conecte-se conosco


Pinga fogo

Pinga-Fogo – Abril

Publicado

Por Zene Lagace

Prestação de Contas na UTI

Os recursos provenientes do Governo Federal para os estados e municípios com a finalidade de combater o coronavírus, nem sempre chegaram ao seu destino. Pelo caminho sempre tem um esperto para levar parte dele para sua tenda. Os recursos serviram não só para combater o covid como também para engordar os cofres daqueles que serão candidatos em 2022. A CPI que era para investigar apenas Bolsonaro, agora foi estendida para investigar os paladinos da moralidade reversa… Governadores e prefeitos é que são os responsáveis na aplicação dos recursos e devem ser responsabilizados por tudo que advir da pandemia. Para o bem ou para o mal. Mas, com Renan Calheiros na relatoria, a investigação vai ficar somente no Bolsonaro e seu governo.

E agora?

No primeiro mandato o prefeito Daniel Santana disse que era impedido de realizar ações em benefício do município de São Mateus e da sua população. Culpava os vereadores de oposição. Só não reclamava da liberdade que teve para injetar recursos públicos em suas festas e eventos carnavalescos. Também não se intimidou com as denúncias relacionadas as licitações, no mínimo, suspeitas. Contou com toda essa impunidade com a omissão do Ministério Público Estadual, que nunca conseguiu ver nada de irregular na administração e nem poderia porque contou até com promotor encima de trio elétrico rasgando seda ao prefeito.

Leia mais:  Pinga-Fogo - Dezembro

Agora os vereadores da nova Câmara estão todos ao seu inteiro dispor. Nada, ainda, aconteceu para melhorar a vida do mateense. A desculpa da pandemia não vale. É apenas um detalhe na farra com os recursos desperdiçados nesses últimos anos.

Seria um bom serviço

Segundo os entendidos em constituição (o STF costuma rasgá-la) não cabe a CPI investigar estados e municípios. Alegam que os recursos repassados pelo Governo Federal, ao chegar nos estados e municípios viram recursos estaduais e municipais. Daí…

Sendo assim, cabe as assembleias e câmaras investigar a aplicação desses recursos disponibilizados para o combate a pandemia. Não seria a hora da Assembleia Legislativa dar uma espichada de olho sobre essa situação? Se nada há a temer, nada há para não fazer.

O mesmo deveria acontecer com São Mateus. As denúncias são inúmeras, principalmente no período eleitoral, quando cestas básicas foram distribuídas em troca de voto dentre outros ilícitos eleitorais. Caberia uma CPI, afinal o povo elegeu seus representantes para representá-lo em não serem submissos ao cacique ou dono, sabe-se lá o que. Dentre os onze, as exceções são poucas, não chegam aos cinco dedos de uma mão.

Será?

Vale uma olhada ‘bem olhada” na Secretaria Municipal de Saúde de São Mateus. Existe suspeita de que alguma coisa não bate entre entrega de remédios às unidades de saúde com o estoque. Não custa nada dar uma conferida.

Leia mais:  Pinga-Fogo - 1ª Quinzena de Agosto

Silêncio “ensurdecedor”

Como o eleitor pode acreditar numa oposição ao prefeito que só aparece em período eleitoral? Durante os anos nada falam, não se posicionam, se omite. Por onde andam aqueles que desejavam que o prefeito e sua administração queimassem nas labaredas do inferno? Por essas e outras que é tudo farinha do mesmo saco.

EM TEMPO

• Pergunta que não quer calar. Por que a política é para servir e não se servir se os políticos depois que conquistam o mandato ficam ricos? Será que é prêmio a sua honestidade.

• A oposição reclama do governo por não ter privatizado as estatais que estão no seu programa de privatização. Mas por que os que defendem, na hora de alinhar o voto, se colocam contra?

• Governadores estão virando embaixadores… Atropelam o Ministério das Relações Exteriores e elaboram cartinhas aos governantes de outros países… “Bidê” recebeu uma.

• Por onde andam os filhos do Lula? Os do Bolsonaro estão aí na mídia e tem endereço certo.

• E o José Dirceu? Condenado está circulando e articulando o movimento para derrubar o governo. Lula vai sair pelo País. Será que é para reagrupar a quadrilha?

publicidade

Pinga fogo

Pinga-Fogo – I Agosto/22

Publicado

Por Zene Lagace

Um emaranhado de normas

Eleição no Brasil beira as raias do labirinto. É muita bobagem burocrática que daqui a pouco vão até nos “deixar” votar em paz. Candidato não pode dizer que é pretendente ao pleito antes da convenção e por isso tem que ser chamado de pré, apesar de estar andando fazendo política em todo buraco do País. É hilária essa nossa lei. A propaganda nos meios de comunicação é o cúmulo, pois o candidato ao abrir a boca mal pode falar. Seria melhor colocar um mudo para apresentar em libras seus projetos. No rádio um grito de Tarzan serve para despertar o eleitor. Cada candidato pode imitar um animal.

Até os polêmicos do mundo animal pode ser imitado pelos seus clones humanos…

==============================================================

O mercador sagrado…

O bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, pediu em vídeo para que seus fiéis, quando partirem desta para outra melhor deixarem todos seus bens para a sua igreja, como forma de agradar a Deus. Ele avisa que não tem nada em seu nome. Tudo está em nome da Igreja, que é de sua propriedade.

Leia mais:  Pinga-Fogo - Setembro

Língua solta

Em pronunciamento da tribuna da Câmara de Vitória, o vereador Gilvan da Federal (PL) “deitou o cabelo” no deputado federal Da Vitória e no estadual Rafael Favatto. O primeiro sobre ter controlado a aproximação de alguns parlamentares e aliados de primeira hora de Bolsonaro até o presidente. Com relação a Favatto (Patriota) a crítica foi sobre sua postura dúbia de estar com Bolsonaro e também com Casagrande. “Acende uma vela para Deus e outra para o diabo”, disse Gilvan.

Bobeou, dançou!

Aconteceu o que se esperava e estava anunciado nos compêndios da hipocrisia e traição da política capixaba. O Sergio Meneguelli, que tinha pleiteado a indicação do seu partido para disputar o Senado, viu seu castelo de areia desmoronar. Vai ter que se contentar com uma candidatura a deputado estadual. Acho que é mesmo o que lhe cabe, pois não foi tudo isso que a mídia obtusa fala com elogios à sua atuação à frente da Prefeitura de Colatina.

A “mudança”

Com a realização das convenções partidárias, o eleitor capixaba viu surgir na sua área de visão, um cenário muito parecido com o de “quase” sempre. Os nomes colocados e homologados à disputarem o pleito eleitoral deste ano parece ser a ação do “Ctrl-v”. É a prática do copiar e colar. São sempre os mesmos…

Leia mais:  Pinga-Fogo - Janeiro

EM TEMPO

• De acordo com o TSE o eleitor pode sentar o cacete no presidente, mas no ex-presidiário Lula só pode passar o pano. Um é genocida (sem ser), o outro é santo (sem ser). Parece que um é meio porra louca e o outro ladrão.

• Alckmin e Lula, um casamento de cobra com cachorro. Avisem a Janja que fique esperta!

• Apesar de ter sido noticiado pela rede Fake News de Comunicação que opera em São Mateus, o candidato Baduti desmentiu categoricamente (reforçando com todas as forças trançadas ou não), que não vai disputar o Senado. Ainda. Pleiteia uma vaga na Câmara dos Deputados.

• O que leva uma pessoa esclarecida torcer para o Vasco, mesmo sendo frequentador da Segunda Divisão do futebol brasileiro? Dizem que é porque o Vasco não foi condenado e depois descondenado, como o corintiano ex-presidiário Lula.

Continue lendo

Pinga fogo

Pinga-Fogo – II Julho/22

Publicado

Por Zene Lagace

Desrespeito ao País

Os ministros Alexandre de Moraes e Edson Fachin, ambos do STF, foram convidados para uma audiência pública no Senado para se discutir o ativismo jurídico e outras questões relacionadas ao processo eleitoral com os questionamentos das urnas eletrônicas. Todos convidados compareceram, exceto os dois ministros, que alegaram dificuldades de agendas. Na verdade, eles e outros colegas da Suprema Corte tem disponibilidade para correr o mundo proferindo palestras e falando mal do governo brasileiro e até do próprio País, trazendo prejuízo na imagem brasileira, uma vez que fazem narrativas que confundem, desinformam e percebe-se que são mentirosas.

O que assusta é a passividade do Senado e a maioria dos seus membros, que se submete a quem tem menos poder do que aquela instituição que compõe o Congresso Nacional e todos foram eleitos pelo voto popular. Ministros do STF não tem um único voto sequer e se arvoram em querer governar o País e afrontar, em muitas oportunidades, o que está sacramentado na Constituição Federal.

==============================================================

Um larápio a solta

Lula não é, não pode e não vai ser presidente da República. Sua oportunidade já expirou e a aproveitou quando esteve no poder, para saquear o País. Para criminosos só tem uma possibilidade e uma opção: a cadeia. Simples assim.

Zero total

Não existe nada de relevante executado pela Prefeitura de São Mateus nessa sua atual gestão. Uma cidade turística, nenhum curso de qualificação. Uma cidade histórica, nenhuma valorização da cultura e das atividades voltadas para inserir nas escolas a História Mateense. Para essa camarilha oficial o que vale é um caminhão com um monte de instrumento em cima e bandas que fazem barulho sem mostrar talento. Uma merda de administração. Pior: apoiada por lideranças que só dizem gostar de São Mateus em período eleitoral.

Leia mais:  Pinga-Fogo - 1ª Quinzena de Agosto

Os candidatos locais

São Mateus começa a conhecer seus pré-candidatos. Existem os candidatos cativos, os que fazem disso um robe e de novidade pouca coisa. As figurinhas carimbadas são aquelas que diante do descalabro político-administrativo se omitiram e, em alguns casos, fazem o jogo do mandatário que esteve preso por ilícito contra o povo e o município. A população conhece quem são, até porque viraram profissionais de disputas eleitorais.

“Involução” das urnas eletrônicas

Em 2002 o ex-presidiário Lula questionou a inviolabilidade das urnas eletrônicas, em entrevista dada à Folha de São Paulo. De lá para cá o sistema é o mesmo e não se pode mais questionar a sua segurança. Aliás, os conservadores não podem, mas a esquerda tudo pode, sob a leniência da Suprema Corte.

Esporte amador

O futebol amador é mais importante para a comunidade do que o profissional. As prefeituras deveriam apoiar iniciativas nesse sentido, mas não só o futebol, assim como outras modalidades esportivas amadoras. Em São Mateus o departamento de esporte da municipalidade sempre costumou a ser cego para outros esportes que não fosse somente o futebol. Até as quadras não tem sequer bandeja e cesta para a prática do basquete.

Sobre a criação e organização de uma Liga desportiva, o município de Serra pode ajudar com o seu exemplo no futebol amador. E ainda tem o apoio da Prefeitura e da Câmara de Vereadores.

Lazer é cultura e qualidade de vida

São Mateus é uma cidade sem muita opção de lazer. O prefeito acha que um trio com uma banda encima sacudindo a bunda é cultura e lazer. Não se constrói praças, não se investe em movimentos culturais e, uma cidade histórica, com uma cultura rica fica pobre. As famílias não encontram uma área de lazer para encontro com amigos, levar seus filhos pequenos, ter um pouco de qualidade de vida.

Leia mais:  Pinga-Fogo - Janeiro

Uma praça pode estar surgindo…

O bairro Boa Vista poderá em breve ganhar uma praça. O JN fez há década matéria falando sobre essa carência mateense, mas o presidente da Câmara, Paulo Fundão (PP), parece se interessar pelo assunto e fará sugestões ao Executivo. Inclusive, uma praça no bairro Boa Vista pode ser a possibilidade de uma correção de uma injustiça: homenagear o ex-prefeito Pedro dos Santos Alves, que foi morador daquele bairro.

Lembrando o poeta que “a praça é do povo como o céu é do avião”.

Em tempo: a praça da rodoviária é do vandalismo, da esculhambação. É o retrato da atual administração. É área de risco, área de degradação estética e campo minado para quem por lá costuma ser obrigado a transitar.

EM TEMPO

• Em setembro a Câmara Municipal de São Mateus se transfere de mala e cuia para a sua nova sede, no centro da cidade. Será no casarão do antigo Fórum e Prefeitura. Certamente é uma forma de revitalizar o centro da cidade e facilitar o acesso dos cidadãos às suas sessões.

• Democracia para o PT é a de partido único. É um escárnio!

• Se existe a possibilidade de golpe, com certeza não vem do Planalto, vem supostamente do STF e de seus aliados.

• O que leva uma pessoa esclarecida votar num cidadão condenado e depois descondenado por uma engenhosidade de um ministro e que tem contra si inúmeras provas robustas de corrupção?

• A política capixaba é aquilo que costumamos chamar de “mesmice”. São poucas as opções. O governador Renato Casagrande procurou um vice e encontrou Ricardo Ferraço.

• São Mateus não tem políticas públicas. Tem calçamento de algumas ruas. Dinheiro para isso jorra…

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana