conecte-se conosco


Entretenimento

Pessoas com deficiências encenam espetáculos teatrais durante o mês de junho em Vitória e Anchieta

Publicado

Muita emoção e diversidade no palco. É o que as apresentações de teatro do Projeto Cena Diversa prometem trazer para o público capixaba a partir do mês de junho. Os espetáculos terão entrada gratuita e contam com a participação de pessoas cegas e cadeirantes no elenco.

 O Palácio da Cultura Sônia Cabral, no Centro de Vitória, recebe a peça “Quando Acordar a Cidade”, nos dias 22 e 24 de junho. O espetáculo também será apresentado no município de Anchieta, no dia 18 do mesmo mês. Trata-se de uma história sobre a era de ouro do rádio no Brasil e fazem parte do elenco sete pessoas cegas e duas com baixa visão, que são auxiliadas no deslocamento e na troca de microfones por assistentes-videntes.

 Já o espetáculo “Pele” está marcado para acontecer na Concha Acústica do Parque Moscoso, também em Vitória, nos dias 26 e 27 de junho. Além disso, um ensaio geral e aberto ao público será realizado no local no dia 25. “Pele” tem no elenco três atores cadeirantes interagindo com outros quatro atores andantes.

 

Convite a turmas escolares

 Os representantes de escolas que queiram levar turmas de alunos para assistir às apresentações do espetáculo “Quando Acordar a Cidade” devem entrar em contato com a coordenação do projeto, pelo WhatsApp da Associação Sociedade Cultura e Arte (SOCA) Brasil: (27) 99609-8181. A plateia do Palácio da Cultura Sônia Cabral comporta o total de 206 pessoas. Na Concha Acústica do Parque Moscoso, podem se sentar cerca de 200 pessoas nos bancos.

Leia mais:  Herdeiros de Tom Veiga podem perder imóvel nos EUA por causa de pagamentos atrasados

 

Projeto Cena Diversa

 Pessoas com deficiência física, visual e auditiva participam de uma série de oficinas que envolvem práticas de teatro, canto, radionovela, cinema e fotografia. As atividades são realizadas em Vitória e o objetivo do projeto é trabalhar diversas linguagens artísticas e integrá-las à estética teatral.

 

As oficinas são organizadas pela Associação Sociedade Cultura e Arte, também chamada de SOCA Brasil, que é formada por artistas e pesquisadores das artes cênicas. Ao todo, são 256 horas de aprendizado em teatro, canto, radionovela, vídeo, cinema e fotografia.

 

Novas apresentações

 No cronograma do Projeto Cena Diversa estão, além dos espetáculos “Pele” e “Quando Acordar a Cidade”, também a performance “Slam Corpo Grita”. Os três trabalhos são resultado da primeira edição do projeto, organizada em 2019, após a realização de oficinas com pessoas com deficiência recrutadas, após a divulgação das oportunidades.

 Durante a pandemia, não foi possível fazer novas apresentações presenciais das peças, realidade essa que mudou no ano de 2022. Nesta nova edição, o projeto conta com o patrocínio da Wilson Sons e ES Gás, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet. A Secretaria da Cultura (Secult-ES) apoia a iniciativa com a cessão do Palácio da Cultura Sônia Cabral.

 O Projeto Cena Diversa teve início em 2019, com o Prêmio Diversidade Cultural da Secult-ES. É realizado em parceria com a Cia Poéticas da Cena Contemporânea, coletivo de artistas que originou a SOCA Brasil, propositora do projeto.

Leia mais:  Record convida Zilu Godoi para novo reality show

 As oficinas ofertadas aos participantes têm como base as práticas da Cia Poéticas, grupo formado por diretores de teatro e cinema, dramaturgos, videastas, fotógrafos, artistas visuais e, até mesmo, um compositor musical. As atividades e parte dos ensaios que acontecem no Instituto Luis Braille, em Vitória, que apoia o projeto com a cessão do espaço.

 

 

SERVIÇO

Apresentações teatrais do Projeto Cena Diversa 2022

 

QUANDO ACORDAR A CIDADE

https://www.cenadiversa.com/quandoacordaracidade

ONDE: Palácio da Cultura Sônia Cabral – Praça João Clímaco, Cidade Alta – Centro de Vitória.

QUANDO: 22 e 24 de junho

AGENDAMENTO DE ESCOLAS: por meio do WhatsApp da SOCA BRASIL – (27) 99609-8181

 

PELE

https://www.cenadiversa.com/espetaculopele

ONDE: Concha Acústica do Parque Moscoso – Parque Moscoso, Vitória.

QUANDO: 26 e 27 de junho

AGENDAMENTO DE ESCOLAS: por meio  do WhatsApp da SOCA BRASIL – (27) 99609-8181

 

Informações:

Rejane Arruda, coordenadora do Projeto Cena Diversa e presidente da SOCA Brasil:

(27) 99609-8181

 

VÍDEO:

Reportagem TVE (2019): https://www.youtube.com/watch?v=IHY5uiiF1JU

 

Redes Sociais:

Cena Diversa (Instagram): https://www.instagram.com/cenadiversa/

SOCA Brasil (Instagram): https://www.instagram.com/socabrasil/

Canal Youtube: https://www.youtube.com/c/SOCAIAssocia%C3%A7%C3%A3oSociedadeCulturaeArte/videos

 

Sites:

SOCA Brasil: https://www.socabrasil.org/ 

Cena Diversa: https://www.cenadiversa.com/

publicidade

Entretenimento

Festa da Polenta e Serenata. Veja datas do tradicional evento italiano que acontece em Venda Nova

Publicado

Público contará com muita música, comida e danças. A Serenata Italiana acontece neste sábado (9)

Mais uma edição da Festa da Polenta foi confirmada! O evento, que acontece em Venda Nova do Imigrante, será realizado nos dias 7 a 9 e de 14 a 16 de outubro, mas antes disso, os capixabas contam com a tradicional Serenata Italiana que acontece no próximo sábado (9).

Trajadas e cheias de empolgação, o evento reúne pessoas de várias cidades. O público sai dos bairros Bananeiras, Providência, Tapera e Lavrinhas cantando músicas italianas aprendidas durante a infância com os nonnos e nonnas. 

Depois de uma caminhada de aproximadamente 3 horas, o grande encontro acontece no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (Polentão) onde haverá show com a banda Toni e Boni, além de comidas e bebidas típicas.

“Desde março a diretoria da Afepol está trabalhando firme para que tudo saia de forma muito organizada e segura para os participantes, assim como aconteceu nas outras edições”, enfatizou Edésio Minet Zavarize, presidente da Associação Festa da Polenta (Afepol).

Para participar do evento é preciso comprar uma pulseira no valor de R$ 20 que dá acesso ao Polentão. A quantidade é limitada e as vendas acontecem na Afepol e em pontos do comércio do município, Castelo, Pedra Azul, Conceição do Castelo, Brejetuba e Vitória, identificados com cartazes da festa. 

Leia mais:  Conheça Rhay Polster, modelo que será o grande lançamento de 'Verdades secretas' 2

No dia da festa, na Afepol, também haverá vendas das pulseiras de acesso, bem como de acessórios típicos como embornal, taças, suspensório, boinas e arquinhos.

“A Serenata é mais um instrumento de fortalecimento de resgate cultural e manutenção das tradições trazidas pelos imigrantes italianos. Para continuar sendo uma festa bonita e segura para as famílias participarem, a Afepol pediu reforço à Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e ao Corpo de Bombeiros”, conta Edésio.

Regras para participação

Para a segurança do público, a Afepol confeccionou um panfleto com as regras de participação da Serenata Italiana. As normas também estão sendo divulgadas nas redes sociais da Festa da Polenta (@festadapolenta e pelo Facebook: Festa da Polenta).

– Durante a caminhada a recomendação é não levar facas e garfos de metal, bem como copos e garrafas de vidros. O participante deve levar o que for comer já cortado e fatiado, além de dar preferência para utensílios descartáveis.

– A venda de bebida alcóolica é expressamente proibida para menores de 18 anos. A entrada desse público no Polentão somente será permitida com o responsável.

Leia mais:  Dupla Anavitória cobra R$ 95 por lives na quarentena e fãs reclamam

– Os tratores e fogões à lenha móveis, que desfilam na Serenata, devem portar placa identificadora cadastrada na Afepol. Não será permitido outro tipo de veículo, muito menos a execução de músicas diversas às oficiais.

– Dentro do Polentão, somente o som do palco funcionará. Não serão permitidos vendedores ambulantes e barraqueiros. Haverá policiamento com bafômetro.

SERENATA ITALIANA

Data: sábado (9)
Horários: saída dos bairros às 19h, chegada no Polentão às 22h e término às 2h
Local: ruas de Venda Nova do Imigrante e Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (Polentão)
Pulseiras de acesso ao Polentão LIMITADAS: R$ 20. comércio local e na Associação Festa da Polenta (Afepol).

FESTA DA POLENTA

Data: 7 a 9 e de 14 a 16 de outubro.

Continue lendo

Entretenimento

Patricia Abravanel entrega ‘vício’ de Silvio Santos: ‘Eu acho um problema’

Publicado

Patricia Abravanel revelou que Silvio Santos é viciado em trabalho. A filha do dono do SBT contou que, durante a pandemia da Covid-19, ele fez atividades que nunca havia feito antes e nem sequer falou sobre a emissora, o que para ela foi motivo de orgulho. “Eu acho um problema “, avalio. 

O assunto veio à tona no podcast O Pod É Nosso, exibido no YouTube e comandado por Carlos Alberto de Nóbrega e Renata Domingues. Na atração, ela elogiou o fato do pai, aos 91 anos, permanecer ativo. “Eu admiro muito quando eu vejo ele saindo do carro, aquela postura ereta, forte, eu acho tão legal, é uma vontade de viver, de fazer e de continuar produzindo. Ele sabe que o pessoal sente falta dele”.

Apesar dos elogios, Patricia destacou que não gosta de ver o comunicador trabalhando demais. “Meu pai é muito focado no trabalho. Vocês não aprenderam a ter outros prazeres, eu acho um problema, viu, Carlos Alberto? Vocês não aprenderam a ver felicidade em outras coisas”, analisou ela. 

Leia mais:  Record convida Zilu Godoi para novo reality show

“Eu nunca deixei de fazer um programa em 35 anos”, comentou o apresentador do A Praça É Nossa. “Mas vocês não aprenderam a ver felicidade em outras coisas. No ano passado, eu achava que ele não ia voltar, ele estava curtindo outras coisas. Ele foi em aniversário de neto, ele nunca tinha ido. Fez coisas que ele nunca fazia antes”, completou Patricia.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana