conecte-se conosco


Pinga fogo

Pinga-Fogo – Abril

Publicado

Por Zene Lagace

Prestação de Contas na UTI

Os recursos provenientes do Governo Federal para os estados e municípios com a finalidade de combater o coronavírus, nem sempre chegaram ao seu destino. Pelo caminho sempre tem um esperto para levar parte dele para sua tenda. Os recursos serviram não só para combater o covid como também para engordar os cofres daqueles que serão candidatos em 2022. A CPI que era para investigar apenas Bolsonaro, agora foi estendida para investigar os paladinos da moralidade reversa… Governadores e prefeitos é que são os responsáveis na aplicação dos recursos e devem ser responsabilizados por tudo que advir da pandemia. Para o bem ou para o mal. Mas, com Renan Calheiros na relatoria, a investigação vai ficar somente no Bolsonaro e seu governo.

E agora?

No primeiro mandato o prefeito Daniel Santana disse que era impedido de realizar ações em benefício do município de São Mateus e da sua população. Culpava os vereadores de oposição. Só não reclamava da liberdade que teve para injetar recursos públicos em suas festas e eventos carnavalescos. Também não se intimidou com as denúncias relacionadas as licitações, no mínimo, suspeitas. Contou com toda essa impunidade com a omissão do Ministério Público Estadual, que nunca conseguiu ver nada de irregular na administração e nem poderia porque contou até com promotor encima de trio elétrico rasgando seda ao prefeito.

Agora os vereadores da nova Câmara estão todos ao seu inteiro dispor. Nada, ainda, aconteceu para melhorar a vida do mateense. A desculpa da pandemia não vale. É apenas um detalhe na farra com os recursos desperdiçados nesses últimos anos.

Seria um bom serviço

Segundo os entendidos em constituição (o STF costuma rasgá-la) não cabe a CPI investigar estados e municípios. Alegam que os recursos repassados pelo Governo Federal, ao chegar nos estados e municípios viram recursos estaduais e municipais. Daí…

Sendo assim, cabe as assembleias e câmaras investigar a aplicação desses recursos disponibilizados para o combate a pandemia. Não seria a hora da Assembleia Legislativa dar uma espichada de olho sobre essa situação? Se nada há a temer, nada há para não fazer.

O mesmo deveria acontecer com São Mateus. As denúncias são inúmeras, principalmente no período eleitoral, quando cestas básicas foram distribuídas em troca de voto dentre outros ilícitos eleitorais. Caberia uma CPI, afinal o povo elegeu seus representantes para representá-lo em não serem submissos ao cacique ou dono, sabe-se lá o que. Dentre os onze, as exceções são poucas, não chegam aos cinco dedos de uma mão.

Será?

Vale uma olhada ‘bem olhada” na Secretaria Municipal de Saúde de São Mateus. Existe suspeita de que alguma coisa não bate entre entrega de remédios às unidades de saúde com o estoque. Não custa nada dar uma conferida.

Silêncio “ensurdecedor”

Como o eleitor pode acreditar numa oposição ao prefeito que só aparece em período eleitoral? Durante os anos nada falam, não se posicionam, se omite. Por onde andam aqueles que desejavam que o prefeito e sua administração queimassem nas labaredas do inferno? Por essas e outras que é tudo farinha do mesmo saco.

EM TEMPO

• Pergunta que não quer calar. Por que a política é para servir e não se servir se os políticos depois que conquistam o mandato ficam ricos? Será que é prêmio a sua honestidade.

• A oposição reclama do governo por não ter privatizado as estatais que estão no seu programa de privatização. Mas por que os que defendem, na hora de alinhar o voto, se colocam contra?

• Governadores estão virando embaixadores… Atropelam o Ministério das Relações Exteriores e elaboram cartinhas aos governantes de outros países… “Bidê” recebeu uma.

• Por onde andam os filhos do Lula? Os do Bolsonaro estão aí na mídia e tem endereço certo.

• E o José Dirceu? Condenado está circulando e articulando o movimento para derrubar o governo. Lula vai sair pelo País. Será que é para reagrupar a quadrilha?

Leia mais:  Pinga-Fogo - Janeiro
publicidade

Pinga fogo

Pinga-Fogo – Março

Publicado

Sem Noção e Sem Educação

O ex-jogador Casagrande, que virou comentarista esportivo de jogos transmitidos pela Rede Globo, ofendeu duramente a ex-jogadora de vôlei, Ana Paula Henkel, por discordar de suas opiniões políticas. Casagrande nunca foi um grande jogador e agora é um grande opressor das ideias alheias, apesar do seu hipócrita posicionamento de democrata. Ana Paula, ao contrário, tornou-se uma grande comentarista política e tem vida ilibada. E no seu delírio ele ataca também Bolsonaro e defende o ladrão condenado e ex-prisioneiro Lula e a desvairada Dilma.

==============================================================

Dor de Dente

É difícil acreditar, mas surgiu a denúncia que o tratamento dentário de uma funcionária da Câmara de Vereadores de São Mateus custou a aquela Casa de Leis a “mixaria” de R$ 50 mil. Chegou a se falar que era apenas o tratamento de um dente (sic). Esse caso teria acontecido na gestão de Jorginho Cabeção. Agora ficou a dúvida: Fake News ou Truth News?

Chorão

Crocodilo chora? O ex-prefeito, Amadeu Boroto, esteve na Câmara de Vereadores para prestar esclarecimentos sobre suas contas que devem ir a plenário em breve para serem julgadas pelos “nobres” edis. São duas que já estiveram sob o crivo do Tribunal de Contas e foram rejeitadas pelos seus técnicos. Durante seu pronunciamento, foi acometido de um choro que derramou “secas lágrimas” pelo rosto, sem molhar o plenário. E nem amolecer o coração e a consciência da maioria. Um ou outro ainda tentou chama-lo de “Amadeus”.

Deixado na chuva

Carlinhos Lyrio (Podemos) foi a mais plausível condição para derrotar o atual prefeito São Mateus nas últimas eleições. Pelo menos quando a campanha caminhava para o seu desfecho e o voto útil foi uma forma para que ele pudesse ter chance de chegar à vitória. Aqueles que sempre se diziam contra Daniel e seu governo, em vez de engajarem na campanha de quem poderia disputar a vitória, preferiram apoiar outra candidatura, a do Ferreira Júnior (SD). Um grupo de empresários estavam ávidos para voltar a ter a galinha dos ovos de ouro a seu bel prazer. Quem não quis aparecer demais, deixou suas digitais na composição dessa chapa, tendo Ferreira Jr como titular. Indicaram o vice, um médico que num momento de pandemia deveria estar cuidando dos seus pacientes no hospital que mais apresentava casos de Covid-19. A omissão desses custou a permanência do prefeito Daniel à frente do município. Tudo sem seu preço e, para a campanha de 2022, essa fatura será cobrada.

EM TEMPO

• O jornalista André Oliveira fez uso da tribuna da Câmara, na sessão de terça-feira (23), para fazer denúncia sobre as Fake News que supostamente são produzidas com conhecimento do governo municipal. Ele pediu apuração dos fatos ali narrados.

• O lockdown é muito parecido com delírios autoritários de alguns governantes. Não demonstrou sua eficácia, muito pelo contrário, vem demonstrando que é uma ação simplesmente de tirano e politiqueiro. Einstein dizia que insanidade é repetir as mesmas formulas que não foram eficazes.

• Mesmo perdendo e contando com o “apoio” do Inter e da expulsão polêmica no Maracanã, o Flamengo sagrou-se campeão. Até nisso estamos virando medíocres. Parabéns ao Flamengo, que, apesar de tudo ainda é o que temos. O Palmeiras vem logo atrás.

Leia mais:  Pinga-Fogo - Janeiro
Continue lendo

Pinga fogo

Pinga-Fogo – Janeiro

Publicado

Por Zene Lagace

Fiscalização da aplicação dos recursos

Uma das atribuições dos vereadores é fiscalizar a aplicação dos recursos orçamentários pelo Executivo. Os recursos provenientes do Governo Federal foram deforma emergencial, o que não isenta de responsabilidade o Legislativo de fiscalizar a sua aplicação.

A Câmara de Vereadores de São Mateus poderia se empenhar em apurar como foi e está sendo a aplicação do dinheiro que veio de Brasília para o combate do vírus da covid-19 pela Prefeitura. A amizade e parceria do Legislativo com o prefeito não exime os vereadores de se empenhar nessa apuração. O padrão é a população e não o mandatário de plantão.

===================================================================

Para esclarecer

Emendas parlamentares e obras de governos não são favores de pessoas, são obrigações para com aqueles que pagam seus salários para os representar e gerenciar a empresa do povo que é o município, o estado e o país. É enganador quando um político se arvora em se nomear como pai de uma benfeitoria para a população. Os impostos são arrecadados para se fazer obras e pagar as despesas com a máquina administrativa, mesmo para alguns que lá estão e nada fazem.

Oposição

Após as eleições, onde havia um montueiro de candidatos a prefeito de São Mateus (uns fakes e outros de verdade), deixaram algumas interrogações. Por onde anda a oposição? Todos se juntaram num só balaio?

Hoje o maior nome da oposição à atual administração municipal de São Mateus é o radialista Carlinhos Lyrio, do Podemos. O que o credencia a esse patamar foi o número de votos recebidos na eleição, mesmo sendo – a maioria deles – taxados como voto útil. É a voz que se espera que se levante diante de tudo que for preciso para cobrar transparência do governo municipal. Vamos ver se a oposição mateense vale mesmo o que se pesa e se anuncia.

Concorrência

Como se não bastasse a enorme quantidade de urubus voando sobre suas cabeças em diversos bairros da cidade, atrás do lixo acumulado pelas ruas, agora são os mosquitos que, com seus voos rasantes miram as pessoas para chupar o seu sangue.

Com relação a sugar sangue, a população mateense foi vítima dessa ação nos últimos quatro anos por atuação “competentíssima” da administração pública agora reeleita. É preciso quebrar esse paradigma.

Vamos dar uma espiada?

O setor da saúde municipal de São Mateus é muito complicado no que se refere a sua gestão. Existem denúncias de desvio de material e é um prato cheio para a ““posição” pedir apuração, não a relacionada a vereadores, mas aquela que disputou as eleições contra o atual governo mateense. Apuração pela Câmara de Vereadores é obrigação e se assim não o fizer é omissão e conivência.

Sei não…

O que chama a atenção no trecho que liga o bairro Park Washington ao da Aviação é o valor da obra e a ausência de residências às suas margens. Dizem que está programada a construção de um condomínio. Os bancos são proibidos de venda casada…

Boca, boquinha, bocão

Às eleições de 2022 estão – aparentemente – longe, mas a campanha para alguns interessados dela participarem já está nas ruas. Não é novidade a lista dos pretendentes a uma vaga (ou mamata?) em nível do legislativo. Temos candidatos a tudo. Em São Mateus, além das conhecidas figurinhas carimbadas apareceram outras que acredita na renovação decantada antes e esquecida depois ao se elegerem.

EM TEMPO

• Jornalismo é informação e não militância.

• A população capixaba pode esperar um legislativo independente ou conivente? Como será o de São Mateus?

• Urubus agora têm companhia para fazer companhia ao cidadão mateense: os pernilongos. São vistas nuvens desses insetos em tour pelos bairros.

• A preocupação com a pandemia é tanta que fecham escolas e permitem ônibus lotados. Conhecimento torna uma ameaça, pois povo esclarecido tem dificuldade em votar nos espertalhões.

• Os gastos do governo federal que os maldosos alardeiam como ato de corrupção, se referem a aquisição de alimentos para todos os ministérios e órgãos federais. Querem a qualquer custo atacar o presidente sem tomar o cuidado em fazer conta. Matemática não é tão difícil assim, né?!

• A disputa pela presidência da Câmara dos Deputados e do Senado virou uma guerra.

Leia mais:  Pinga-Fogo - Janeiro
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana