conecte-se conosco


São Mateus

Prefeito Ailton Caffeu quer fazer um governo voltado para os interesses da população

Publicado

Assim que assumiu, ele tem tomado providências emergênciais para atender a demanda da cidade e do município

São Mateus nunca foi um município fácil de ser governado. Seja pelas inúmeras demandas que, em sua maioria, ficaram represadas, seja pela sua classe política, muitas vezes fora de sintonia com os desejos mais importantes da população. E recentemente o município foi palco de uma ação policial em que o prefeito reeleito, Daniel Santana, foi preso, afastado juntamente com alguns dos seus fiéis “escudeiros”.

Foi nesse clima de intensa instabilidade política que assumiu o comando do município o vice-prefeito, Ailton Caffeu. Apesar da sua experiência política por ter sido vereador por mais de um mandato, procurou se cercar de um grupo de assessores que pudessem, ao seu lado, implementar ações emergenciais para que a máquina administrativa não parece e a população pudesse ter os serviços básicos da municipalidade. Apesar de toda a incerteza causada pela justiça, que demora a decidir e definir a posse definitiva do atual prefeito interino, Caffeu não deixou de assumir o cargo determinado a fazer o melhor pelo município e pelos mateenses.

Réveillon

Logo de cara tem o Réveillon, um evento importante, mas ele já decidiu que a Prefeitura cancelou a festa e a queima de fogos que acontecia no balneário de Guriri. “Decidi cancelar por uma questão de responsabilidade com a finalidade de preservar vidas e evitar propagação do vírus com a aglomeração que sempre acontece nesse tipo de festa”, destacou o prefeito interino.

Carnaval

Com relação a realização do carnaval, a princípio não há uma decisão, mas ele adiantou à reportagem que deve vetar que aconteça. “Vamos decidir mais para frente”, ponderou.

Primeiros dias de gestão

Quando perguntado sobre os primeiros dias de sua gestão, Ailton Caffeu disse que vem procurando atender as demandas mais urgentes e a questão da água é prioritária e precisa de todo o empenho para que se busque uma solução. Afirmou que tem conversado com o governador Renato Casagrande sobre o problema e existe essa possibilidade de parceria entre Município e o Estado. “A água salgada é o meu maior adversário”, garantiu Caffeu, lembrando que tem recebido o apoio na busca de solução dos deputados Freitas, Da Vitória e da vice-governadora, Jaqueline.

Sobre a drenagem de Guriri e do Mercado Municipal, são obras caras e que é necessário a ajuda do governo. São obras que não foram feitas e a do mercado executada de maneira errada. Queremos resolver também essa situação e já existe conversações no sentido de serem disponibilizados R$ 100 milhões para tocarem essas demandas.

Relacionamento com a Câmara

Ele também falou sobre o relacionamento com a Câmara de Vereadores. Haviam comentários que o prefeito interino não queria muita conversa com o Legislativo, o que ele desmentiu prontamente ao ser questionado pelo JN.

“Tenho sentado com o presidente e quase todos os vereadores, exceto com o Cristiano Balanga e Kacinho, que desde o início se tornaram adversário, não meu, mas do povo de São Mateus”, afirmou Caffeu. “Eu só tenho um adversário: a água salgada”, completou.

Ainda sobre esses boatos de falta de diálogo com a Câmara e uma gestão compartilhada com assessores que supostamente mandam mais do que ele, Ailton Caffeu afirmou, categoricamente, que isso é intriga e que ele é quem manda, quem decide, quem assina e quem assume toda a responsabilidade pela administração do município de São Mateus.

“Adversário falando mal vai ter porque a teta acabou”, disse. “Eles são do mau e eu sou do bem, nunca o mal vai vencer o bem”, frisou com veemência.

Apesar de todas as dificuldades dos primeiros momentos, o prefeito em exercício, contratou empresas de maneira emergencial para executar serviços essenciais como a limpeza da cidade e de Guriri. Afirmou que tem feito tudo dentro da lisura e que trabalha “com Deus no coração, Jesus à frente de todas as coisas e com honestidade”. Fez questão de enfatizar que é nascido e criado em São Mateus e ninguém deseja ver a sua cidade largada, abandonada e seu povo passando necessidade. “Quero ver a nossa cidade bonita, o município com obras que melhorem à vida das pessoas”, finalizou.

Leia mais:  Carlinhos é convidado pela vice-governadora para discutirem projetos para São Mateus
publicidade

São Mateus

Vereador diz que o município de São Mateus está em situação de calamidade há cinco anos

Publicado

A declaração foi feita pelo vereador Gilton Gomes em sessão da Câmara Municipal

O clima esquentou quando, na sessão desta terça-feira (18), o vereador Gilton Gomes (PSDB), subiu à tribuna para contestar o líder do governo, Cristiano Balanga (PROS), que enaltecia as ações do prefeito Daniel Santana depois que saiu da cadeia e retornou ao cargo, garantido por uma liminar. Pia, como é conhecido o vereador Gilton Gomes, disse que desde quando o atual prefeito assumiu a Prefeitura, há cinco anos, o município está em calamidade pública. “Não existe nenhuma obra importante e São Mateus está abandonado”, disse ele. “O município está entregue às baratas”, continuou acrescentando que foi eleito para defender os interesses do povo e do município e não interesses particulares”, completou.

O vereador Gilton Gomes, que é o relator da Comissão Processante que analisa a possibilidade de abrir uma CPI contra o prefeito, disse ainda que “as escolas estão caindo e faltam médicos nos postos de saúde”. Questionado pelo líder do governo sobre o apoio que deu ao prefeito por ocasião das eleições, Pia explicou de maneira taxativa que ajudou a eleger Daniel “para ele fazer a coisa certa e não as coisas erradas como vem fazendo”.

O vereador está no seu segundo mandato e, na última eleição, depois de ficar um tempo fora da política, obteve 773 votos.

Indeferido

O historiador Eliezer Nardoto que usaria a tribuna livre, para falar sobre a situação em que vive o município e convidar a população para participar da carreata que deve acontecer nesta quarta-feira (19), teve o pedido apresentado pelo vereador Gilton Gomes, indeferido pelo presidente do Legislativo Paulo Fundão (PP). O motivo foi por ter sido feito sem o prazo necessário conforme normativa da Câmara.

Leia mais:  Prefeito Daniel Santana assina alvará para retomar obras de condomínio
Continue lendo

São Mateus

Abertas as inscrições para processo seletivo da Secretaria Municipal de Educação

Publicado

São Mateus – Já estão abertas as inscrições do Processo Seletivo para a contratação e formação de cadastro de reserva, em regime de designação temporária. A Secretaria Municipal de Educação informa que as inscrições serão realizadas exclusivamente clicando aqui , entre os dias 17 a 19 de janeiro.

O Processo Seletivo será realizado por meio das etapas de: inscrição, chamada e comprovação de títulos para a formalização do contrato. O candidato precisa ler atentamente o edital e as etapas de inscrição e chamada serão totalmente informatizadas e, é de exclusiva responsabilidade do candidato o acompanhamento de todas as publicações relativas ao Processo Seletivo no site da Prefeitura de São Mateus.

Leia mais:  Carlinhos é convidado pela vice-governadora para discutirem projetos para São Mateus
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana