conecte-se conosco


Política e Governo

Pesquisa aponta empate técnico entre Coser e Gandini na capital

Publicado

A primeira pesquisa Rede Vitória/ Futura na capital do Estado, para as eleições municipais deste ano, aponta um empate técnico entre João Coser, do PT, e Fabrício Gandini, do Cidadania. No entanto, o petista está um pouco à frente nas intenções de voto estimulado. Quando o eleitor é perguntado: “Se os candidatos fossem esses, em quem você votaria para prefeito de Vitória?”. O ex-prefeito da capital tem 17,5% da preferência do eleitor. Em seguida vem Fabrício Gandini (Cidadania) com 14,2%, dentro da margem de erro de quatro pontos para mais ou para menos. O Delegado Pazolini (Republicanos) com 9% das intenções de voto.

Ainda na pesquisa estimulada, Neuzinha (PSDB) aparece em quarto, com 6,2% dos votos, seguida de Capitão Assumção (Patriotas) que teve 5,5%, Sergio Sá (PSB) 2,7%, Coronel Nylton (Novo) 2,2%, Mazinho (PSD) 2,2%, Namy Chequer (PCdoB) 1,7%, Gilbertinho Campos 1,2% e Fábio Louzada (MDB) 1%. Os eleitores que não sabem, não responderam e indecisos são 20,8%. E aqueles que disseram que não votam em ninguém, branco ou nulo são 16%.

Quando a pesquisa é espontânea, com a pergunta: “Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Vitória”, o cenário aponta vantagem de Gandini, com 8,3% das intenções de voto. Coser vem em segundo, com 7% e Pazolini aparece em terceiro, com 4,3%.

Em quarto, aparece Capitão Assumção, com 2,2%, seguido de Neuzinha, com 2%, Sergio Sá com 1,8%, Mazinho, com 1,3%, Coronel Nylton com 0,8%, Namy Chequer com 0,5%, Gilbertinho Campos 0,5% e Eron Domingos 0,2%. O percentual de não sabe, não respondeu e indecisos é de 50%. Os eleitores que disseram que não votam em ninguém, branco ou nulo são 17,3%. Outro, 3,7%.

No levantamento sobre rejeição estimulada, a pergunta é “Em qual desses você não votaria em nenhuma hipótese?”. O mais citado pelos entrevistados é o candidato João Coser, com 25,5%. Em seguida vem Capitão Assumção com 17,7% e em terceiro Neuzinha com 8,3%.

Em seguida, no levantamento sobre rejeição, em quarto está Gandini, com 7,5%, seguido de Coronel Nylton, com 7,3%, Delegado Pazolini, com 5,5%, Namy Chequer com 5,3%, Mazinho com 2,8%, Sergio Sá com 2,8%, Fabio Louzada com 1,8%, Gilbertinho Campos (Psol) com 1,7%, Halpher Luiggi (PL) com 1,5%, Eron Domingos (PRTB) com 1,3% e Raphael Furtado (PSTU) com 1,2%. Dos entrevistados, 6,3% rejeitam todos os candidatos e 17,8% não rejeitam nenhum. Não sabem, não responderam foram 14,2%.

A pesquisa realizou 600 entrevistas, face a face, com o eleitor entre os dias 2 e 3 de outubro. Todas as medidas de prevenção e segurança preconizadas pelas autoridades sanitárias em função da pandemia de covid-19 foram respeitadas. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e a confiabilidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número ES-04597/2020.

Fonte: Folha Vitória.

Leia mais:  Governo do Estado dialoga com a população em audiência on-line do Orçamento 2021
publicidade

Política e Governo

Suporte econômico: operações de crédito emergencial atingem mais de R$ 720 milhões liberados pelo Banestes

Publicado

Em pouco mais de um ano e meio do início da pandemia da Covid-19, as linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes atingem mais de R$ 720 milhões em operações para empreendedores.

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), que tem mantido a relevante atuação de principal banco credor do Espírito Santo no acesso às linhas especiais de crédito emergencial, como medidas de suporte econômico em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) divulgou, nesta semana, o balanço atualizado das operações. Já são mais de R$ 720 milhões liberados nas linhas de crédito emergencial, em mais de 21 mil operações.

São beneficiadas pelas medidas de acesso ao crédito facilitado e com condições diferenciadas as empresas capixabas de todos os portes: micro, pequenos e médios empreendedores, além das grandes empresas e também o setor industrial. 

“O Banestes tem desempenhado um importante papel de incentivo à economia e permanece atuando como o principal banco credor do Estado no acesso às linhas especiais de crédito emergencial, lançadas como medida econômica para enfrentamento da pandemia, em parceria com o Governo do Estado, por meio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), do Programa Nossocrédito e da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), para a concessão de microcrédito”, ressaltou do diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

As operações de crédito emergencial pelo Banestes tiveram início em março de 2020, a partir do avanço da primeira onda da pandemia da Covid-19 no Estado, que, em decorrência das importantes medidas de isolamento social, impactaram no andamento das atividades econômicas.

“Agimos rápido em busca de soluções que dessem suporte aos negócios, à manutenção dos empregos e à solidez do nosso Estado. Além das linhas especiais para os empreendedores, também lançamos soluções de suporte aos clientes pessoa física e repactuamos mais de R$ 580 milhões em operações de crédito. Atingimos, neste mês, a marca de mais de R$ 720 milhões liberados, em mais de 21 mil operações. Esse volume representa o sólido comprometimento do Banestes com o povo capixaba. Permanecemos atentos aos cuidados com os nossos colaboradores e clientes, com a manutenção dos nossos serviços e com a sustentabilidade do nosso banco”, destacou Amarildo Casagrande.

As informações sobre as linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes, assim como sobre as outras soluções financeiras disponíveis como medidas de enfrentamento à pandemia, estão disponíveis para acesso à população pelo site www.banestes.com.br/estamosjuntos. No site, também é possível acessar as informações para contato com o banco.

Números do 1º semestre

No primeiro semestre de 2021, o Banestes registrou lucro líquido total de R$ 114 milhões. O lucro líquido recorrente foi de R$ 109 milhões, o que, ao comparar os resultados recorrentes do primeiro semestre de 2021 com o período equivalente a 2020 (R$ 87 milhões), o crescimento foi de 25,0%.

Sob a forma de juros sobre capital próprio, no primeiro semestre do ano foi destinado ao acionista controlador, o Estado do Espírito Santo, a quantia de R$ 33 milhões, valor aplicado conforme as prioridades de investimentos definidas no orçamento Estadual.

Crédito Emergencial Banestes:

  • Em 1 ano e 08 meses, mais de R$ 720 milhões liberados em crédito emergencial para empresas de todos os portes e microempreendedores capixabas;
  • Mais de 21 mil operações emergenciais realizadas;
  • Mais de R$ 583 milhões em renegociações de contratos de crédito;
  • Informações detalhadas sobre linhas de crédito e outros auxílios disponíveis em www.banestes.com.br/estamosjuntos.

Leia mais:  Fundo de Proteção ao Emprego possibilita preservação de mais de mil postos de trabalho no Espírito Santo
Continue lendo

Política e Governo

Governador apresenta Plano de Investimentos a prefeitos e lideranças da região Litoral Sul

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, realizou, na manhã desta quinta-feira (16), um encontro com prefeitos e lideranças da região Litoral Sul. Durante a reunião de trabalho, realizada no município de Anchieta, foi apresentado o Plano de Investimentos 2020/2021, do Governo do Estado. Desde o início de agosto, o governador vem realizando encontros semanais com vereadores e agora inicia essas agendas com prefeitos e lideranças de todas as microrregiões do Espírito Santo.

Participaram desse primeiro encontro os prefeitos e lideranças dos municípios de Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo do Sul, Anchieta, Piúma, Marataízes, Presidente Kennedy e Itapemirim.

Para o governador, é importante apresentar os investimentos que estão sendo realizados, assim como entender as principais demandas para investimentos futuros. “Estamos apresentando o que estamos fazendo e também falando sobre o que ainda vamos realizar. Agora, com a pandemia mais controlada, podemos realizar esses encontros, em que expomos de forma clara e transparente onde estamos alocando os recursos públicos e quais são os nossos principais investimentos”, disse.

Casagrande destacou que os encontros servem também para ouvir de prefeitos, vereadores e demais lideranças quais são as principais demandas dos municípios. “É importante receber essas demandas para que a gente possa mudar a vida das pessoas, que é a nossa principal função enquanto gestor público. Essa região, em especial, sofreu muito com as fortes chuvas, principalmente as cidades de Iconha e Alfredo Chaves, que foram alvo de um trabalho de reconstrução no último ano por parte do Governo do Estado”, pontuou.

O governador prosseguiu: “Temos diversas outras obras nessa região, como em Costa Azul, em Iriri, Castelhanos e na chegada de Anchieta. Em breve vamos dar a ordem de serviço da recuperação de Meaípe e da orla de Piúma, além de um contorno para a cidade. Vamos continuar realizando importantes investimentos para mudar a vida do capixaba.”

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Vitor Coelho, que preside a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), parabenizou o Governo do Estado pelos investimentos realizados nos municípios. “Fico feliz em ver os números dos investimentos do Estado, que estão crescendo de forma exponencial ano a ano. Como é bom ser capixaba nesse momento e ver como o Governo do Estado está investindo e desenvolvendo os municípios. Quero que cada município cresça cada vez mais para fortalecer o Espírito Santo e termos ainda mais visibilidade no cenário nacional”, declarou.

O prefeito anfitrião do encontro, Fabricio Petri, agradeceu a reunião e elogiou a iniciativa de apresentar os investimentos aos prefeitos. “Nossa gratidão ao governador por realizar reuniões setorizadas, pois é fundamental sabermos onde estão sendo realizados os investimentos e apresentar nossas principais demandas. Com muito comprometimento, o Governo do Estado vem realizando investimentos em todos os municípios. São investimentos nítidos, em que o morador sente na pele”, afirmou.

A vice-governadora Jacqueline Moraes participou do encontro e citou algumas ações do Governo do Estado, destacando o Programa Agenda Mulher, coordenado no âmbito da Vice-Governadoria. “O programa representa a voz das mulheres no centro do poder do Espírito Santo. Precisamos reduzir a violência, mobilizando também os homens para esse debate”, ponderou.

Também estiveram presentes o secretário de Estado de Governo, Gilson Daniel; os deputados estaduais Janete de Sá, Emilio Mameri, Coronel Alexandre Quintino e Luciano Machado; os prefeitos Tininho Batista (Marataízes), Tiago Peçanha (Itapemirim), Fernando Lafayete (Alfredo Chaves), Paulo Cola (Piúma), Gedson Paulino (Iconha), Nei Castelari (Rio Novo do Sul) e Dorlei Fontão (Presidente Kennedy); além de secretários municipais, vereadores e lideranças.

Leia mais:  Fundo de Proteção ao Emprego possibilita preservação de mais de mil postos de trabalho no Espírito Santo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana