conecte-se conosco


Segurança

Polícia fecha boate em Cariacica que desobedeceu decreto estadual sobre Novo Coronavírus

Publicado

Durante as buscas, os policiais apreenderam cerca de R$ 23 mil e uma pistola com a numeração raspada. O empresário foi preso e autuado em flagrante por posse ilegal de arma

A Delegacia de Costumes e Diversões (Decodi) fechou uma casa noturna localizada no município deCariacica, na última quarta-feira (18), após receber uma denúncia anônima. O estabelecimento desrespeitou o decreto do governo do Estado, divulgado no dia (17), que proibia a abertura de cinemas, casas de shows e boates como medida de prevenção à disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19).

“A denúncia informava que a boate estava em pleno funcionamento, ignorando completamente o decreto estadual e colocando em risco clientes, funcionários e até mesmo os vizinhos. O local funciona 24 horas e, quando abordamos o proprietário, ele afirmou que desconhecia o decreto “, disse o titular da Decodi, o delegado Márcio Braga.

Os clientes e funcionários foram liberados e orientados a irem para casa. O proprietário recebeu esclarecimentos sobre a proibição de funcionamento e a boate foi notificada pela Decodi para que não reabra enquanto durarem as medidas de prevenção ao Coronavírus.

No entanto, durante as buscas, os policiais apreenderam aproximadamente R$ 23 mil e uma pistola com a numeração raspada. O empresário acabou preso e autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

“A Decodi pede colaboração dos donos de boates e casas noturnas, pois o momento é de sacrifícios e colaboração de todos, e quem desrespeita o decreto estadual pode responder por crime de desobediência. A população também pode ajudar a fiscalizar, e denúncias podem ser feitas por telefone, no Disque Denúncia 181, ou pela página www.disquedenuncia181.es.gov.br. Todos devemos nos ajudar nesse momento”, afirmou o delegado.

O fechamento de eventos culturais foi uma das medidas de segurança adotadas contra o Novo Coronavírus definidas na terça-feira, em reunião na Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública. Por 30 dias está proibida a abertura de cinemas, casas de shows e boates, além da realização de eventos de qualquer natureza. Reuniões particulares estão permitidas, desde que a aglomeração máxima seja de 100 pessoas em local com pelo menos três vezes a capacidade.

Leia mais:  Prefeitura e Delegacia de Proteção à Mulher lançam projeto para combater violência contra mulheres
publicidade

Segurança

Mulher é flagrada aplicando injeção no marido que está na UTI de hospital do ES

Publicado

Ela confirmou aos policiais que fez a aplicação no marido e disse apenas que queria ‘acabar com o sofrimento do companheiro’

Uma mulher foi flagrada aplicando uma injeção, sem autorização, no marido que estava sedado em um hospital no bairro Tijuca, em Cachoeiro de Itapemirim. A psicóloga do local chegou no momento da ação e a polícia foi acionada. 

O homem estava inconsciente e respirava por aparelhos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando a mulher aproveitou o horário de visita para agir. 

Ela confirmou aos policiais que fez a aplicação no marido e disse apenas que queria ‘acabar com o sofrimento do companheiro’. 

De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi conduzida à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim. Ela foi ouvida e liberada após a autoridade policial entender que não havia elementos suficientes para prisão em flagrante. 

O caso seguirá sob investigação da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim.

Leia mais:  Pai é condenado a 28 anos de prisão por matar filha após disputa de herança
Continue lendo

Segurança

Polícia prende seis pessoas e desarticula um dos grupos mais violentos do município da Serra

Publicado

Segundo a polícia, quatro dos detidos tem suspeita de envolvimento em um homicídio ocorrido na estrada de Queimados, na Serra

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra prendeu seis supeitos de integrarem uma associação criminosa responsável por vários homicídios no município e no interior do Estado.

De acordo com a polícia, as principais áreas de atuação do grupo são os bairros André Carloni e Carapina Grande, na Serra, e o município de Santa Maria de Jetibá. A prisão desses indivíduos desarticulou um dos grupos criminosos mais violentos do município da Serra.

Dos seis presos, quatro são suspeitos de estarem envolvidos no homicídio ocorrido no dia 22 de julho deste ano, na Estrada de Queimados, Serra. Na ocasião, um homem foi morto com vários disparos de arma de fogo. Segundo a polícia, a vítima foi levada até o local pelos suspeitos para ser assassinado.

Um homem que passava pela região viu o corpo do rapaz por volta das 4h da madrugada, mas somente às 6h da manhã a polícia foi acionada.

Os policiais acreditam que o rapaz tenha sido levado para o local por estar vestido com meia, mas sem o tênis. A perícia constatou pelo menos 15 perfurações em todo o corpo, sendo a maioria no tórax e na cabeça.

O grupo foi preso em diversas operações realizadas pela DHPP Serra, entre julho e setembro.

Mais informações sobre a prisão serão repassadas pela Polícia Civil nesta terça-feira.

Eles foram presos em diversas operações realizadas pela DHPP Serra, entre julho e setembro.

Leia mais:  Apreensões e prisão durante Operação Ostensividade no norte do ES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana