina contra COVID

Publicado

Quarta-feira, dia 20 de Janeiro de 2021, um dia histórico para a saúde pública de Jaguaré. A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, recebeu a primeira remessa contendo 113 doses da Vacina contra a Covid-19. 


Seguindo as orientações do Governo do Estado, as primeiras 113 doses recebidas do imunizante produzido pela Sinovac/Instituto Butantan, foram entregues pela Regional Norte, e serão aplicadas em alguns profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à Pandemia.
A Enfermeira Elaine Moreschi, da ESF Jirau, foi a primeira profissional à receber a dose do imunizante. A Vigilância Epidemiológica informou que a sequência da vacinação vai seguir alguns protocolos de distribuição.
De acordo com o Prefeito Marcos Guerra, a chegada da vacina representa a esperança de dias melhores: “o momento é de alegria, que Deus possa nos abençoar, e que em breve toda a população possa estar vacinada.”

Leia mais:  Artesãos de comunidades atingidas expõem trabalhos em Feira Nacional de Artesanato no ES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana