conecte-se conosco


Segurança

Presos padrasto e mãe de menina de 6 anos que foi espancada e estuprada no ES

Publicado

Foi preso o padrasto da menina de 6 anos que precisou ser internada após ser espancada e estuprada no município de Ecoporanga, no norte do Espírito Santo. O suspeito foi encontrado na manhã deste domingo (16) em um colchão no meio do mato. 

A Polícia Civil informou que a ocorrência foi entregue pela Polícia Militar e está em andamento no plantão vigente da Delegacia Regional de Barra de São Francisco, e que somente após a finalização das oitivas da ocorrência haverá informações sobre depoimento e para qual presídio o padrasto será encaminhado.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que tomou conhecimento dos fatos na manhã de sexta-feira (14), após a criança dar entrada no hospital de Barra de São Francisco, na mesma região. Após diligências iniciais e oitivas, a polícia pediu a prisão temporária da mãe e do padrasto, ambos de 43 anos.

Durante a manhã deste domingo, policiais militares receberam uma denúncia anônima de que um indivíduo, suspeito de ter agredido e abusado a enteada, estava escondido na localidade do Córrego do Beirador, também no município. No local, os militares encontraram o suspeito em um colchão escondido no meio de um mato. Ele foi encaminhado à 14ª Delegacia Regional de Barra de São Francisco.

Assim que o pedido foi deferido pelo Judiciário, a mãe foi detida, ainda no hospital. Já o padrasto, segundo as investigações, deixou a mãe e a criança no hospital e fugiu logo em seguida.

Ainda segundo a Polícia Civil, em depoimento, a mãe da criança confessou que as agressões contra a vítima ocorreram na quinta-feira (13), versão que coincide com os hematomas e lesões relatados pela equipe médica. Segundo o delegado que está à frente das investigações, a mãe também confessou que, em uma outra ocasião, não precisando dia, a criança teria aparecido com a roupa cheia de sangue, mas não denunciou o estupro à polícia.

De acordo com a PCES, as investigações sobre o crime continuam em andamento na Delegacia Regional de Barra de São Francisco e, para que a apuração seja preservada, nenhuma outra informação será divulgada. A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou ainda que não tem acesso ao estado clínico da criança.

Leia mais:  Delegado da Polícia Civil mata esposa e enteada em Curitiba
publicidade

Segurança

Após “noitada” em boate, empresário tenta fugir sem pagar a conta e acaba na delegacia

Publicado

Homem de 44 anos foi preso pela Polícia Militar. A confusão aconteceu em Vila Velha

A confusão começou durante a madrugada desta quinta-feira (10), em uma boate localizada no bairro Parque das Gaivotas, Vila Velha. O empresário, de 44 anos, foi detido pela Polícia Militar e levado na manhã de hoje para o DPJ do município.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o homem chegou ao estabelecimento com dois amigos. Na hora de ir embora, ao receber a conta, não aceitou fazer o pagamento. A PM informou ainda que o homem ficou agressivo, bateu a mão no balcão e deixou uma funcionária assustada. Mesmo com a presença de seguranças do local, ela acionou a polícia. 

Os amigos do empresário pagaram a conta e foram embora. Ainda assim, segundo os policiais, ele insistiu em dizer que não pagaria a consumação e tentou fugir do estabelecimento. Foi quando os militares deram voz de prisão. O homem resistiu e acabou detido.

Os policiais relataram também que homem estava alcoolizado e por conta da resistência a prisão, bateu com a cabeça no chão e precisou ser encaminhado ao hospital antes de ir para o DPJ. Os funcionários da boate estiveram hoje cedo na delegacia, porém preferiram não falar sobre o que aconteceu.

A Polícia Civil informou que o suspeito assinou um termo circunstanciado por outras fraudes e foi liberado após assumir o compromisso de comparecer em Juízo. A Casa de Entretenimento não quis se posicionar sobre o ocorrido e se limitou a dizer que o fato não foi de grande proporção. Nós não conseguimos fazer contato com o o homem que causou a confusão.

Leia mais:  Funcionários de loja são feitos reféns durante assalto no Centro de Vitória
Continue lendo

Segurança

Com apoio da cadela Kira, PM de Barra de São Francisco apreende drogas e dinheiro

Publicado

Durante patrulhamento tático, com apoio da cadela Kira, policiais do 11º BPM localizaram pontos utilizados por criminosos como esconderijos de entorpecentes.

Na ocasião foram apreendidos dois menores responsáveis pelo tráfico e encontrado 25 buchas de maconha, 15 pedras de crack e R$ 70,00 em dinheiro.

Os infratores e os materiais encontrados foram conduzidos para a 14º Delegacia Regional de Barra de São Francisco.

Leia mais:  Governo realiza solenidade de início dos cursos de formação de soldados, oficiais e médicos da PMES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana