conecte-se conosco


Camisa 10

Queniano ultrapassa rival na ‘última passada’ e vence a São Silvestre

Publicado

Kibiwot Kandie ficou atrás de Jacob Kiplim na maior parte da prova, mas acabou superando o adversário a centímetros da linha de chegada

Se a prova feminina foi totalmente sem equilíbrio, com a queniana Brigid Kosgei “sobrando” e confirmando sua vitória com bastante tranquilidade, a 95ª edição da São Silvestre entre os homens foi com bastante emoção.

Na manhã desta terça-feira, dia 31 de dezembro, o queniano Kibiwot Kandie e o ugandense Jacob Kiplimo se revezaram na liderança da prova ao longo de pelo menos os 10 km iniciais do circuito.

Multidão se divertiu na São Silvestre no último dia de 2019

Depois disso, porém, Kiplimo, de apenas 19 anos, impôs um ritmo mais forte e parecia correr tranquilo para a vitória.

Só não contava com a arrancada de Kandie nos metros finais, com direito a uma ultrapassagem literalmente no último metro de prova.

O queniano ainda bateu o recorde da São Silvestre: 42min59seg, superando a marca que pertencia ao também queniano Paul Tergat, de 43min12seg, em 1995.

Entre os brasileiros, o melhor foi Daniel Ferreira do Nascimento, que terminou na 12ª colocação. A última vez que um atleta nascido no país venceu a São Silvestre foi em 2010, quando Marílson Gomes dos Santos se sagrou tricampeão (2003/2005/2010)

A partir desta 95ª edição, a prova de São Silvestre passa a ser da categoria Road Race Bronze Label da World Athletics, novo nome da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês), entrando para o rol das principais corridas do mundo.

Veja os primeiros colocados e o melhor brasileiro:

1° – Kibiwott Kandie (71) – tempo: 42’59”
2° – Jacob Kiplimo – tempo: 43′
3° – Titus Ekiru (1) – tempo: 43’54”
4° – Geofry Kipchumba (52) – tempo: 45’10”
5° – Joseph Panga (64) – tempo: 45’33
12º – Daniel Ferreira do Nascimento

Leia mais:  Flamengo e Olympique concluem transação por Gerson
publicidade

Camisa 10

Capixaba Lane Matos disputa torneio nacional de futevôlei em São Paulo

Publicado

Contemplada pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Lane Matos disputa a 26ª edição do torneio Team Águia Footvolley Cup (TAFC), que acontece na Estação São Paulo, na capital paulista. A jogadora vai atuar ao lado da também capixaba Rayana Servare.

Nesta sexta-feira (22), as atletas viajam e, no sábado (23) e domingo (24), disputam o torneio. O evento terá transmissão ao vivo, via canal do YouTube. As capixabas encaram outras onze duplas nesta edição da competição. 

Lane Matos, que é bolsista na categoria nacional, destacou a importância do benefício para se manter focada nos treinos. “A bolsa está sendo de extrema importância para manter os treinos (praia e academia), alimentação, bem como as viagens. Com o auxílio, consegui diminuir a carga horária de trabalho e me dedicar mais aos treinos. A expectativa é sempre competir nos melhores eventos pelo Brasil e sempre me manter no pódio”, disse a atleta. 

Bolsa Atleta

Neste ano, o Programa Bolsa Atleta está beneficiando 151 atletas e paratletas de alto rendimento, 30 a mais que no ano passado, alcançando um recorde no número de bolsas concedidas. O auxílio financeiro mensal varia de acordo com a categoria do atleta dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico). O investimento total da Sesport no programa é de R$ 2,3 milhões.

O valor recebido pelo atleta pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, além da aquisição de material esportivo.

Leia mais:  FIFPro lamenta demissões de jogadores e reduções unilaterais de salários por parte dos clubes
Continue lendo

Camisa 10

Real Noroeste goleia o Atlético Itapemirim e entra no G4 do grupo B da Copa ES 2021

Publicado

Atual campeão capixaba não tomou conhecimento do Galo da Vila, aplicou um sonoro 5 a 1 e ainda sonha com a vaga nas quartas de final

O atual campeão capixaba e “rei de copas”, o Real Noroeste não vinha empolgando nesta edição da Copa Espírito Santo. No entanto, os merengues capixabas mostraram que ainda podem sonhar com a classificação para a próxima fase. 

Nesta quarta-feira (20), a equipe de Águia Branca aplicou uma goleada por 5 a 1 sobre o Atlético Itapemirim no José Olímpio da Rocha, pela sexta rodada. Os gols do trinfo dos merengues foram marcados por Natã e Ícaro, duas vezes, e Henrique.

Classificação

Com o resultado, o Real Noroeste chegou aos oito pontos, e se mantém na sexta posição do grupo B. No entanto, a equipe igualou a pontuação do Aster (4º) e Forte Rio Bananal (5º) e ainda sonha com a classificação ao mata-mata. Já o Atlético Itapemirim segue com apenas um ponto, na lanterna e já eliminado.

Próxima rodada

As duas equipes voltam a campo no mesmo dia e horário, o próximo sábado (23), às 15 horas, para a sétima e última rodada da primeira fase da Copa ES 2021. O Real Noroeste encara o Sport-ES no estádio Gil Bernardes, em Itapuã, Vila Velha. Por outro lado, o Atlético Itapemirim recebe o Aster Brasil no José Olívio Soares, em Cachoeiro de Itapemirim.

Leia mais:  Liga espanhola de futebol deve retomar jogos em 12 de junho
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana