conecte-se conosco


Cidades

Projeto de formação de lideranças jovens em MG e no ES está com inscrições abertas

Publicado

Moradores de seis municípios, com idade entre 15 e 29 anos, podem se registrar gratuitamente até 11 de fevereiro

Promover a formação de jovens lideranças nos territórios atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), é o objetivo do projeto Passaporte para a Revitalização, que está com inscrições abertas. Serão selecionados cem jovens, entre 15 e 29 anos residentes nos municípios de Resplendor, Itueta e Aimorés, em Minas Gerais, e Baixo Guandu, Colatina e Marilândia, no Espírito Santo. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 11 de fevereiro clicando aqui.

A iniciativa da Fundação Renova, em parceria com a Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas (AMEFA), integra o Projeto Formação de Lideranças Jovens da Fundação, que reunirá mil jovens de 41 municípios da bacia do rio Doce para fazerem parte de cinco projetos territoriais voltados à revitalização ambiental, social, econômica e cultural. Os projetos trabalharão a mobilização e o engajamento de jovens na participação em ações coletivas no processo de reparação da bacia.

“A ideia é criar oportunidades, por meio de processos educativos, para promoção da participação juvenil e alargamento das possibilidades de atuação dos jovens relacionados ao desenvolvimento local, questões sociais e socioambientais nas localidades”, explica Igor Moreira, analista do Programa de Educação para Revitalização da Bacia do Rio Doce da Fundação Renova.

O Projeto Formação de Lideranças é desenvolvido em parceria com cinco instituições selecionadas em 2019, por meio de edital, pela Fundação Renova: Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas (AMEFA); Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD); Fundação Geraldo Perlingeiro Abreu; Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS); e Lumiar Ambiental.

As instituições foram divididas em cinco áreas ao longo da bacia do rio Doce e, cada uma delas, elaborou um projeto para atuação respeitando os objetivos de mobilizar e engajar jovens na revitalização do rio Doce.

Atualmente, apenas o projeto Passaporte para a Revitalização está com inscrições abertas. Os demais já iniciaram a etapa de acolhimento e integração dos jovens selecionados. Contudo, haverá uma mobilização permanente em todos os projetos para preenchimento de vagas em função de possíveis desistências. Devido à pandemia, as atividades de mobilização seguem de forma on-line, por meio de ferramentas virtuais.

Instituições parceiras

Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas (AMEFA)

Projeto Passaporte da revitalização

Municípios: Resplendor, Itueta e Aimorés, em Minas Gerais e Baixo Guandu, Colatina e Marilândia, no Espírito Santo 

Número de participantes: 100 jovens

Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD)

Projeto Júpiter

Municípios: Mariana, Barra Longa, Ponte Nova, Rio Doce e Santa Cruz do Escalvado, em Minas Gerais

Número de participantes: 100 jovens

Fundação Geraldo Perlingeiro Abreu

Projeto Raízes e Asas do Rio Doce

Municípios: Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Marliéria, Pingo D’Água, Raul Soares, Rio Casca, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem-Peixe, Sobrália e Timóteo, em Minas Gerais

Número de participantes: 400 jovens

Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS)

Projeto Liderança Jovem Rio Doce

Municípios: Belo Oriente, Naque, Periquito, Governador Valadares, Alpercata, Tumiritinga, Galiléia e Conselheiro Pena, em Minas Gerais

Número de participantes: 200 jovens

Lumiar Ambiental

Projeto Lótus

Municípios: Aracruz e Linhares, no Espírito Santo 

Número de participantes: 200 jovens

Para mais informações sobre cada instituição e as ações que serão desenvolvidas nos territórios, os interessados devem acessar o site da Fundação Renova (https://www.fundacaorenova.org).

O Projeto Formação de Lideranças Jovens é uma ação compensatória e faz parte do Programa de Educação para Revitalização da Bacia do Rio Doce, atendendo ao Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC). A ação foi desenvolvida em parceria com a Câmara Técnica de Educação, Cultura, Lazer e Turismo.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Fundação Renova adota novas medidas de segurança contra o coronavírus
publicidade

Cidades

SPTC começa emissão do novo modelo de Carteira de Identidade

Publicado

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), realizou as adaptações necessárias para iniciar a emissão do novo modelo de Carteiras de Identidade (RG), em conformidade com a Resolução Federal. A partir desta segunda-feira (1º), os cidadãos que solicitarem o documento de identificação passarão a receber o modelo novo, totalmente reformulado.

“É importante lembrar que a solicitação da nova carteira não é obrigatória, pois as identidades do modelo antigo continuam tendo validade em todo o território nacional. A substituição dos documentos pelo novo modelo será feita de forma gradual. Portanto, não é necessário ter pressa em pedir o documento novo”, frisou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

O novo modelo contém todas as informações que já existiam nas carteiras de Identidade antigas, e foi acrescido de outras informações relevantes sobre o cidadão. A cédula também conta com recursos de segurança mais eficientes, para evitar falsificações.

“Foto, nome, filiação, data de nascimento, CPF, entre outras informações, são dados que já estamos habituados a encontrar no atual RG. Outros dados foram acrescidos, um que inclui um Código QR, que serve de comprovação de autenticidade do documento e dificulta falsificações”, afirmou o superintendente de Polícia Técnico-Científica, perito Renato Koscky Junior.

Além disso, o chefe do Departamento de Identificação (DEI), perito João Carlos Quemelli, explicou que alguns campos podem ser acrescidos, a pedido do cidadão. “A nova cédula de identificação poderá incluir o PIS, PASEP/NIS; CPF; DNI; título de leitor, identidade funcional/profissional; tipo sanguíneo e fator RH; carteira de trabalho; número de cartão social de saúde; certificado militar; condições específicas de saúde; nome social, sendo que todos esses campos não são obrigatórios”, disse.

Quemelli esclareceu ainda, que os requerimentos para o preenchimento dos dados não obrigatórios serão feitos por meio de formulários específicos, disponíveis para a população nos postos de identificação. No caso de inclusão de nome social, é necessário que o requerente seja maior de idade, caso contrário, será necessária a autorização de um responsável legal. Já com relação ao campo sobre condição especial de saúde, a SPTC ainda aguarda a Regulamentação Federal.

Como solicitar o novo RG?

Leia mais:  Após mais de 270 ligações de cobrança no mesmo dia, capixaba receberá indenização de R$ 5 mil

O procedimento para dar entrada na Carteira de Identidade continua do mesmo jeito, lembrando que não é obrigatório tirar um novo documento, pois o modelo antigo continua válido em todo o território nacional.

Cidadãos que precisam de uma identidade podem fazer a solicitação nos Postos de Identificação espalhados pelo Estado. A primeira via de Carteira de Identidade é emitida gratuitamente. A segunda via tem custo de R$ 61,98.

Informações sobre documentos necessários, agendamento eletrônico e outras podem ser verificadas no link <https://pc.es.gov.br/carteira-de-identidade-rg> ou pelo telefone 3382-5024.

Continue lendo

Cidades

Linhares: Secretaria de Educação abre inscrições com oferta de mil vagas para seis formações

Publicado

A Secretaria de Educação de Linhares está com mil vagas abertas para os servidores municipais da rede municipal de ensino interessados em participar de uma das seis formações continuadas que serão ofertadas pelo Município. As inscrições tiveram início nesta segunda-feira (1º/3) e devem ser realizadas pelo link http://linhares.sisp.com.br/login. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição.

Os servidores podem se inscrever em umas das seguintes capacitações: Transtorno de Aprendizagens e Neuroeducação: Novos horizontes (30h); Neuroeducação e processos de aprendizagens (40h); Libras para todos: Inclusão, cidadania e acessibilidade – nível 1 (50h); Libras para todos: Ampliando o conhecimento – nível 2 (50h); Libras para todos: Consolidando a aprendizagem – nível 3 (50h); e Literatura surda: Estudo e prática – nível 2 e 3 (20h).

Para realizar a inscrição é necessário escolher a formação e inscrever na data e horário disponíveis.  Quem já possui cadastro no Portal de Cursos deve acessar informando o CPF e/ou email e senha. Quem ainda não possui o cadastro é necessário clicar em “cadastre-se” para realizá-lo.

A secretária municipal de Educação, Maria Olímpia Dalvi Rampinelli, informou que esses são os primeiros cursos formatados para o ano de 2021. “Temos planejado diversas formações para este ano e, em breve, abriremos as inscrições para os cursos de Metodologias Ativas e Ensino Híbrido, direcionado a todos os professores, Trilhas, para os professores de Alfabetização e Neurociência Aplicada à Educação para todos os profissionais da rede municipal de ensino”, explicou a secretária.

O acesso do encontro remoto será disponibilizado somente pelo link http://linhares.sisp.com.br/login. A liberação da aula aos cursistas ocorrerá 30 minutos antecedentes ao encontro e a presença estará vinculada ao acesso pelo portal. O certificado será emitido 30 dias após o término da formação, mediante a avaliação contida no Portal de Cursos na aba Questionário.

Curso e respectivas vagas:

– Transtorno de Aprendizagens e Neuroeducação: Novos horizontes – 300 vagas;

– Neuroeducação e processos de aprendizagens – 200 vagas;

– Libras para todos: Inclusão, cidadania e acessibilidade, nível 1 – 200 vagas;

– Libras para todos: Ampliando o conhecimento, nível 2 – 100 vagas;

– Libras para todos: Consolidando a aprendizagem, nível 3 – 100 vagas;

– Literatura surda: Estudo e prática, nível 2 e 3 – 100 vagas.

Leia mais:  Vila Velha amplia segurança com mais 39 câmeras de alta definição
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana