conecte-se conosco


Camisa 10

Programa da ALES incentiva ciclismo de montanha

Publicado

Iniciativa pretende estimular a prática do esporte e a proteção ambiental no Estado

Já imaginou ter a oportunidade de pedalar cercado por muito verde, apreciando um belo visual e com toda a segurança? Foi com esse objetivo que o deputado Delegado Danilo Bahiense (sem partido) protocolou na Assembleia Legislativa (Ales) o Projeto de Lei (PL) 333/2021, que cria o Programa Estadual de Incentivo ao Ciclismo de Montanha.

A ideia é proporcionar a prática do ciclismo em parques estaduais, unidades de conservação e trilhas em áreas públicas do entorno, tais como nas encostas e contrafortes de morros e serras. O programa tem o objetivo de regulamentar e promover a prática do ciclismo, ampliar o número de praticantes, estimular um estilo de vida saudável e divulgar os locais onde a atividade vai ser realizada.

Na justificativa da proposta, o parlamentar destaca que a prática esportiva deixou de fazer parte da rotina de grupos específicos para se tornar uma verdadeira “mania nacional”. “Cada vez mais a população se conscientiza da importância da prática regular de atividades físicas, um benefício direto que proporcionará o bem-estar das pessoas e uma melhor qualidade de vida aos indivíduos”, ressalta.

Leia mais:  Novo estádio do Atlético-MG chega a 65% de conclusão; veja fotos

Dentre os princípios do projeto estão o meio ambiente equilibrado como direito fundamental; o desenvolvimento sustentável; a ampla participação social; a cooperação entre o poder público e a iniciativa privada; a função socioambiental dos parques; e a preservação ambiental da fauna, flora e dos recursos hídricos.

O PL 333/2021 autoriza o poder público a implementar o esporte onde já se pratica ou exista potencial para isso. Também garante às associações representativas do ciclismo a participação em estudos para construção das trilhas; a possibilidade de parcerias com o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama) e entes privados; e a disponibilização de palestras e materiais didáticos sobre educação ambiental para os usuários dos circuitos. 

Para o autor da proposição, há necessidade de se fomentar políticas públicas em prol da proteção ambiental, geração de renda e oportunidades por meio do desenvolvimento do ecoturismo e do turismo sustentável.

“Os praticantes do ciclismo de montanha poderão circular com mais segurança pelos parques e unidades de conservação e encostas de morros e serras sem obstáculos e barreiras que possam colocar em risco a vida dessas pessoas e ainda manter a devida interação saudável com o meio ambiente”, argumenta.

Leia mais:  Piloto de Nova Venécia que desapareceu durante rally é encontrado morto

São obrigações dos praticantes do ciclismo de montanha o uso das trilhas para garantir a preservação ambiental e a segurança de todos; a manutenção das características naturais das localidades; a obediência às sinalizações; a reparação de eventuais danos às estruturas; a utilização de equipamentos de segurança; e o exercício do voluntarismo para a conservação da integridade e qualidade das trilhas.

Por fim, Bahiense reforça que a Constituição Federal atribui ao Estado a competência concorrente para legislar sobre a conservação da natureza, proteção ambiental e sobre desporto, competindo à União estabelecer normas gerais e aos estados e Distrito Federal a devida suplementação. Além disso, ele cita que a proposta se transformou em lei em Santa Catarina, Rio de Janeiro, Tocantins e no Distrito Federal.

Em caso de aprovação e sanção do projeto, a nova lei passa a valer após 60 dias de sua publicação em diário oficial. 

Tramitação 

A matéria foi lida na sessão ordinária do último dia 12 de julho e encaminhada para as comissões de Justiça, Turismo e Finanças.

publicidade

Camisa 10

Túlio Maravilha é apresentado oficialmente como reforço do Sport-ES

Publicado

O centroavante vestiu pela primeira vez a camisa do clube capixaba em evento no Shopping Praia da Costa. Com nome no BID, ele pode estrear neste fim de semana

O atacante Túlio Maravilha já está em terras capixabas para a disputa do Capixabão Série B 2022 pelo Sport-ES. 

Nesta quinta-feira (11) o jogador foi apresentado oficialmente pelo clube em evento realizado no Shopping Praia da Costa, em Vila Velha.

O eterno ídolo do Botafogo vestiu uma camisa personalizada com metade da equipe capixaba e outra do clube alvinegro. 

Devidamente apresentado, o principal reforço do Tigre para a Série B do Capixaba pode estrear já nesta 1ª rodada.

Nesta quarta-feira (10) o clube informou que o atacante de 53 anos já está regularizado e pode entrar em campo na estreia do time diante do Castelo. A partida está marcada para às 15 horas deste sábado (13), no estádio Kléber Andrade, em Cariacica.

O Sport-ES está no grupo B da competição que conta com 12 clubes. Os quatro melhores das duas chaves de seis equipes avançam para as quartas de final da competição. Os dois finalistas garantem o acesso para o Capixabão de 2023.

Leia mais:  Goleira capixaba do Fluminense é convocada para seleção brasileira feminina Sub-17

Continue lendo

Camisa 10

Com emoção! São Paulo elimina o Ceará nos pênaltis na Sul-Americana

Publicado

Tricolor agora enfrenta o Atlético-GO que passou pelo Nacional-URU pelas semifinais da competição

O Ceará recebeu o São Paulo na noite desta quarta-feira (10) em partida válida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Tricolor perdeu por 2 a 1 no tempo regulamentar, mas devido a vantagem no placar por 1 a 0 no jogo de ida encaminhou a partida para os pênaltis, onde venceu pelo placar de 4 a 3. 

Com o resultado, o São Paulo está classificado para a semifinal da competição e enfrentará o Atlético-GO, que venceu o Nacional na última terça-feira (9) por 3 a 0 e carimbou o passaporte nas semis do torneio continental.

Mendoza abriu o placar para o Vozão aos 44 minutos. O empate do São Paulo veio aos 8 minutos do segundo tempo com Igor Vinicius, mas Guilherme Castilho com um belo gol de fora aos 18 da segunda etapa levou o jogo para os pênaltis. 

Agora, ambas as equipes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Ceará disputa o clássico diante do Fortaleza no próximo domingo (14), às 16h (de Brasília), no Castelão. Já o São Paulo recebe o RB Bragantino, também no domingo (14), às 16h (de Brasília).

Leia mais:  Al-Ahly vence Monterrey e pega o Palmeiras na semi do Mundial

FICHA TÉCNICA
Ceará x São Paulo
Local: Castelão (Fortaleza-CE)
Data e hora: Quarta-feira (10), às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Auxiliares: Juan Pablo Belatti (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
Cartões amarelos: Reinaldo, Igor Vinicius, Miranda e Galoppo (São Paulo); Richardson, Víctor Luis (Ceará)
Gols: Mendoza aos 43’/1T e Guilherme Castilho aos 17’/2T (Ceará) ; Igor Vinícius aos 8’/2T (São Paulo)

CEARÁ: João Ricardo; Michel Macedo (Buiú), Luis Otavio, Messias e Vitor Luis; Guilherme Castilho, Richardson (Erick), Lima (Fernando Sobral), Vina e Mendoza (Iury Castilho); Zé Roberto (Matheus Peixoto). Técnico: Marquinhos Santos.

SÃO PAULO: Felipe Alves; Diego, Leo e Miranda; Igor V, Pablo Maia (Gabriel), Galoppo (Rodrigo Nestor), Igor Gomes e Nikão (Luciano), Reinaldo (Welington) (Patrick); Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana