conecte-se conosco


Cidades

Produtos de empreendedores da bacia do rio Doce são opção de compras de Natal

Publicado

Catálogo reúne 58 participantes de 24 localidades, entre produtores, artesãos, pequenos comerciantes e outros, que vendem on-line

Desenvolvido pela Fundação Renova, o catálogo Força Rio Doce reúne diversos produtos de empreendedores de 24 localidades da bacia do rio Doce. Ao todo, são 58 participantes do catálogo, entre produtores, artesãos, pequenos comerciantes e outros.

São ofertados produtos como artesanatos, roupas, artigos religiosos, doces, objetos decorativos, acessórios, quitutes, alimentos orgânicos, cachaça, queijo e mel. O catálogo pode ser consultado aqui.

Fazem parte da iniciativa pequenos negócios de Aimorés, Barra Longa, Belo Horizonte, Bom Jesus do Galho, Conselheiro Pena, Coronel Fabriciano, Dionísio, Governador Valadares, Itueta, Mariana, Mariléia, Naque, Ouro Preto, Pedra Corrida, Periquito, Resplendor, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Deserto, Sem Peixe e Tumiritinga, em Minas Gerais; e dos municípios capixabas de Baixo Guandu, Colatina, Linhares e Marilândia.

“A ideia é que os valores sejam negociados diretamente entre produtor e consumidor a depender da quantidade de produtos a ser adquirida e do prazo para entrega. Essa iniciativa permite fomentar o comércio local e gerar oportunidade de renda em meio à crise causada pela pandemia da covid-19”, explica Leyse Cruz, analista de Economia e Inovação da Fundação Renova.

A Fundação Renova não tem participação nas negociações e na logística de entrega, que ficam a cargo do produtor e comerciante.

Força Rio Doce

O projeto, desenvolvido pela área de Economia e Inovação da Fundação Renova, integra a marca Força Rio Doce, lançada em 2019, para estimular a compra de produtos com moradores de municípios atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão.

Como parte da ação, foram criados perfis nas redes sociais, contas de e-mail corporativo, WhatsApp comercial e peças para gráficas digitais para divulgação dos produtos dos comerciantes. Os contatos são importantes para facilitarem a negociação entre produtor e consumidor, sem a necessidade de intermediários. Também foram ofertadas capacitações com orientações sobre precificação dos produtos.

“Essa ação fez com que os negócios se mantivessem ativos no mercado, principalmente no início da pandemia, quando tudo estava fechado. A divulgação dos produtos e a venda on-line possibilitaram que os pequenos negócios transformassem a crise em oportunidades. Eles tiveram um resultado significativo em um momento em que ninguém vendia nada”, comenta Andrea Furtado, analista de Economia e Inovação.

Segurança

Os empreendedores do catálogo Força Rio Doce têm prezado pela saúde e segurança dos clientes e colaboradores, principalmente nesse momento de pandemia do coronavírus.

Buscando manter a qualidade dos serviços diante desse cenário, eles estão adotando rígidas medidas de segurança na entrega dos produtos junto aos clientes. Para saber mais sobre os procedimentos adotados, o interessado deve entrar em contato com os empreendedores.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Procon-ES intensifica fiscalização de preços nos supermercados da Grande Vitória
publicidade

Cidades

Governo do Espírito Santo divulga 41º Mapa de Risco Covid-19

Publicado

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (22), o 41º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (25) e o domingo (31). Dos 78 municípios capixabas, 21 estão classificados em Risco Baixo e 53 estão em Risco Moderado. Somente quatro municípios (Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Montanha e Muniz Freire) estão classificados como Risco Alto.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.


O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO ALTO: Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Montanha e Muniz Freire.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marilândia, Mimoso do Sul, Mucurici, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Vila Valério e Vila Velha.

RISCO BAIXO: Alto Rio Novo, Atílio Vivácqua, Brejetuba, Castelo, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Marechal Floriano, Muqui, Pedro Canário, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, Viana, Vila Pavão e Vitória.

Leia mais:  Sedu divulga novos conteúdos de apoio à preparação para o Enem
Continue lendo

Cidades

Detran realiza leilão eletrônico de veículos no próximo dia 04 de fevereiro

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) realizará leilão eletrônico de 400 lotes de veículos, entre carros e motos, no próximo dia 04 de fevereiro, às 9 horas, com critério de julgamento do tipo maior lance por lote. Os lances devem ser feitos, exclusivamente, no portal www.gestaodeleiloes.com.br.

Os veículos em leilão foram removidos e apreendidos em depósitos, sob a guarda do Detran|ES, após cometimento de infrações de trânsito, com a previsão desta penalidade no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e não foram procurados ou reclamados por seus respectivos proprietários dentro do prazo estabelecido por Lei.

Os interessados devem acessar o leilão para visitação virtual e oferta de lances no portal do leilão www.gestaodeleiloes.com.br. Aqueles que preferirem poderão ver presencialmente os bens a serem apregoados. O agendamento deve ser feito pelo site www.agendamento.es.gov.br

Os lotes encontram-se localizados no Pátio Central do Detran|ES, situado no endereço Rua A, s/nº. Campinho da Serra I, Serra, Espírito Santo, CEP 29178-072.

O Edital de Leilão Eletrônico On-line 106/2020, remarcado para o dia 04 de fevereiro, e o link do portal do leilão podem ser acessados no site do Detran|ES aqui.

Em caso de dúvida, o cidadão pode entrar em contato com o setor responsável pelo e-mail [email protected]ãodeleiloes.com.br ou telefone (27)3145-6666. 

Alerta sobre leilões falsos

O Detran|ES ressalta que todos os leilões eletrônicos que realiza podem ser consultados no site www.detran.es.gov.br, na área de Editais de leilão de veículos, e orienta que o cidadão que tiver interesse em adquirir um veículo dessa forma deve acessar a página oficial do órgão, antes de fornecer quaisquer dados pessoais ou efetuar pagamentos em outros sites.

Leia mais:  Selecionada instituição que dará Assistência Técnica e Extensão Rural a produtores do Espírito Santo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana